334

Nokia Lumia 520

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral
Introdução e unboxing

Imagine que a Nokia queria abocanhar um mercado que o Android manda bem, que é o de aparelhos de baixo custo. Ela conseguiu e é o Windows Phone que mais vende no mundo. A mágica é uma experiência de uso idêntica ao que você encontra em modelos mais caros, com animações sem travamentos e recursos bem bolados - pontos que Androids de baixo custo não conseguem oferecer. A empresa finlandesa colocou um processador Snapdragon MSM8227 de 1 GHz rodando em dois núcleos, acompanhado de uma GPU Adreno 305 e 512 MB de memória RAM. O aparelho é pequenino e confortável nas mãos, entregando até uma tela IPS.

Nokia Lumia 520
Caixa bem popular nos Nokias

A caixa segue exatamente o mesmo padrão da Nokia para outros aparelhos, com um tom azul escuro nas bordas, com fotos de outras cores do dispositivo na frente e na lateral. Puxando uma lingueta, encontramos o celular deitado em uma cama, que quando aberta revela o manual de instruções, fone de ouvido, um pequeno (demais) cabo microUSB e um carregador de tomada com porta USB (que não foi entregue pela Nokia, para nós, mas é entregue ao usuário no momento da compra).

Nokia Lumia 520
Cabo microUSB bem pequeno
Parte externa

Olhando o Lumia 520, o primeiro aparelho que temos em mente é o 710. Isso significa que você tem um aparelho de entrada, mas que dá uma pegada mais parruda e mais próxima de outros gadgets da marca, dos mais caros. As bordas deste Lumia são bastante curvadas e isso ajuda na hora de segurar o aparelho e a tampa removível foi criada com um plástico bastante firme, que dá a sensação de segurança que poucos Androids - ou nenhum - em sua faixa de preço passam.

Nokia Lumia 520
Tela de 4 polegadas

Na frente temos uma tela LCD IPS de 4 polegadas, com resolução de 800 x 480 pixels e densidade de pixels de aproximadamente 233 pixels por polegada - muito mais que Androids em seu valor, de verdade. Ainda na frente, encontramos os três botões virtuais do Windows Phone, impressos, e não há câmera frontal.

Nokia Lumia 520
Botões de um só lado

Do lado direito a Nokia instalou os botões de volume, liga/desliga e também o botão específico para acionar a câmera. Do outro lado, não há nada.

Nokia Lumia 520
Entrada para fones de ouvido

Acima existe apenas um conector para fone de ouvido no padrão de 3,5 milímetros

Nokia Lumia 520
Entrada microUSB

Abaixo, somente uma porta microUSB.

Nokia Lumia 520
C6amera de 5 megapixels

Atrás encontramos uma câmera com resolução de 5 megapixels e que filma em 720p com 30 quadros por segundo - não há flash de LED.

Nokia Lumia 520
Bateria de 1430mAh e slot para microSD de até 64 GB

Abrindo a parte tampa traseira, vemos a bateria de 1430mAh, o suficiente para durar quase que 50 horas seguidas. Sério, dois dias de uso bem leve e pouco mais de um dia de uso pesado. Por fim, ainda aqui na parte traseira, existe a entrada para o micro SIM e um slot para cartões microSD de até 64 GB.

Dimensões, pegada e peso

Mesmo com plástico e uma traseira que não é fixa, o material não passa a sensação de fragilidade - e olha que estamos em um aparelho de entrada, dos simples. Isso ajuda na pegada mais confortável, principalmente quando a traseira do dispositivo é áspera e as bordas curvadas, fazendo com que o aparelho encaixe nas mãos perfeitamente.

Lumia 520
Pegada confortável

Suas medidas são 119,9 milímetros de altura, por 64 milímetros de largura e 9,9 de espessura, tudo isso somado com os 124 gramas de peso. É um dos aparelhos mais leves do mercado e com tamanho bem reduzido. Isso pode ser um ponto extremamente positivo para quem não vai com a cara dos phablets e gadgets maiores.

Lumia 520
9,9 milímetros de espessura
Desempenho do Windows Phone 8

O Windows Phone ainda é bastante similar em todos os smartphones que apostam nesta plataforma. Tanto Nokias, quanto Samsungs e HTCs contam com uma cara bastante parecida. É diferente do que acontece com a bagunça do Android, onde cada fabricante cria uma interface diferente para o mesmo sistema operacional. No Windows Phone, o máximo que muda de um aparelho para outro é um ou outro aplicativo exclusivo, que faz questão de aparecer na tela inicial.

Nokia Lumia 520
Apps da Nokia diferenciam o gadget de outros

Desde que você compra o celular, os apps da Nokia já estão lá e piscando para você utilizar. Alguns apps chamam mais atenção, já que a cor deles é bastante chamativa - como o laranja do Office, que pula na tela quando os outros apps estão na cor azul, por exemplo. O HERE Maps (antigo Nokia Maps) e Nokia Música já estão prontos para o uso. Indo para a área de todos os apps, encontramos outros programas da marca finlandesa, como o HERE Drive, HERE City Lents, Foto Inteligente (que cria fotos, tentando eliminar olhos fechados) e o Estúdio Criativo, que adiciona alguns efeitos no estilo Instagram, para fotos já batidas.

