LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Registrar e
publicar
Usuário
Email
Senha

Testamos o BlackBerry 10. Ele é realmente impressionante

07 de novembro de 2012 59

Ontem, 6 de novembro, a RIM realizou mais um de seus eventos para chamar e treinar os desenvolvedores para o BlackBerry 10. Nós, junto com outros jornalistas, estivemos por lá e colocamos as mãos no smartphone que é utilizado pelos developers para testes de seus apps, que rodam no novo sistema operacional. Ao brincar com o aparelho por alguns minutos, fiquei com o seguinte pensamento: ele é outro BlackBerry.

BlackBerry 10
Tela de apps do BlackBerry 10

A interface quadradona que existe no BlackBerry OS até o momento, ficou de lado. Se você já utilizou o PlayBook, deve encontrar várias semelhanças entre o BB 10 e o tablet da empresa canadense. Diferente de todos os BlackBerry lançados até hoje, os aparelhos com o BlackBerry 10 não contarão com botões físicos na frente, da mesma forma como acontece com os Androids mais recentes, que trabalham apenas com botões virtuais.

BlackBerry 10
Protótipo com o BlackBerry 10

Porém, o BB 10 não traz nem botões virtuais. Todos os comandos, como o de voltar para home e para abrir o menu dos apps, é realizado com movimentos pelas laterais. De fora da tela para dentro, da mesma forma como acontece com o PlayBook.

BlackBerry 10
Protótipo com o BlackBerry 10

Todos os apps abertos ficam em uma área separada, como acontecia com o webOS e o MeeGo. Esta área apresenta os apps minimizados, com uma prévia de onde você o deixou quando saiu. É mais ou menos o que acontece quando você passa o mouse nos programas minimizados do Windows, no Windows Vista e 7. Só que no BB 10 a prévia aparece o tempo todo.

BlackBerry 10
Protótipo com o BlackBerry 10

O teclado é realmente um dos pilares em que a RIM deve se apoiar para chamar atenção dos usuários. Ele vai dando sugestões do que você quer escrever, com base em palavras mais comuns que você utiliza em redes sociais e e-mails. Além disso, a sugestão de texto também funciona em mais de um idioma ao mesmo tempo e sem a necessidade de alterar algo nas configurações. É só começar escrevendo em outro idioma, que o sistema operacional percebe isso e altera as sugestões.

BlackBerry 10
Protótipo com o BlackBerry 10

Um recurso que nos foi apresentado à exaustão foi o "peek". Com ele você puxa a lateral esquerda da tela e ele mostra uma lista de mensagens recebidas, de fontes como redes sociais e e-mails, corporativos ou não. É possível apenas dar uma olhada, puxando de leve, sem sair do app aberto, ou ainda puxar de vez para abrir a lista de mensagens novas.

BlackBerry 10
Protótipo com o BlackBerry 10

As notificações são exibidas quando o usuário puxa a tela de baixo, da mesma forma como ocorre nas mensagens. Basta puxar, olhar o que há de novo, e soltar para voltar ao app que estava aberto.

A empresa canadense garantiu que este hardware das fotos não é, nem de longe, o mesmo que será lançado no ano que vem. Por curiosidade, este aparelho conta com um processador de dois núcleos, rodando a 1 GHz e tela de 4,2 polegadas com resolução de 1280 x 720 pixels. Segundo a RIM, a resolução e tamanho físico de tela serão os mesmos do aparelho final, o restante não. Mesmo com "poucos" hertz, o sistema rodou liso, sem travar em momento algum. Os primeiros aparelhos, até o momento, contarão com dois formatos e duas resoluções de tela. Uma de 720 x 720 pixels para o modelo com teclado físico, e 1280 x 720 pixels para o que conta apenas com a tela de toque.

Além disso, o OS apresenta certos detalhes pequeninos, como puxar a tela de cima pra baixo, quando ela estiver bloqueada, que um modo "noturno" é ativado. Neste modo, é exibido um relógio com o mínimo de brilho, além de uma opção para configurar um despertador apenas por rodar o ponteiro do alarme pelo relógio virtual. Simples assim. Infelizmente não pudemos abrir outros recursos, como tocador de música, vídeos ou o serviço de mapas.

E os BlackBerry de hoje?

Pois é, a RIM deixou claro que o foco do desenvolvimento está no BB 10 e não mais nas versões anteriores. O BlackBerry OS 7.1 vai ficar neste número mesmo, sem qualquer mudança e não receberá o BlackBerry 10. Segundo a empresa, estes aparelhos serão os BlackBerry de baixo custo, enquanto - ao menos neste momento - os BlackBerry 10 serão os smartphones high-end da marca canadense.

Eventuais atualizações poderão aparecer para corrigir bugs ou falhas de segurança, sem qualquer novidade como ferramenta nova, ou recurso inédito.


59

Comentários

Continue no Fórum » Testamos o BlackBerry 10. Ele é realmente impressionante
Especiais

Melhores smartphones entre R$ 800 e R$ 1.000 | Guia Tudocelular.com

Especiais

Melhores smartphones entre R$ 500 e R$ 800 | Guia Tudocelular.com

Especiais

Melhores smartphones de até R$ 500 | Guia Tudocelular.com

Segurança

Celulares nos presídios: conheça os números, soluções e problemas desta ligação