Aviso de Preço Inscreva-se para saber
quando este aparelho
estiver disponível.

Motorola Atrix TV

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral
Unboxing e introdução

Um dos recursos que ajudaram a popularizar os xing-ling no Brasil - esqueçamos o preço - é a possibilidade de assistir a novela ou o final do Brasileirão na tela do celular. Esta ferramenta foi tão importante para o nosso público, que empresas como a LG e a Motorola correram atrás deste mercado latente e lançaram seus modelos. A Motorola resolveu mostrar que além da TV, seu aparelho pode ser mais inteligente e instalou um Android nele, é o Atrix TV.

Motorola Atrix TV
Motorola Atrix TV

Por dentro o smartphone conta com processador Qualcomm MSM7227A-AA rodando a 1 GHz, em um núcleo, acompanhado de 512 MB de memória RAM e uma GPU Adreno 200. Há ainda 1 GB de memória, que pode crescer com a adição de um pequenino cartão microSD - que já vem na caixa, de 2 GB, porém ele reconhece até 32 GB extras. A câmera traseira é de 8 megapixels, filma em resolução VGA (640 x 480 pixels) e a frontal compartilha a mesma resolução do filme da principal, ou seja, fotos e vídeo em VGA.

Por fim, a tela é de 4 polegadas recheadas de 480 x 854 pixels, o que dá algo em torno dos 245 pixels por polegada.

Motorola Atrix TV
Caixa com acessórios (ela não vem rasgada assim, tá?)

A caixa deste gadget é bem simples e acompanha a média de preço que ele recebe na prateleira do varejo - pode ser encontrado até por R$ 700, no varejo tradicional está perto dos R$ 800. A caixa não recebeu nenhum desenho bacana ou dados técnicos sobre o aparelho. Dentro dela encontramos uma espécie de bandeja plástica que acomoda o smartphone deitado de lado e os acessórios espalhados no meio: cabo microUSB, carregador com porta USB, cartão microSD e a bateria. Ah, claro que temos manuais de instruções, aqueles que todos nós lemos, não?

Parte externa

Mesmo com o preço no mundo dos intermediários, a Motorola caprichou no acabamento externo. Não há plásticos aparentes e a tampa da bateria é de alumínio - o que ajuda na conexão NFC. Todo o conjunto fica muito firme na mão e o peso extra nem é um agravante, pelo contrário. A sensação é de robustez e não de algum produto que vai morrer na primeira queda.

Motorola Atrix TV
Motorola Atrix TV

Na parte da frente nós encontramos uma tela de 4 polegadas, com resolução de 480 x 854 pixels (somando aproximadamente 245 pixels por polegada). Abaixo de tudo á os quatro botões virtuais do Android (Menu, Home, Voltar e Pesquisar), que seu contorno fica visível mesmo com a luz apagada, e no topo foi instalada a câmera frontal com resolução VGA.

Motorola Atrix TV
LED bastante forte, demais.

Ah, junto dos botões virtuais existe um pequeno buraco que é por onde sai a luz de notificações. Quando o aparelho está carregando, um LED acende e consegue - sem brincadeira - iluminar o quarto quando estou com a luz apagada. É muito incomodo e a solução encontrada, por mim, foi deixar alguma coisa em cima do aparelho enquanto a bateria é recarregada.

Motorola Atrix TV
Antena para recepção de TV

Na lateral direita encontramos a antena telescópica para recepção de TV, além dos dois botões para o volume. Do outro lado está a porta microUSB e mais nada.

Motorola Atrix TV
Entrada para fone de ouvido.

Abaixo do gadget não encontramos absolutamente nada e no topo de tudo há um botão - pequeno demais - para ligar e desligar a tela e o aparelho inteiro, acompanhado do slot para fone de ouvido com o padrão de 3,5 milímetros.

Motorola Atrix TV
Tampa da bateria feita de alumínio

A traseira, feita de alumínio na tampa da bateria e de plástico emborrachado no restante, contempla a câmera de 8 megapixels que filma em 800 x 480 pixels, o flash LED e só. A bateria é de 1.700mAh, o suficiente para durar aproximadamente 9 horas de uso contínuo e pesado - com navegação via 3G/Wi-Fi, um pouco de TV e alguns jogos. Em um uso mais moderado, pode ficar tranquilo que o dia vai durar 24 horas e você volta para casa com um pouco de carga.

