» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
488

Microsoft Lumia 640

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral
Introdução e unboxing

Começando pela caixa do dispositivo, temos basicamente a mesma cara de outros modelos lançados pela Microsoft para a linha Lumia. Tanto na parte frontal quanto na traseira da embalagem são encontradas imagens do Lumia 640, seu nome e algumas informações, enquanto nas laterais temos apenas o nome do aparelho.

Com relação aos acessórios inclusos pela Microsoft, vemos que a companhia realmente não se importou muito em entregar algo mais completo para os usuários, ainda que isto não tenha de forma alguma feito o Lumia 640 chegar ao mercado brasileiro por um preço mais agradável. Aqui, temos apenas um carregador com corrente de saída de 750mA no padrão de dois pinos, sendo o cabo dele fixo, e o manual de instruções com informações sobre o Lumia 640.

Isso mesmo, nada de fones de ouvido ou mesmo um simples cabo USB.

Design e tela

O Lumia 640 conta com um design bastante sóbrio, possuindo linhas retas e cantos ligeiramente arredondados. O painel frontal do dispositivo é totalmente na cor preta, porém este modelos adquirido por nós conta com sua capa traseira em branco brilhante, podendo ele ser encontrado também em preto fosco. Opções mais coloridas como laranja e azul não estão disponíveis em solo brasileiro oficialmente, mas é possível adquirir a capa traseira para realizar a troca em diversas lojas.

Com relação às dimensões, o Lumia 640 conta com 141.3 mm de altura por 72.2 mm de largura e 8.8 mm de espessura, tudo em um corpo de 145 gramas construído inteiramente em policarbonato. Ele não é tão leve ou fino quanto outros modelos intermediários mais atuais, mas isto acaba passando uma sensação de robustez e não chega a incomodar quando o aparelho está no bolso.

Com relação ao display, temos um painel IPS LCD de 5 polegadas com resolução HD (720 x 1280 pixels), o que confere ao aparelho uma densidade aproximada de 294 ppi. Pelo que foi possível notar em nossos testes, este não é exatamente um dos pontos mais positivos do Lumia 640 devido ao baixo brilho em relação a concorrentes, porém o dispositivo não deixa a desejar em termos de fidelidade de cores, contraste e ângulo de visão.

Em termos técnicos, o aparelho conseguiu alcançar um brilho máximo de 362 lux (utilizando a escala 1/100) e mínimo de 66 lux com uma imagem branca sendo exibida, demonstrando assim que em ambientes escuros ele pode incomodar um pouco após algum tempo de uso.

Hardware, desempenho e jogos

O Lumia 640 foi lançado há cerca de dois anos pela Microsoft, chegando ao Brasil ainda em meados de 2015. Ainda assim, o hardware do aparelho remete a intermediários lançados em 2013 e 2014, como o caso da linha Moto G da Motorola, fazendo com que atualmente ele se equipare a modelos de entrada na grande maioria dos aspectos.

De uma maneira geral, o aparelho conta com um chipset Qualcomm Snapdragon 400 com quatro núcleos rodando a 1,2 GHz, apoiado pela GPU Adreno 305. Ele tem ainda 1 GB de RAM e 8 GB de espaço para o armazenamento interno, que pode ser expandido via cartão microSD de até 128 GB. O ponto positivo aqui é que o Windows Phone 8.1 permite até mesmo a instalação de apps na memória externa, o que burla um pouco as limitações do dispositivo.

Com relação à conectividade, o Lumia 640 é compatível com Wi-Fi 802.11b/g/n, Bluetooth 4.0 com A2DP e possui conexão GPS com A-GPS e GLONASS. Ele tem ainda sensores de proximidade, acelerômetro e bússola, bem como um sintonizador de rádio FM. Vale notar que o Lumia 640 é vendido em ao menos três versões ainda nos dias de hoje, sendo uma single-SIM LTE, uma dual-SIM com TV Digital e outra Dual-SIM LTE, sendo necessário ficar de olho na hora da compra.

Como muitos dos apps e ferramentas utilizados em nosso teste prático de desempenho não estão disponíveis na Windows Store, seja na versão para Windows Phone 8.1 ou para Windows 10 Mobile, foi possível apenas executarmos alguns jogos conhecidos e ferramentas de benchmark encontradas na escassa loja.

Os testes de benchmark utilizados e suas respectivas pontuações foram:

  • AnTuTu (versão 0.8.0 beta) - 10.596 pontos
  • WP Bench - 220,88 pontos
  • PhoneMark - 782 pontos

Sobre o desempenho em jogos, não foi possível utilizarmos nenhuma ferramenta como o GameBench para medir a taxa média de quadros por segundo alcançada nos títulos, porém todos eles se portaram de maneira mais fluida do que o esperado, principalmente por terem seus gráficos configurados ao máximo.

