LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Cuidado! Versão pirata de Super Mario Run para Android pode roubar vários dados sigilosos

10 de janeiro de 2017 2

O Android continua praticamente onipresente no mundo, este é apenas um dos detalhes que compactua para que a plataforma do Google seja um prato cheio para criminosos digitais.

Levando em consideração a natureza livre do código do Android, é relativamente fácil liberar ferramentas de forma constante para o sistema operacional, o que é notório com a gama de aplicativos que chegam em números incríveis a cada semana na loja Play.

Ainda em dezembro do último ano, Super Mario Run finalmente foi lançado exclusivamente para iOS, sendo então um dos games mais comentados do ano, que trouxe de volta o clássico e carismático personagem da Nintendo no estilo endless runou corrida sem fim, em português – e segue com um sucesso impressionante de downloads na plataforma da Apple.

Entretanto, a grande questão que perdura, é com relação a quando o gordinho bigodudo conhecerá o robozinho de Moutain View? Já que o Android é o sistema operacional que segue na maior parte da predileção do planeta.

Infelizmente, a Nintendo salientou que o jogo não chegaria ao Android antes de 2017, pois com base na pirataria presente no ecossistema da plataforma, é fácil liberar APKs fora da loja oficial do Google, o que obviamente não seria viável para os planos da gigante japonesa.

Sendo condizente com a declaração da Nintendo, eis que um APK de Super Mario Run surpreendeu os fãs, ironicamente no mesmo dia em que o pré-registro do jogo foi liberado na Play Store.


Contudo, o APK na verdade era uma total ameaça para quem resolvesse “conferir” o último jogo do Super Mario no Android.

Esta semana, novas informações a respeito do inusitado e perigoso aplicativo foram publicadas pela equipe da PSafe – startup brasileira com foco em segurança da informação.

De acordo com a PSafe, uma vez instalado, esta versão falsa por assumir o controle do smartphone e realizar uma série de ações, entre elas: ligações telefônicas; ler, apagar e visualizar o histórico de ligações e mensagens do dispositivo; ativar e desativar as redes móveis e Wi-Fi; visualizar o histórico de ligações e torpedos do celular.


Além disso, algo que ganha destaque, é que “Super Mario Run” também pode monitorar e roubar dados bancários de sua vítima. Ele basicamente cria uma tela para o usuário digitar suas respectivas informações pessoais de acesso ao banco, que posteriormente são enviadas diretamente aos hackers.

O método utiliza um conceito sofisticado, simulando os dados da loja Play para sequestrar as informações de cartão de crédito e ainda monitora os SMS de duplo fator – também conhecido como verificação em duas etapas – relacionados aos bancos.

Em nota, os especialistas ressaltam a importância de conferir as fontes antes de instalar um aplicativo, além de buscar apenas ferramentas ou jogos apenas na loja oficial da plataforma. Super Mario Run tem previsão de ser oficializado no Android no próximo dia 15 de janeiro, até lá, faça como o mascote da Nintendo e corra para longe dessas furadas!


2

Comentários

Cuidado! Versão pirata de Super Mario Run para Android pode roubar vários dados sigilosos
  • Se não usar apps piratas ou navegar em sites duvidosos (conteúdo pirada, porno, etc), dificilmente a pessoa terá problemas de invasão ou roubo de informações. Eu por exemplo, nos ultimos 4 anos, so confio fazer transações bancarias no meu android. No meu pc windows. ja tive minha conta bancaria invadida e tmb ja tive dados de cartao de credito roubados.

      • Esperando a versão pro android deve estar no forno hehehe

          Motorola Moto G5: o que importa é a beleza interior | Review do TudoCelular

          Autonomia do Moto G4 Play | Teste de bateria oficial do TudoCelular

          Melhores smartphones dual-SIM | Guia do TudoCelular

          Samsung Galaxy A5 2017: quase um flagship, inclusive no preço | Review do TudoCelular