Motorola Atrix TV
Bateria de 1.70mAh
Dimensões, pegada e peso

Como dissemos acima, o Atrix TV tem um corpo bastante robusto, ligeiramente pesado e com partes emborrachadas. Estes detalhes transformam a pegada do gadget em algo bastante confortável e seguro. A Motorola conseguiu inserir todos os componentes dentro da tela de 4 polegadas, que junto do restante do gadget ocupa 119,8 milímetros de altura, por 60,5 e 9,99 milímetros de espessura. Tudo isso somando 129,7 gramas, já com a bateria instalada. São medidas um pouco largas, o que pode fazer com que o bolso da calça fique marcado com facilidade.

Motorola Atrix TV
Tela de 4 polegadas

A construção do aparelho é bem firme, o suficiente para que numa queda acidental o coração do usuário não pule pela garganta ao ver o pulo do pequeno gadget. Os botões laterais e o de ligar e desligar a tela são um pouco afundados nas bordas e pequenos demais. Com os dedos cruzando a orientação do smartphone, fica difícil acertar a tecla para liberar a tela. Outro problema dos botões é a falta de textura nos de volume. É bem provável que você troque algumas vezes a ordem deles acidentalmente, aumentando o volume quando você queria diminuir.

Motorola Atrix TV
Botões sem textura, nem sinal de + ou -

O alto-falante fica escondido dentro de uma grelha, logo abaixo da tampa da bateria. Não é algo que você nota com facilidade, e isso é bom. Dá um ar de sofisticação em um dispositivo que custa menos de R$ 1 mil.

Motorola Atrix TV
9,99 milímetros de espessura
Desempenho do Android

O Android escolhido para morar por aqui foi o Gingerbread na versão 2.3.7. Não é o mais recente (está longe disso), mas é o suficiente para rodar qualquer aplicativo e jogo existente no Google Play. A Motorola personalizou a experiência e, como já fazia no Motoblur, mas diminuiu e muito o foco em redes sociais. Um dos pontos negativos de tamanha personalização é a experiência do usuário, já que com tantas ferramentas rodando em paralelo o processador engasga as vezes.

Motorola Atrix TV
Home do Android

Por aqui há cinco telas iniciais que podem ser recheadas com widgets do Android e outros que foram produzidos pela própria Motorola. Estes Widgets são basicamente o de previsão do tempo, botões para desligar e ligar conexões e dois que fazem uma lista de apps e contatos mais utilizados.

Motorola Atrix TV
Apps já instalados

De fábrica a Motorola instalou alguns apps bem úteis, como o QuickOffice Lite, que consegue abrir documentos de texto, planilhas, apresentações de slides e arquivos PDF. Ele abre, mas não cria e nem edita - estas funções ficam por conta da versão paga do aplicativo. Há demos do jogo The Sims e o Diamond Twister 2, que funcionam por certo tempo. Por aqui também foram encontrados crapwares, ou seja, aplicativos sem utilidade alguma para a grande maioria dos usuários e que apenas ocupam espaço na memória - já que não podem ser desinstalados.

Um deles é o MediaSee, que se conecta com um servidor de arquivos por meio de DLNA e reproduz arquivos de mídia instalados por lá. Outro é o MediaSer, que faz o caminho contrário e transforma o smartphone em um servidor para conexões DLNA que encontrarem o gadget.

Motorola Atrix TV
TV no smartphone

Como o apelo deste smartphone está na TV, a Motorola instalou um app que sintoniza os canais analógicos e digitais. Ele é bem pesado e mesmo quando aberto sem nenhum app em background, ele dá umas travadas. O aplicativo é capaz de sintonizar os canais, exibir informações sobre a programação atual, capturar imagens do que está sendo exibido e gravar vídeos da programação, além de exibir uma lista de canais encontrados com seus devidos nomes.

Motorola Atrix TV
Lista de canais

A sintonização é lenta, mas quebra o galho e se encaixa perfeitamente em um dos produtos mais amados pelos brasileiros: a TV, melhor ainda quando ela cabe no bolso e permite assistir o futebol de domingo, ou a novela das nove.

Motorola Atrix TV
Motorola Atrix TV

O navegador é simples, mas a Motorola colocou sua mão por aqui. Há dois botões para o zoom, o que pode ajudar os marinheiros de primeira viagem, mas foi retirado o leitor de RSS. A navegação em abas não é das mais simples (não mostra uma prévia das abas abertas), mas está aqui e funciona muito bem.

Jogos e multimídia

Como não estamos falando de um aparelho com hardware de ponta, é bom não esperar algo muito além da média dos smartphones que estão em sua faixa de preço. Porém, ele se saiu superior ao LG Optimus L7, que tem exatamente o mesmo hardware. O jogo Dead Trigger, que travou muito em seu concorrente, rodou muito bem por aqui e sem problemas nas texturas das paredes ou das armas.

