LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Empresas brasileiras já estão criando os primeiros chatbots nacionais

20 de abril de 2016 3

O Brasil também está desenvolvendo seus próprios chatbots. Não serão nada parecidos com a Tay, da Microsoft, mas todos deverão prestar serviços altamente úteis aos internautas tupiniquins. São ao menos três empresas com equipes voltadas ao desenvolvimento dos robôs interativos, impulsionadas pela entrada do Facebook Messenger no mercado. Pouco antes, o Telegram havia anunciado a versão 2.0 de seus chatbots.

"Com a entrada do Messenger, o jogo começou para valer", diz o vice-presidente de inovação da Movile, Andreas Blazoudakis. A empresa, que possui uma equipe de 25 pessoas trabalhando em cerca de 20 bots no momento, pretende ampliar o time para até 70 pessoas na área técnica até o fim do ano. "Temos seis células de inovação totalmente focadas em bots, cada uma delas trabalhando três ideias diferentes. Estamos testando cerca de 20 bots diferentes", conta o executivo.

Já Roberto Oliveira, co-fundador da Take.net, empresa que vende ringtones via SMS desde que estes eram monofônicos, vê a chegada dos chatbots como uma evolução para o seu negócio. "Uma grande parte do que é feito via voz hoje em dia vai migrar rapidamente para mensageria. E a abertura dos aplicativos de comunicação instantânea para terceiros vai representar para os apps móveis o mesmo que o web browser representou para os softwares de desktop", diz o executivo. "Estamos muito felizes porque fazemos isso há 16 anos e agora está virando moda. Eram aplicações que antes aconteciam via SMS e eram monetizadas por carrier billing. E agora estarão em outros canais e poderão ser monetizadas de outras maneiras".

"Em que posso ajudar?"

Outra empresa que está trabalhando com robôs nacionais é o Elo7, que está desenvolvendo um assistente virtual para vendedores e consumidores de produtos artesanais. O Talk7 vai executar serviços de avisos sobre etapas da compra, com cálculo do frete, alertas sobre recebimento do pedido, fechamento da compra e envio da encomenda. O robô está em fase experimental, mas já colhe resultados, segundo Guto Araújo, co-fundador do aplicativo:

Percebemos um aumento de mais de 10% em conversões em função da dinamização dos pedidos feitos dessa forma. Acontece um engajamento maior do vendedor. Além disso, o tíquete médio desses pedidos tende a ser maior, assim como a propensão à recompra. Mas são indicadores preliminares. O diferencial é poder fazer uma compra dentro da conversa, com todas as funcionalidades de e-commerce.

Na Movile, um bot chamado de Stadium já está prontinho para começar a rodar. Inicialmente desenvolvido para o Telegram, o projeto mudou para o Messenger assim que Zuckerberg anunciou a plataforma no app do Facebook. Este bot vai ajudar os fãs de futebol a desconbrirem o resultado das partidas com muito mais facilidade, sem depender de um ser humano para responder ou ter que procurar em uma página esportiva. A empresa também já tem prontos mais dois robôs, um que vai ajudar a produtividade do trabalhador brasileiro oferecendo músicas que incentivem o serviço, e outro que será híbrido, dividido entre o automático e uma equipe de 200 atendentes cadastradas para ajudar consumidores a encontrarem serviços e produtos de beleza.

Com focos em conteúdo e em comércio local, a Movile também está trabalhando em bots para o iFood, aplicativo de delivery de restaurantes, e para o Cine Papaya, serviço de venda online de ingressos de cinema. "A revolução dos bots estará em serviços O2O (online to offline). A parte de conteúdo vai ser legal, só que é mais do mesmo. Na China a revolução aconteceu em local commerce: o pequeno comerciante, que não podia criar um app e, portanto, estava fora da revolução móvel, passou a fazer parte dela com bots", filosofa Blazoudakis.


3

Comentários

Empresas brasileiras já estão criando os primeiros chatbots nacionais
Android

Melhores smartphones dual-SIM | Guia do TudoCelular

Tech

Melhores baterias externas para seu smartphone | Guia do TudoCelular

Android

Melhores smartphones para jogar Pokémon GO | Guia do TudoCelular

Android

Fotos dos Leitores #137 — Galaxy S7 é o mais votado