LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Zenfone Max Pro (M1): bateria é ponto forte e desempenho impressiona

18 de setembro de 2018 148

A ASUS nos apresentou um monte de novos aparelhos no evento da última quinta-feira. O TudoCelular já realizou os testes de desempenho e bateria do Zenfone 5 e também do Zenfone 5Z. Mas como será que o dispositivo que tem a maior capacidade de carga, o Zenfone Max Pro (M1), se sai nesses mesmos testes?

O modelo, que foi oficializado pela ASUS no Brasil junto com outros dispositivos da linha Zenfone 5, traz hardware parecido com o próprio Zenfone 5, mas com uma bateria de 5.000mAh e design sem notch. Esse aparelho tem Android pouco modificado e oferece ótima experiência a uma valor baixo para o consumidor.

Outras especificações que influenciam em autonomia e desempenho são a tela de 6 polegadas (ou 5,99", pra quem quer ser mais preciso) e a resolução Full HD.

Autonomia

Nos gráficos acima, é possível ver os tempos do Zenfone Max Pro em cada teste de bateria que realizamos. Incluindo a simulação de uso real, tanto no tempo total como no tempo em que a tela ficou acesa.

Para refrescar a memória, vamos repassar como funciona esse teste. A tela é calibrada para um brilho confortável para uso em ambiente interno, ficando em 200 lux em imagem branca (utilizamos um luxímetro para garantir a precisão). Todas as outras configurações são mantidas no padrão de fábrica.

A nossa lista de aplicativos possui jogos e aplicações leves e pesadas. E há tempos diferentes de uso:

  • 6 minutos de uso (cada) - WhatsApp, Youtube, MX Player (sempre em Full HD), Spotify, PowerAmp (música offline) e Chrome;
  • 1 minuto (cada) - Pokémon Go, Asphalt 8, Subway Surfers, Candy Crush, Modern Combat 5 e Injustice;
  • 4 minutos de chamadas em 3G/4G;
  • 2 minutos de uso (cada) - Facebook, Gmail e GMaps

Cada ciclo de uso é separado por um tempo de descanso de 30 minutos. Ao início e final de casa rodada, a gente avisa em que patamar está a bateria do dispositivo. E há capturas de tela para você acompanhar tudo direitinho.

Após um dia e meio de testes, chegamos aos seguintes resultados sobre a bateria do Zenfone Max Pro:

  • Foram necessárias 24 horas e 27 minutos para esgotar a bateria do dispositivo, que desligou faltando 1 minuto e meio para encerrar o 17º ciclo.
  • A tela permaneceu ligada por 12 horas e 57 minutos.
  • Realizamos 17 ciclos completos de testes que incluíram:
    • 102 minutos de navegação no Chrome;
    • 510 minutos de WhatsApp, Spotify, PowerAmp, MX Player e YouTube (96 minutos cada);
    • 102 minutos de jogos (Pokémon Go, Subway Surfers, Candy Crush, Injustice, Modern Combat 5 e Asphalt 8);
    • 101 minutos de Facebook, Gmail e Google Maps (34 minutos cada - 33 para o Gmail);
    • 69 minutos de chamadas de voz via 3G/4G;
  • Temperatura da bateria ficou entre 25 e 34°C na maior parte do teste.
Desempenho prático

O tempo total do Zenfone Max Pro em nosso teste de abertura de aplicativos foi bem razoável, ficando um pouco abaixo de um minuto e meio. O tempo foi pouca coisa maior que o obtido pelos dispositivos da linha Galaxy A8, da Samsung (1min24s no modelo básico e 1min24s, com Android Oreo, no A8 Plus) e mostrou fluidez igual à do Zenfone 5 (1min28s), que tem a ZenUI 5.0 instalada.

Esse teste de velocidade consiste em abrir uma lista de 12 aplicativos, esperando cada um carregar completamente para passar para o próximo, cronometrado o tempo. Ao terminar, voltamos ao primeiro app e começamos tudo de novo, para ver se a memória segura esses processos abertos, ou seja, se o aparelho oferece multitarefas em bom nível ao usuário.

Os aplicativos são Câmera, Galeria, Configurações, Facebook, WhatsApp, Chrome, Netflix, Spotify, Photoshop Mix, Pokémon GO e Asphalt 8, além do relógio, que cronometra o tempo total.

Benchmarks

Nos benchmarks, o Zenfone Max Pro acabou ficando atrás de dispositivos equivalentes, como aqueles que também possuem o Snapdragon 636, o Zenfone 5 e o Moto Z3 Play, e também dos Galaxy A8 e A8 Plus, da Samsung. Mas as pontuações são todas muito próximas, tirando o Zenfone 5.