Motorola Atrix TV
Dead Trigger

No lado do Angry Birds o desempenho foi o mesmo, algo mais do que esperado de um game que não é tão pesado assim. Com este benchmark na cabeça, é fácil esperar que praticamente todos os apps e jogos existentes no Google Play vão rodar muito bem. O problema é quando há muitos aplicativos abertos ao mesmo tempo. Mas é só instalar um Task Killer e liberar a memória para outras aplicações.

Motorola Atrix TV
MP3 com letras

O player de música é personalizado pela Motorola e traz uma interface gráfica diferente do que o Google preparou para o Android. A estrela por aqui é a busca por letras das músicas, capa do álbum, além da possibilidade de sintonizar rádios FM e por meio da comunidade TuneWiki e também pelo sistema SHOUTcast Radio, que conta com quase 50 mil rádios online espalhadas pelo planeta. Outra função interessante é uma integração com o SoundHound, programa que consegue ouvir um pedaço da música e entregar informações como o nome dela, o cantor, álbum, letras e até lojas online para a compra da canção.

Motorola Atrix TV
Vídeo em 720p não rodou

No teste de vídeo, o smartphone não foi capaz de reproduzir conteúdo em alta definição. Coloquei três vídeos do mesmo trailer, sendo que um deles estava em 480p, o outro em 720p e o último em 1080p. Apenas o primeiro foi executado tanto no player do Android (dentro da Galeria), quanto no tocador da Motorola. Como só há 1 GB de memória interna, até é interessante esta limitação de resolução, que automaticamente limitará o tamanho dos arquivos que você pode colocar nele.

Câmera

A câmera deste celular conta com 8 megapixels, o suficiente para imprimir fotos de 10 x 15 cm sem ser necessária a ampliação da imagem. O sensor não é dos mais modernos e recheados de tecnologias de ponta, o que significa que ele não deve lidar bem com imagens de baixa luminosidade. E é exatamente isso que acontece. A foto fica granulada e a qualidade dos pixels cai bastante. Em imagens com boa quantidade de luz, o granulado fica pouco perceptível, algo razoável para um smartphone.

Motorola Atrix TV
Foto em baixa luminosidade
Motorola Atrix TV
Foto com boa luminosidade

O vídeo gravado pela câmera tem 800 x 480 pixels de resolução e uma qualidade bastante ruim. A voz sai muito abafada e os pixels são visíveis, fica tudo quadrado. Ok, é um smartphone de médio custo, ou seja, eu não esperava nada muito próximo de aparelhos como o Razr HD ou um Galaxy S III.

Pontos fortes e pontos fracos

Pontos fortes

  • Corpo muito bem construído
  • TV
  • Motoblur está quase escondido
  • Player de música bastante completo

Pontos fracos

  • Antena telescópica parece frágil
  • LED de notificação é CHATO
  • Câmera de vídeo bem ruim
  • QuickOffice não é completo
Conclusão

Este é um dos poucos aparelhos com capacidade de receber sinal de TV, sem contar os xing-ling. Pode ser um passo importante para quem estava no mercado cinza e resolveu entrar para marcas conhecidas e certificações da Anatel. O preço pode assustar um pouco, mas a TV faz com que o investimento fique bem claro.

Mesmo com preço intermediário, a Motorola caprichou bastante no corpo do gadget. Alumínio é bastante bem vindo e funciona bem para a conexão NFC. O problema, enorme, é o LED que é muito forte para apenas notificar algo novo. Durante a noite, ele ilumina o quarto, ou seja, se você dividir o quarto com alguém, pode ouvir reclamações.

O player de música é completo e lista uma das maiores comunidades de rádio online da internet, o SHOUTcast.

Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

A TV sempre é uma ótima ferramenta para os brasileiros. A adição dela no smartphone pode ser um grande chamariz para os primeiros usuários de Android

Embalagem e características

Muito simples e com acessórios jogados. Fone de ouvido de baixa qualidade.

Comodidade

Uma pegada gostosa e firme, a Motorola caprichou neste gadget.

Facilidade de uso

Interface da Motorola não é a mais simples de utilizar. Mas o aprendizado vem.

Multimídia

Rodou quase tudo que testei. O problema fica na qualidade da filmadora.

Votação Geral

Um ótimo motivo para trocar um xing-ling por um smartphone. O Atrix TV pode assustar pelo preço, mas a TV paga ele.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Motorola Atrix TV