LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Smartphone ao volante manda para o ralo 40 anos de quedas em acidentes de trânsito

20 de abril de 2017 3

Novos estudos publicados nos Estados Unidos levam à conclusão de que o uso de smartphones no volante reverteram 40 anos de queda em acidentes de trânsito. Não existe uma pesquisa especificamente para isso, mas a leitura dos números levam a essa conclusão, como aponta o PhoneArena.

O primeiro estudo é do Conselho Nacional de Segurança dos EUA, que publicou recentemente as estatísticas de acidentes de carro no país nos últimos anos. De acordo com os números, houve aumento de 2.500 mortes no trânsito entre 2015 e 2016, atingindo um total de 40.200 mortes relacionadas a esses acidentes no ano passado.

Juntando essas informações com outro estudo, realizado pela Zendrive, empresa que analisa diversas estatísticas de comportamento dos motoristas, chega-se à terrível conclusão que os smartphones estão revertendo a queda nas mortes por acidentes de trânsito nos EUA.

A companhia fez um estudo com 3,1 milhões de motoristas, totalizando 570 milhões de viagens realizadas. E, pasme, 88% dos indivíduos analisados utilizaram o smartphone em algum momento dessas viagens. Os cálculos da Zendrive são de que há 600 milhões de “viagens distraídas” realizadas nos EUA todos os dias.

E mais: os estados onde o uso do telefone no volante é proibido por lei foram os que tiveram a menor quantidade de distrações e também menos mortes. Não pode ser apenas coincidência, certo?

No entanto, há algumas considerações para levarmos em conta. O estudo não separou as distrações dos motoristas entre aquelas como tráfego parado e as que aconteceram em movimento. Mesmo assim, tudo leva a crer que smartphone no volante é perigo constante. Melhor não se arriscar.

Curiosidades
  • Segundo os estudos da Zendrive, a cada dois segundos que um motorista desvia sua atenção para o telefone, os riscos de acidente aumentam em 20 vezes;
  • A 88 km/h, dois segundos é tempo suficiente para cruzar duas quadras de basquete;
  • No estudo, as distrações totalizaram uma média de 3,5 minutos para cada hora dirigida;
  • Levando em conta a informação de que dois segundos de distração aumentam chances de acidente em 20 vezes, são cerca de 105 oportunidades de causar uma batida a cada hora.

3

Comentários

Smartphone ao volante manda para o ralo 40 anos de quedas em acidentes de trânsito
  • É o que mais se vê, triste!

      • Um absurdo morrer tanta gente no trânsito.
        Mata mais do que guerras.
        Mais de 40 mil em um ano?
        Vejam como isso é algo monstruoso!!!
        O pior que são mortes que para mim são assassinatos qualificados.
        Sim, há casos em que a culpa é totalmente do pedestre, mas sabemos que a grande maioria são motoristas inconsequentes.
        Sou a favor de ter sistemas de seguranças nos carros para coibir malucos de sair matando famílias inteiras por pura imprudência.

        Motorola Moto G5: o que importa é a beleza interior | Review do TudoCelular

        Autonomia do Moto G4 Play | Teste de bateria oficial do TudoCelular

        Melhores smartphones dual-SIM | Guia do TudoCelular

        Samsung Galaxy A5 2017: quase um flagship, inclusive no preço | Review do TudoCelular