LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Registrar e
publicar
Usuário
Email
Senha

O Samsung Galaxy S IV pode ter um processador Exynos realmente incrível

31 de outubro de 2012 62

Exynos 5450
Exynos 5450

Se a oferta de tops de linha do mercado de smartphones já está ótima, prepare-se para que isso seja levado para um novo nível em um futuro breve. Segundo rumores, a Samsung poderia usar no Galaxy S IV um chipset Exynos 5450, mais potente do que qualquer outro que tenhamos visto.

O novo Nexus 10, fabricado pela Samsung, já usa uma nova geração de chipset Exynos 5 com dois núcleos Cortex-A15 de 1,7 GHz e uma GPU quad-core Mali-604. Esse processador já mostrou em alguns testes de benchmark ser capaz de brigar de frente - ou até superar - o Snapdragon S4 Pro, que ainda equipa pouquíssimos aparelhos, como o LG Optimus G e o Nexus 4.

Portanto, já seria ótimo se o próximo Galaxy pudesse contar com essa tecnologia. Mas se os boatos se confirmarem, a Samsung deve ir além, trazendo o chipset Exynos 5450: um quad-core A15 de 2 GHz com GPU de 8 núcleos Mali-658, capaz de facilmente bater a concorrência em termos de performance.

O Exynos 5450 seria construído com o processo de 28 nm (ao invés dos 32 nm do Exynos 5250).

Aparentemente, o maior obstáculo para que isso se concretize é a bateria. Um chip quad-core com GPU de 8 núcleos operando a 2 GHz drenaria qualquer bateria em poucas horas. Mesmo que seja feito um downclock para 1,7 GHz, ele ainda deve ser um inimigo da autonomia.

Se a Samsung conseguir contornar esse problema, poderemos ter um novo super-smartphone no começo do ano que vem.

Se curtiu, compartilhe!


62

Comentários

Continue no Fórum » O Samsung Galaxy S IV pode ter um processador Exynos realmente incrível
Curiosidade

Visitamos o novo escritório do Twitter, em São Paulo

Android

Lollipop é a maior atualização que o Android já recebeu até hoje [Análise]

Android

Review: LG G Watch, um smartwatch que tropeçou na pressa de ser lançado

Android

Google libera imagens de fábrica do Android Lollipop para a linha Nexus [Tutorial]