LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Governo teria subornado canal do YouTube para falar bem da reforma do ensino médio

17 de fevereiro de 2017 53

Nós brasileiros podemos ser um pouco "ingênuos" quando o assunto é política, mas na internet sabemos muito bem protestar e, principalmente quando estamos sendo enganados. Segundo informações da Folha de S. Paulo, o governo teria 'subornado' o canal do YouTube "Você sabia?" (clique aqui para acessar) com a quantia de R$ 65 mil para que esse apontasse a reforma do ensino médio como algo positivo para o país.

Sem entrar nesse mérito, o grande problema nesse caso é a publicidade disfarçada. Ao assistir o vídeo - publicado em outubro do ano passado - em nenhum momento está explícito de que se trata de uma peça publicitária, nem mesmo na descrição da produção. Veja e tire suas próprias conclusões:

Com esse vídeo você aí deve estar dando pulo de alegria. Se eu tivesse que fazer o ensino médio e soubesse dessa mudança eu ficaria muito feliz", destacam Lukas Marques e Daniel Molo, donos do canal, em uma das passagens do vídeo.

Em defesa ao canal dos rapazes, Daniel Molo, um dos responsáveis pelo vídeo, conta que o mesmo foi uma encomenda da Digital Stars, produtora responsável por grandes youtubers do Brasil como Kéfera Buchmann, Christian Figueiredo e Felipe Castanhari, por exemplo. A reportagem do jornal revela ainda que mais outros dois canais chegaram a receber essa proposta, porém recursaram.

Defesa procedente

O Ministério da Educação (MEC) confirma essa informação e revela que a agência foi escolhida por meio de uma licitação, e que assim como investe em propagandas na televisão, a internet (e logicamente os influenciadores digitais) também faz parte dos investimentos em publicidade do governo.

É importante ressaltar mais uma vez que não há problema algum em relação a isso, uma vez que esses investimentos geram vários empregos, mas sim esconder essa informação do povo. Ao todo já foram gastos cerca de R$ 13 milhões em publicidade do governo federal no período de outubro a janeiro com campanhas na TV, rádio e internet.


53

Comentários

Governo teria subornado canal do YouTube para falar bem da reforma do ensino médio

Melhores baterias externas para seu smartphone | Guia do Tudo Celular

Melhores smartphones para jogar Pokémon GO | Guia do TudoCelular

Melhores smartphones dual-SIM | Guia do Tudo Celular

Instalando o Android Nougat no Moto G4 Plus | Tutorial do TudoCelular