Nos outros testes de benchmark, a pontuação ficou sempre na mesma faixa desses outros dispositivos, às vezes um pouco acima, e outras vezes abaixo. No fim das contas, no AnTuTu pode ter pesado contra a memória RAM e armazenamento a menos.

  • AnTuTu
    • 115.718 pontos
  • GeekBench
    • CPU: 1.341 pontos (single-core) / 4.963 pontos (multi)
    • GPU: 4.510 pontos
  • 3D Mark
    • OpenGL: 932 pontos
    • Vulkan: 763 pontos
  • GFX Bench
    • Manhattan: 647,8 quadros
    • T-Rex: 1.991 quadros
Jogos

Agora os jogos, com testes realizados na ferramenta Gamebench. No review, não conseguimos configurar a ferramenta, mas houve uma atualização e agora funcionou certinho aqui no Max Pro.

E os resultados são todos muito bons. Os jogos ficaram sempre no máximo de 60 fps (ou 30, no caso de Injustice 2 e Asphalt 8) ou muito próximos, o que indica performance impressionante para a jogatina.

PUBG Mobile rodou com os gráficos no médio, atingindo uma média de 25 fps. Mexendo nas configurações, dá para ativar os gráficos em HD com taxa de quadros alta, chegando a 29 fps com essas configurações sem grandes problemas.

Jogo FPS CPU Estabilidade Memória
Asphalt 8 29 5% 90% 614 MB
Clash Royale 59 4% 95% 450 MB
Injustice 2 27 8% 79% 764 MB
Modern Combat 5 60 6% 86% 566 MB
PUBG Mobile 27 9% 85% 866 MB
Subway Surfers 60 14% 100% 284 MB
Vainglory 60 5% 88% 504 MB

GameBench

Desenvolvedor: GameBench Ltd

Preço: grátis - oferece compras no app

Tamanho: Depende do dispositivo

Conclusão

O Zenfone Max Pro conseguiu o quinto maior tempo na simulação de uso real já registrado aqui no TudoCelular. Foram praticamente 24 horas e meia, o que o coloca entre o Galaxy J7 Metal e o Zenfone 4 Max, que duraram 24h e 26h, respectivamente.

O resultado é muito bom, considerando que poucos aparelhos ultrapassaram um dia inteiro de uso nos nossos testes. Porém, com um Android pouco customizado e uma bateria de 5.000mAh, esperávamos um pouquinho mais. Em suma, é bom, mas podia ser melhor.

E, se o dispositivo não decepcionou com sua bateria de 5.000mAh, mesmo com apenas 3 GB de memória RAM, conseguiu entregar desempenho de Zenfone 5, a preço bem menor. Ou seja, é um smartphone para pensar com carinho se você está pensando em trocar de aparelho.

Transmissão encerrada!

23/8/2018 - 15.54

Então é isso. Obrigado a quem acompanhou a maratona e um agradecimento especial aos leitores CVSpiandor, tomcat e luiz_donizeti, que deixaram mensagens especiais para dar força nessa reta final.

23/8/2018 - 15.52

Seja como for, o resultado é impressionante. E já vamos atualizar a pauta com tudo resumido e a conclusão. Aguarde cinco minutos e dê F5 aqui na página.

23/8/2018 - 15.52

Conseguimos enviar as capturas de tela. Está mostrando 2%, mas o aparelho desligou no finalzinho do 16º ciclo. Para fazer as capturas, tivemos que recarregar um pouco.

23/8/2018 - 15.51
23/8/2018 - 15.49
23/8/2018 - 15.46
23/8/2018 - 15.19

Fiquei sem energia em casa, gente. Por conta disso, a atualização final da pauta será atrasada. Mas vou trabalhar pra que seja publicada o mais rápido possível.

23/8/2018 - 15.14

Faltando apenas um minuto e meio para terminar o ciclo, o Zenfone Max Pro desligou.

23/8/2018 - 14.26

Vamos para o último ciclo. Se ele vai até o fim, não sabemos. Bateria ao menos se manteve em 7%.

23/8/2018 - 13.56

Pode ser que a gente ainda consiga fazer mais um ciclo completo aqui no Zenfone Max Pro. E aí, alguém arrisca um palpite do horário que esse aparelho vai desligar?

23/8/2018 - 13.53

Encerrado o 16º ciclo, e parece que estamos perto do final. Bateria caiu para apenas 7%.

23/8/2018 - 12.57

E lá vamos nós para mais um ciclo. Já foram 15, este será o 16º. Bateria agora caiu para 13% durante o standby.

