314

Motorola RAZR D1

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral
Introdução e unboxing

Este é o mais recente lançamento, até o momento da publicação deste review (junho de 2013), da Motorola para o pessoal que está entrando no mundo de smartphones. Ele traz um tamanho diminuto, cara de plástico mas também uma sensação de aparelho robusto e duradouro. Seu processador traz 1 GHz de velocidade em um só núcleo, acompanhado de 1 GB de memória RAM e 4 GB de memória interna - que pode crescer com um cartão microSD de até 32 GB. Dois dos pontos mais chamativos aqui é a possibilidade de assistir TV digital e analógica, além de espaço para dois chips da operadora.

Motorola Razr D1
Motorola Razr D1

A caixa do smartphone é bem simples, encaixando perfeitamente em um gadget de entrada. Sua parte externa traz uma foto grande do gadget, com mais informações sobre pontos de interesse que existem no dispositivo, na parte inferior da embalagem. Abrindo a caixa, encontramos o celular e todos os acessórios espalhados pela área útil, cada um com sua proteção plástica e sem qualquer divisória entre cada ítem.

Motorola Razr D1
Acessórios dentro da caixa

Ele traz um carregador de tomada com porta USB, cabo microUSB, fone de ouvido com controle remoto e um extensor do fone de ouvido, que permite o uso do fone como antena para a captação dos canais de TV. Para assistir TV não é necessário o adaptador, mas a recepção melhora bastante com ele instalado.

Motorola Razr D1
Antena para recepção de TV
Parte externa

Todo o corpo do aparelho é de plástico, mas mesmo assim a sensação é de resistência e robustez no design do gadget. Na parte frontal encontramos uma tela TFT de 3,5 polegadas com resolução de 320 x 480 pixels (densidade de pixels aproximada em 165 pixels por polegada), botões virtuais do Android, microfone principal para chamadas e no topo há um LED de notificações, do lado direito da tela.

Motorola Razr D1
Motorola Razr D1

Do lado direito, há uma porta microUSB e parafusos bastante visíveis - principalmente no modelo branco, com um contraste bem grande.

Motorola Razr D1
Conexão microUSB

Na outra extremidade, encontramos botões para controle do volume, botão que liga e desliga a tela e o aparelho inteiro, além de mais três parafusos.

Motorola Razr D1
Botões de volume e de ligar e desligar o aparelho

Na parte inferior a Motorola colocou apenas um local para a remoção da tampa da bateria.

Motorola Razr D1
Empunhadura para abrir a tampa traseira

No topo, apenas existe uma entrada para fones de ouvido, que também funciona com a pequenina antena para a TV.

Motorola Razr D1
Entrada para fone de ouvido e antena da TV

Na parte traseira, encontramos a mesma textura do Motorola Razr D3, a câmera de 5 megapixels que filma em 480p, um flash LED, alto-falante e o símbolo da recepção de TV.

Motorola Razr D1
Câmera de 5 megapixels, sem flash

A bateria é de 1785mAh e está abaixo da tampa traseira. Neste local estão também as entradas para os dois SIM cards e também um slot para cartões microSD de até 32 GB.

Motorola Razr D1
Bateria de 1785mAh
Dimensões, pegada e peso

Mesmo com a bateria removível e o corpo todo de plástico, os parafusos e a construção do aparelho pasam uma rigidez muito maior do que smartphones de peso, como os Galaxy S3 e S4. Seu tamanho diminuto ajuda na firmeza nas mãos, além da textura traseira que serve como "travas" para que o celular não escorregue quando está em alguma superfície lisa.

Motorola Razr D1
Motorola Razr D1

Suas dimensões são: 110 milímetros de altura, por 59 de largura e 11 milímetros de espessura. Com a bateria já instalada, o smartphone pesa apenas 110 gramas.

Motorola Razr D1
Motorola Razr D1
Desempenho do Android

O Android que está por aqui é a versão 4.1.2, Jelly Bean - o que prova que a exigência de hardware para o Jelly Bean é mínima. Assim como todos os Razr mais recentes, o D1 traz uma interface pouquíssimo alterada e muito próximo do que o Google entrega para aparelhos da linha Nexus.

Motorola Razr D1
Tela inicial do Razr D1

De fábrica há apenas uma tela inicial, mas podem ser adicionadas mais telas ao arrastar as telas até a extrema esquerda, ou ao tocar na tecla home, quando já está na home. Puxando para o outro lado, ao fim das telas iniciais, encontramos uma interface para ajustes rápidos, como ligar e desligar o Bluetooth, GPS e Wi-Fi.

