» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
8.137

Asus Zenfone 8

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

Em uma era de flagships cada vez maiores é difícil encontrar um bom celular top de linha que não seja desconfortável de segurar. A Apple ainda investe neste segmento e do lado da Samsung temos o S21 que apresenta configuração forte em corpo mais compacto. A Asus também decidiu apostar no público que foge de celular tijolão e o Zenfone 8 é um aparelho pequeno, sem fazer sacrifícios comparado ao mais tradicional Zenfone 8 Flip. Será que ele compete bem contra os rivais? Vamos conferir.

Acessórios

O Zenfone 8 vem em caixa mais compacta que seu antecessor. Ele traz dois circulos estampado que curvam formando o número oito. Além do celular, você recebe os seguintes acessórios:

  • Carregador de 30W de potência
  • Cabo USB no padrão C
  • Guia do usuário
  • Active Case
  • Película para tela
  • Chavinha da gaveta do SIM Card
Design e construção

O Zenfone 8 não tem o apelo tecnológico da variante Flip com sua câmera giratória. Neste temos um design mais tradicional com corpo de metal coberto por duas camadas de vidros. A frontal traz proteção Gorilla Glass Victus, a mais atual e resistente a impactos e riscos; enquanto a traseira tem acabamento fosco, curvatura nas bordas e proteção Gorilla Glass 3.

O novo top da Asus pode não ser o mais fino do mercado, porém é um aparelho confortável de usar com apenas uma mão. O acabamento da traseira evita que ele escorregue com facilidade e as laterais passam a sensação de um produto premium. A melhor parte está na certificação IP68, sendo um grande avanço para a linha Zenfone finalmente adotar proteção contra água.

Este modelo não tem entrada para cartões de memória, mas em troca traz conector para fones de ouvido, que fica no topo. Na parte inferior há uma gaveta para dois chips, a entrada USB-C, o alto-falante principal e um LED de notificações. Na lateral direita há o botão de volume e de energia, que tem cor diferente do restante do corpo do aparelho.

O Zenfone 8 é ligeiramente maior que o iPhone 12 e um pouco mais compacto do que o Galaxy S21, o que o deixa entre os dois principais aparelhos das concorrentes. Ele vem completo com suporte a 5G, Wi-Fi de sexta geração, Bluetooth 5.2 e NFC.

Tela e som

A parte frontal apresenta um furo para a câmera de selfies no canto superior esquerdo, diferente do Zenfone 8 Flip tem tela sem nenhum recorte. Os dois compartilham de tela AMOLED com brilho alto, cores vibrantes e ótimo ângulo de visão. Porém o Zenfone 8 se destaca por ter painel de 120 Hz, superior aos 90 Hz da variante Flip.

A resolução Full HD+ é mais do que suficiente para resultar em imagem nítida nas 5,9 polegadas. O sensor de toque responde a 240 Hz, o que faz o Zenfone 8 ser uma boa pedida para jogos. Há suporte a HDR10+ para aproveitar o máximo da qualidade de serviços de streaming. A calibração de cores poderia ser melhor, mas há opções para você escolher qual mais agrada.

Há duas saídas de som e isso faz com que o Zenfone 8 entregue som estéreo com boa potência e qualidade sonora. Ele possui amplificador dedicado para garantir áudio equilibrado com graves mais marcantes que os rivais da Samsung. Até mesmo o conector P2 tem amplificador para entregar som mais potente com fones de ouvido profissionais. O Zenfone 8 é o celular perfeito para os amantes de música.

Desempenho

Um ponto em comum entre as duas versões do Zenfone 8 é a plataforma Snapdragon 888. Aqui temos o hardware mais avançado da Qualcomm aliado a 8 GB de RAM, o que garante ótimo desempenho e supera o S21 com Exynos 2100, mas fica abaixo do iPhone 12 em nosso teste de velocidade focado no multitarefas.


Em benchmarks as coisas mudam e temos números maiores com o Zenfone, inclusive no AnTuTu ao ficar 100 mil pontos acima do Galaxy e quase 150 mil pontos de vantagem sobre o iPhone. Para quem é fissurado por testes sintéticos ficará feliz com o novo top da Asus.