O Windows Phone 8 aqui já conta com a atualização Amber, que traz apps de outros gadgets mais parrudos. Um deles é o Nokia Smart Cam, que permite fotos com efeitos bem bacanas - como a possibilidade de eliminar algum objeto da fotografia, adicionar movimento ao repetir algo na foto e até alterar apenas o rosto de pessoas, para evitar que olhos fiquem fechados.

O processador Qualcomm MSM8227 Snapdragon dual-core de 1 GHz faz o gadget rodar sem qualquer travamento dentro das telas. Não há um engasgo ou lag, nada, quando várias telas estão passando com velocidade. Isso acontece mesmo com apps pesados no fundo, como o HERE Maps ou algum game.

Nokia Lumia 520
Internet Explorer roda bem

O Internet Explorer ainda é...o Internet Explorer. A tela é quase grande, mas a barra de endereços jamais some - e fica na parte inferior da tela. Ele permite a navegação por abas, compartilhar o endereço visitado em redes sociais e também inserir um atalho para o site na tela inicial. É bom, mas ainda há aquele pensamento de "é um Internet Explorer".

Jogos e multimídia

Não estamos falando de um smartphone topo de linha, então não devemos esperar que ele rode os games mais recentes. Certo? Errado! Claro, não há algo de peso no estilo de Modern Combat 4, mas o recente Need for Speed: Hot Pursuit está presente e rodou perfeitamente. Há alguma redução de detalhes para adequar o título ao que há dentro do Lumia 520, mas tudo rodou sem qualquer travamento - em qualquer momento.

Nokia Lumia 520
Need for Speed, sem travamentos

O app de música é o mesmo que a Nokia entrega desde o primeiro Windows Phone. Com ele você pode ouvir rádio online e comprar canções na loja da Nokia, listar os shows que estão acontecendo nas proximidades e até tocar suas músicas em MP3 que estão no aparelho. Tudo foi reproduzido sem problemas, com direito a capa do álbum na tela.

Nokia Lumia 520
Player de música

O player de vídeo, padrão do Windows Phone e nada da Nokia, reproduziu vídeos de até 1080p sem qualquer problema ou engasgo quando alguma função dele era ativada. Isso realmente me assustou, já que aparelhos concorrentes com Android sequer abrem o arquivo em 720p. Ponto extremamente positivo e prova que o hardware está em linha com o software, para tudo.

Nokia Lumia 520
Player de vídeo reproduzindo arquivo Full HD
Câmera

A Nokia instalou um sensor de imagens com resolução de 5 megapixels na parte traseira, sem opção de fotografar na frente (não há câmera frontal). As fotos estão longe de um Lumia mais parrudo, mas dentro do esperado para um smartphone que não passa dos R$ 450. O aplicativo de c6amera é capaz de ajustar automaticamente o modo de cena, como ajustar os recursos para fotos noturnas, mas o resultado não muda muito quando os ajustes de cena são realizados manualmente - o que é bom, mostra que o WP8 consegue notar bem as mudanças de luz.

As fotos com boa luminosidade ficam com boa reprodução de cores e baixo nível de ruído. As com pouca luz utilizam uma exposição maior para burlar problemas que poderiam ocorrer com o granulado nas fotos. O resultado final é satisfatório e nada além disso. Os vídeos seguem o mesmo padrão de qualidade das fotos.

Pegando carona em smartphones mais parrudos, a Nokia colocou o Smart Cam no 520. Este app permite que você remova objetos da cena, que altere o rosto das pessoas na foto para evitar olhos fechados, que insira efeito de movimento na cena ao desfocar o fundo e até a escolha automática de melhor foto em um conjunto de imagens registradas em um só momento. A qualidade final das fotos não muda, mas é bacana ver mais possibilidades de fotos e com ajuda de um assistente competente.

Pontos fortes e pontos fracos

Pontos fortes

  • União entre hardware e software funciona bem
  • Reproduz vídeos em Full HD, mas com a resolução nativa da tela
  • Empunhadura confortável
  • Entrada para cartões microSD é bem vinda

Pontos fracos

  • Tela não conta com filtro polarizado de outros modelos
  • Plástico e não policarbonato atrás
  • Apenas 512 MB de memória RAM limita os apps
  • Faltou o flash para a câmera
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

Roda tudo que você quiser e custa menos de R$ 500. Não há opção melhor em sua faixa de preço

Embalagem e características

Mesmo de baixo custo, os itens estão separados e organizados

Comodidade

Confortável nas mãos, por conta da traseira áspera e das bordas arredondadas

Facilidade de uso

Windows Phone é extremamente simples de aprender a usar pela primeira vez

Multimídia

Rodou tudo, até um vídeo Full HD

Votação Geral

Este aparelho é o melhor representante de sua faixa de preço. Nenhum Android de mesmo valor consegue um desempenho e uma interface tão limpa quanto este

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Nokia Lumia 520