Motorola Razr D1
Tela de controle das páginas
Motorola Razr D1
Configurações rápidas

Já quando o usuário liga o smartphone pela primeira vez, é possível encontrar apenas o QuickOffice já instalado e pronto para o uso. Twitter, Facebook, Instagram ou jogos não estão por aqui, mas é só entrar no Google Play e baixar cada um dos apps.

Motorola Razr D1
Apps já instalados

Um dos programas que a Motorola trouxe da sua empresa, é o SmartActions, que executa algumas tarefas de acordo com alguma circunstancia. Ele faz com que o reprodutor de música toque uma canção específica quando você chegar na academia, por exemplo. Ou então, faz com que o aparelho fique no silencioso durante o horário de trabalho.

Motorola Razr D1
Receptor de TV

O reprodutor de TV é bem simples. Ele oferece a busca por canais, memoriza cada estação - de TV analógica ou digital - e apresenta uma lista dos canais disponíveis. Além de assistir o canal, é possível gravar o que está passando ou até tirar uma fotografia da tela e salvar na pasta de fotos do smartphone.

Motorola Razr D1
Navegador Chrome

Já o navegador que o aparelho utiliza é o Chrome. O processador e memória RAM não permitem que a navegação seja extremamente fluída, mas é confortável de utilizar em um gadget de entrada e que não custa muito ao bolso do cidadão. As imagens carregam com certa velocidade e o rolar do site é rápido e sem áreas sem carregamento.

Jogos e multimídia

Nós estamos falando de um aparelho de entrada, que não reproduz da melhor forma possível um jogo pesado, como Real Racing 3. Ele trava e muito. Pensando mais em um público de games casuais, testamos o Jetpack Joyride. Este título rodou sem qualquer problema, mesmo em uma resolução baixa de tela. Angry Birds também foi reproduzido sem qualquer engasgo da placa gráfica e do processador.

Motorola Razr D1
Motorola Razr D1

O tocador de música é o player tradicional do Google. Não há recursos extras ou possibilidade de fazer algo de especial com a música. Se você assina o Google Music, pode acessar suas canções diretamente do aparelho. Caso contrário, apenas as MP3 que estão no dispositivo serão exibidas e reproduzidas. Ele reproduziu qualquer MP3 testada, exibindo a arte do álbum e informações sobre as tags ID3 do arquivo.

Motorola Razr D1
Motorola Razr D1

O player de vídeo não foi capaz de reproduzir arquivos com resolução superior a 480p. Sem problemas, para um smartphone com tela de 480p, reproduzir algo em 1080p não faz muito sentido. Assim como o tocador de música, o de vídeos não traz nenhum recurso especial, apenas a possibilidade de listar filmes alugados e comprados pelo Google Play.

Motorola Razr D1
Motorola Razr D1
Câmera

O sensor de imagens do D1 conta com 5 megapixels, o que é uma boa resolução para a maioria das pessoas. A qualidade das fotos é mediana e nada que salte aos olhos. Fotos com boa luminosidade apresentam pouco ruído, mas fotos noturnas são extremamente granuladas - algo comum em câmeras de smartphones de mesmo nível de preço.

Motorola Razr D1
Foto com boa luminosidade

O mesmo ocorrer com os vídeos, que são filmados em no máximo 480p, em 30 quadros por segundo. É uma qualidade satisfatória para alguns clipes pequenos e nada de viagem de família, em alta definição.

Motorola Razr D1
Foto com pouca luz e sem filtros
Pontos fortes e pontos fracos

Pontos fortes

  • Android limpo
  • Mesmo com hardware fraco, roda o bem o Jelly Bean
  • Corpo consistente
  • TV digital e analógica

Pontos fracos

  • Qualidade baixa da câmera
  • É preciso remover a bateria para acessar os chips da operadora
  • App de TV é um pouco confuso
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

Cumpre o que promete para seu preço

Embalagem e características

Separação entre acessórios é algo raro em smartphones de baixo custo, infelizmente

Comodidade

Confortável nas mãos e pequeno o suficiente para todas as pessoas

Facilidade de uso

Android puro não ensina muito do que há dentro do aparelho

Multimídia

Reproduziu tudo, menos conteúdo em alta definição

Votação Geral

Com TV e dois chips, foi o que melhor se apresentou em nossos testes

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Motorola RAZR D1