23/8/2018 - 12.27
23/8/2018 - 12.26

E o 15º ciclo acabou com a bateria em 15% ainda. Pelo menos mais dois ciclos completos o Max Pro ainda aguenta...

23/8/2018 - 11.29

E vamos para o 15º ciclo de uso. Já são mais de 20 horas de teste, quase 11 horas de tela. E tem carga para gastar, ainda: 22%.

23/8/2018 - 11.01

Carga caiu para 22% na hora das capturas de tela. E ajustei o GSam para mostrar os dados desde a última carga completa, em vez de mostrar só o uso de hoje.

23/8/2018 - 11.00
23/8/2018 - 10.57

A taxa de queda parece que aumentou um pouquinho, mas ainda está muito boa. Ciclo 14 encerrado com 23% de carga restante.

23/8/2018 - 09.59

O tempo voa, né? Já chegou a hora do 14º. ciclo. Bateria está em 28% (ou 29%, ainda não entraram em acordo o sistema e o GSam).

23/8/2018 - 09.29
23/8/2018 - 09.28

OPa, depois de 13 ciclos, já estamos abaixo dos 30% de carga. Segundo o GSam, são 28%, mas o sistema discorda e aponta 29% (já houve essa discordância antes, mas não no final de um ciclo).

23/8/2018 - 08.33

E vamos lá para o 13º ciclo! Com a bateria em 35%.

23/8/2018 - 08.04
23/8/2018 - 08.02

E completamos 12 ciclos com a bateria resistindo em 35%.

23/8/2018 - 07.05

Já voltamos com o 12º ciclo no Zenfone Max Pro. A bateria ficou em 40%. Lembrando que o aparelho estava desligado desde que encerramos o 11º ciclo, incluindo o período de repouso.

23/8/2018 - 06.55

Em cinco minutos, retomaremos o teste de bateia do Zenfone Max Pro.

22/8/2018 - 23.16

Obrigado a você que nos acompanhou até aqui. Esperamos reencontrá-lo amanhã para essa reta final do teste de bateria.

22/8/2018 - 23.14

O Zenfone Max Pro ficará desligado até a hora de recomeçar.

22/8/2018 - 23.14

Está claro que a bateria ainda vai durar um bom tempo. Amanhã faremos a segunda parte do teste, gastando esses 40% restantes. A partir das 7h!

22/8/2018 - 22.55
22/8/2018 - 22.45

Décimo primeiro ciclo encerrado com 40% de carga. Parece que vamos até 18, ou bem perto disso.

22/8/2018 - 21.48

E vamos para o 11º ciclo. Bateria está em 45% ainda.

22/8/2018 - 21.12
22/8/2018 - 21.11

E chega ao fim o 10º ciclo. A bateria agora aponta 45% de carga restante.

22/8/2018 - 20.16

E começa o décimo ciclo. Com 50% de carga.

22/8/2018 - 19.44
22/8/2018 - 19.42

Nono ciclo encerrado. E bem na metade do teste, com 50% de carga restante.

22/8/2018 - 18.46

Já iniciamos o nono ciclo com 56% da carga no Zenfone Max Pro. Ainda tem chão nesse teste!

22/8/2018 - 18.12

E já temos mais de 6h de tela neste teste. E ainda nem chegamos à metade!

22/8/2018 - 18.12
22/8/2018 - 18.11

E o oitavo ciclo se encerra com 56% de bateria restante.

22/8/2018 - 17.16

E chegou a hora do nosso oitavo ciclo de uso. A bateria do Zenfone Max Pro ainda está com 63% de carga.

22/8/2018 - 16.47

Então, já se foram sete ciclos e ainda estamos com mais de 60% de carga. Alguém aí já quer arriscar um palpite do tempo total de duração?

22/8/2018 - 16.45
22/8/2018 - 16.44

Encerrado o ciclo com a bateria em 63%.

22/8/2018 - 15.50

O Zenfone Max Pro manteve os 68% durante o período de descanso. Já iniciamos o sétimo ciclo.

22/8/2018 - 15.16
22/8/2018 - 15.15

E mais um ciclo que a bateria caiu um pouco mais que a média, cravando 68% ao final de seis rodadas completas. Mas ainda estamos longe da metade...

22/8/2018 - 14.19

Já passou meia hora, então vamos para o sexto ciclo. Bateria em 74%.

22/8/2018 - 13.53
22/8/2018 - 13.47

Encerrado o quinto ciclo, a bateria está em 74%.

(atualizado em 27 de novembro de 2020, às 12:16)

148

Comentários

Zenfone Max Pro (M1): bateria é ponto forte e desempenho impressiona
Android

Black Friday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020

Android

O melhor celular para comprar na Black Friday 2020

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas