LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Arte da WWDC 2017 é acusada de plágio e fãs tentam resolver o mistério

17 de fevereiro de 2017 15

A Apple anunciou as datas para a sua próxima WWDC, que ocorrerá dessa vez em San Jose, após 15 anos de eventos em San Francisco. Junto com o anúncio, veio a arte conceitual do cartaz. Porém, o que mais chamou a atenção, foi a semelhança entre a imagem de Cupertino e um baner criado para um festival de cinema anos atrás.

Usuários da internet se debruçaram diante de suas telas para investigar a origem dessa semelhança pra lá de suspeita. E, claro, os mais apressados não perderam tempo para acusar a Apple de plágio.

Confira abaixo o pôster da edição de 2010 do Festival de Málaga, evento anual de cinema realizado na Espanha, e o cartaz conceitual da WWDC 2017.

À esquerda, o pôster da edição de 2010 do Festival de Málaga; à direita, a arte conceitual da WWDC 2017

Acontece que não é tão simples assim. Um usuário revelou no Twitter que Geoff McFetridge foi o artista responsável que trabalhou na campanha da WWDC 2017, e seria ele também o criador do cartaz para o festival espanhol.

McFetridge é um artista de Los Angeles, Califórnia, e suas artes contam com o mesmo estilo, como uma assinatura pessoal. Ambas as imagens, do Festival de Málaga e da WWDC, se assemelham com outros trabalhos encontrados em seu site oficial.

"Só para acabar com o meme, o artista desta peça de 2010, Geoff McFetridge, trabalhou na campanha da WWDC 2017, da Apple."

Caso encerrado? Não, essa ainda não é a resposta exata. McFetridge de fato trabalhou com a Apple na criação do cartaz, mas ele não esteve envolvido na peça de 2010 para o festival espanhol.

Esse pôster de 2010 foi criado pela agência de design espanhola Barfutura, liderada pela designer Rocío Ballesteros. E eles não tem nenhum envolvimento com o convite da Apple.

Finalmente, para colocar um ponto final na história, o designer da Blizzard, Jose Jacas, falou com uma pessoa próxima dos criadores da peça de 2010. Descobriu-se que a Barfutura na verdade se inspirou no trabalho de McFetridge, que já tinha esse estilo, para a criação do cartaz do Festival de Málaga.

Que confusão, heim? Ao menos podemos livrar a Apple de mais essa acusação por falta de criatividade. Agora podemos especular mais tranquilos sobre as inovações que a Maçã poderá trazer durante a WWDC 2017. E aí, animado?


15

Comentários

Arte da WWDC 2017 é acusada de plágio e fãs tentam resolver o mistério

Transforme seu Android ou iOS em um teclado e mouse para o PC | Dica

Melhores smartphones tops de linha para presente de Natal | Guia do TudoCelular

iPhone 7 Plus: mais do mesmo pelo segundo ano consecutivo | Review do TudoCelular

Melhores baterias externas para seu smartphone | Guia do Tudo Celular