LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Registrar e
publicar
Usuário
Email
Senha

A França também espia a internet, celulares e dados de seus moradores

05 de julho de 2013 3

Recentemente, o programa PRISM foi aberto para todo o mundo, dando início a uma caçada dos Estados Unidos contra Snowden, responsável pelo vazamento. Enquanto o país comemorava o 4 de julho, o jornal francês Le Monde conseguiu informações que comprovam a espionagem francesa no país da Torre Eiffel.

DGSE, borrado na imagem do Google Maps
DGSE, borrado na imagem do Google Maps

Segundo o jornal, toda a comunicação eletrônica - internet, telefonia... - está sendo observada pelo direction générale de la sécurité extérieure, que é o órgão responsável pela segurança externa do país, em três andares do local parisiense. A publicação afirma que o foco das coletas não está no conteúdo individual, mas no conjunto de dados que são filtrados, que podem exibir uma rede de conexões entre as pessoas - e possíveis criminosos/terroristas. A partir destes dados, métodos mais invasivos tomariam a cena, como escutas telefônicas e perseguições reais de policiais contra suspeitos.

"O sistema tem um grande valor no combate ao terrorismo. Mas permite a espionagem em qualquer um, a qualquer hora. O DSGE coleta bilhões e bilhões de dados, que são comprimidos e estocados no porão, com três andares, na Boulevard Mortier, em Paris.

A França é uma das cinco maiores potências computacionais, perdendo para os Estados Unidos, Inglaterra, Israel e China. O Diretor do DSGE, Mr. Bernard Barbier, estima que o número de conexões coletadas pelo sistema seja de 4 bilhões neste ano, que fluem em aproximadamente 1 bilhão de conexões simultâneas. Hoje, as conexões mais procuradas estão em área públicas, afirma o diretor. Estas conexões são as mais utilizadas pelos terroristas".

Este tipo de vigilância não é adotado nos Estados Unidos, por não poder - segundo eles - prever com eficácia um atentado pessoal. Um dos agentes responsáveis pela coleta de dados, que não trabalha mais na agência, diz que a vigilância ocorre há anos e que cada agência (são seis) que podem receber estes dados, estão bastante contentes com o que fazem.

Se curtiu, compartilhe!


3

Comentários

Continue no Fórum » A França também espia a internet, celulares e dados de seus moradores
Deixe um comentário.

Jorge Jorge 1 ano atrás #3

Quem garante que ABIN não faz o mesmo

Yendis Yendis 1 ano atrás #2

Depois eles reclamam por que são perseguidos
Ninguém na face da terra gosta de ser vigiado
Por mais que você não deve nada a alguém
É um absurdo esses governantes luminates.

Simon Simon 1 ano atrás #1

Malditos ja não basta o Barack Obama

Android

Todos contra todos #1

Android

[Vídeo] Comparativo entre o Lumia 930 e o Xperia Z2

Especiais

Enquete: O melhor smartphone para tirar fotos? Decida com o teste do TudoCelular.com

Android

[Vídeo] Comparativo entre o Lumia 930 e o LG G3