Foram testados Asphalt 8, Modern Combat 5 e Subway Surfers, sendo possível encontrar momentos de ligeira lentidão nos dois primeiros durante cenas mais dinâmicas e com maior índice de texturas, porém nada que atrapalhasse a experiência. No último, não foi flagrado qualquer tipo de atraso, com todos os comandos sendo executados de maneira aparentemente instantânea.

Com relação ao software adotado pela Microsoft, é preciso lembrarmos que o Lumia 640 faz parte da seleta lista de modelos elegíveis ao Windows 10 Mobile, porém é necessário instalar o Supervisor de Atualização e liberar algo próximo de 5 GB em seu armazenamento para que o update seja feito. Além disso, ainda nos dias de hoje o aparelho continua sem um firmware atualizado para a nova versão da plataforma, o que causa instabilidades principalmente na bateria e na câmera.

Câmera

Eis que chegamos ao ponto que provavelmente é o grande trunfo do Lumia 640 frente outros modelos no mercado de entrada. Por ser um aparelho lançado como intermediário para a linha Lumia, a Microsoft se viu "obrigada" a entregar uma qualidade acima da média para a época em termos de fotografia, incluindo um sensor principal de 8 megapixels com abertura f/2.2 e sistema digital de estabilização. Nas selfies, entretanto, temos apenas 1 megapixel, não sendo possível fazer nenhum milagre.

Como demonstrado em nosso comparativo, o Lumia 640 conseguiu superar rivais lançados quase dois anos após ele em determinados momentos, algo visto principalmente nas cenas que demandam maior alcance dinâmico e em locais com menor índice de luminosidade. Isto é possível pois mesmo sendo de uma faixa de preço baixa o Lumia 640 conta com HDR, algo ausente na grande maioria de seus rivais.

Com relação à gravação de vídeo, o sensor principal é capaz de registrar cenas em Full HD a 30 fps, enquanto o módulo frontal consegue gravar apenas em até HD, também a 30 quadros por segundo.

Bateria

Assim como no caso do teste de desempenho, grande parte dos apps utilizados em nosso teste padrão de bateria não estão disponíveis para o Lumia 640, o que tornaria injusta a comparação com outros aparelhos. Devido a isto, realizamos apenas alguns testes mais simples para tentar simular um padrão de uso o mais próximo do que praticamos em outros modelos.

Com isso, foi possível perceber que o Lumia 640 não deve deixar a desejar para usuários mais básicos e até mesmo para aqueles um pouco mais intensos, porém caso você seja do tipo que escuta muita música por streaming ou joga por longos períodos, a chance de precisar correr atrás de uma tomada antes do fim do dia é grande.

Por falar em tomada, o carregador padrão entregue pela Microsoft conta com apenas 750mA de saída, precisando de 2 horas e 22 minutos para carregar totalmente os 2.500 mAh do Lumia 640. Após uma hora conectado à tomada, você consegue algo próximo dos 52% de carga.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Design elegante;
  • Bom desempenho para atividades comuns;
  • Tela de boa qualidade;
  • Câmera acima da média para modelos na faixa de até R$ 700.

Pontos fracos

  • Câmera frontal ruim;
  • Windows Store ainda é um problema;
  • Muitas versões podem confundir o consumidor.
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

Normalmente figura na mesma faixa de outros intermediários com hardware consideravelmente mais potente, como LG X Power e Vibe K5.

Embalagem e características

Ainda que tenha lançado seu aparelho por um preço bem mais alto que o esperado, a Microsoft economizou o máximo possível em termos de acessórios, incluindo na caixa apenas um fraco carregador de 750mA com cabo fixo e manuais. Nada de fones ou cabo USB.

Comodidade

Aparelho tem boa pegada, contando com espessura satisfatória para suas dimensões. Ponto negativo aqui é sua parte traseira, que além de bastante lisa é extremamente complicada de ser removida.

Facilidade de uso

O Windows Phone 8.1 é um sistema muito intuitivo, que permite o uso das tiles para que tudo fique sempre ao seu alcance. Devido a isso, é a opção perfeita principalmente para usuários mais idosos.

Multimídia

Sua tela conta com bons níveis de contraste e saturação, porém brilho abaixo do que temos em outros intermediários. Alto-falante principal não decepciona, mas também fica longe de impressionar.

Votação Geral

O Lumia 640 foi lançado como um modelo intermediário, porém mesmo na época de seu anúncio o aparelho já contava com hardware defasado em relação aos concorrentes, algo que só piorou com o passar do tempo.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Microsoft Lumia 640