LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Comercial do Galaxy S4 traz uma cabra e faz ator comer uma maçã

05 de julho de 2013 22

A Samsung costuma cutucar sua concorrente mortal, a Apple, em seus vídeos. Já foram filas ironizadas e até comparar os iPhones com um bando de velhos. Agora, A Samsung da Islândia resolveu criar um vídeo publicitário para o Galaxy S4, onde há uma cabra, dançarinos tipo ninja e até uma maçã - que poderia ser um smartphone, mas não faz nada além de ser uma maçã.

Claro, a maçã é a Apple (maçã em inglês) e a marca sul-coreana faz questão de mostrar que este fruto - a empresa rival - é um tanto sem recursos, quando comparado ao top de linha atual da Samsung, o Galaxy S4. Além de comparar a fruta com o smartphone, a marca ainda coloca um grupo de dançarinos mascarados em uma construção destruída, que dão lugar - em poucos segundos - para uma simpática cabra deitada (???).

No final, o protagonista frustrado com a maçã, pega o Galaxy S4 e dá uma mordida na fruta. Antes de acabar, porém, a cabra aparece novamente, com uma cara de perdida, dentro da construção - que está apenas pela metade. Ah, outra curiosidade é que o vídeo não conta com barras pretas, mas sim brancas - assim como a cor escolhia do smartphone da Samsung, que vai na mão do ator principal.

O Samsung Galaxy S4 I9505 ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.

22

Comentários

Comercial do Galaxy S4 traz uma cabra e faz ator comer uma maçã
Especiais

Nada de Black Fraude! Conheça a nova ferramenta de histórico de preços do TudoCelular

Tech

Melhores baterias externas para seu smartphone | Guia do Tudo Celular

Android

Melhores smartphones dual-SIM | Guia do Tudo Celular

Android

Vai importar smartphone? Saiba se o celular funciona no Brasil antes de comprar