E nos jogos? PUBG e Call of Duty rodaram com excelente fluidez mesmo na qualidade gráfica mais alta e com todos os filtros ativados. Mortal Kombat e Asphalt 9 ficaram na média de 90 fps, mas não por falta de poder de fogo do hardware, mas por alguma trava que impediu que estes jogos aproveitassem ao máximo a tela de 120 Hz.

Bateria

O Zenfone 8 possui o mesmo tamanho de bateria do Galaxy S21, mas acabou rendendo menos em nosso teste de autonomia. É bom lembrar que ele vem no modo 120 Hz por padrão, por mais que a Zen UI ofereça um modo automático que regula a velocidade da tela para ajudar a consumir menos bateria. Ainda assim é possível ter carga para o dia todo.


O carregador de 30W leva 1 hora e 16 minutos para fazer a bateria ir de 0 a 100%. Uma carga rápida de 15 minutos recupera 32% e chega a 62% com meia na tomada, o que já é suficiente para umas 10 horas de uso moderado.


O Android modificado da Asus possui controle de recarga para evitar desgaste da bateria. Você pode programar para que a bateria não fique muito tempo presa em 100% se pretende colocar o celular para recarregar quando for dormir, o que ajuda a prolongar a sua vida útil.

Câmeras

Seguindo em frente, o Zenfone 8 tem conjunto com câmera dupla na traseira. Pode parecer pouco para os dias atuais, mas a principal tem sensor de 64 MP com zoom digital sem perda, o que ajuda a compensar a falta de uma câmera teleobjetiva. A secundária tem 12 MP com lente ultra-wide com foco automático, o que serve como câmera macro. Assim, temos duas câmeras que funcionam como quatro. A frontal traz um novo sensor da Sony de 12 MP com foco automático.

A variante Flip mostrou que consegue registrar ótimas fotos e este é o mesmo caso do Zenfone 8 mais compacto. Em dias claros terá fotos nítidas, saturação na medida, contraste acertado e ótimo balanço de cores e branco.

Principal | Ultra-wide




Ao usar o zoom digital, a câmera sobe a resolução para 64 MP, depois realiza um corte nas bordas e estica a imagem para ocupar o enquadramento normal, dando a sensação de que realmente tivemos um zoom tradicional aplicado, mas sem a perda na qualidade de imagem que vemos em outros celulares sem zoom óptico.

Zoom



A ultra-wide apresenta qualidade próxima da câmera principal. Você ganha um campo de visão muito maior sem sofrer com distorção nos cantos. A qualidade já cai consideravelmente à noite, então é melhor usar a principal em locais mais escuros. O foco automático ajuda a registrar excelentes macros, superando celulares que possuem câmera dedicada para este tipo de foto.

Modo macro


Ao usar o modo retrato a câmera acaba aplicando o zoom de 2x, o que pode ser um incômodo para alguns, mas o efeito retrato tem boa intensidade e apresenta poucas falhas. Há modo noturno que é ativado automaticamente na maioria dos cenários e ajuda a recuperar detalhes perdidos na escuridão.

Desfoque



E a câmera frontal? Este é o ponto onde o Zenfone 8 perde para a variante Flip. No outro modelo temos o mesmo conjunto traseiro disponível para selfies graças à câmera giratória. O Zenfone mais compacto não decepciona em selfies tiradas de dia, mas já apresenta qualidade mediana ao fotografar em locais mais escuros.

Noturno



A filmadora é capaz de gravar em 8K a 24 fps. A qualidade dos vídeos é ótima, mas a estabilização e o foco automático ficam piores nesta resolução. A melhor opção é 4K a 60 fps, que além de entregar melhor fluidez resulta em filmagens de qualidade sem lotar rapidamente o armazenamento.

Selfies



A frontal tem alcance dinâmico mais limitado e sofre com ruídos ao gravar à noite, mas também filma em 4K. Os três microfones do Zenfone 8 capturam som limpo e permitem realizar ajustes para adicionar efeitos sonoros e até mesmo controlar o cancelamento de ruídos.

Software

Android 11 vem de fábrica com o Zenfone 8 trazendo algumas modificações da Zen UI. A interface da Asus está mais limpa a cada geração, mas sem deixar de lado vários recursos. O Game Genie é um exemplo, uma interface voltada para jogos que dá aos jogadores controle sobre o celular enquanto jogam.

Também é possível limitar o aquecimento do aparelho, velocidade da CPU e GPU, e até a quantidade de apps que devem permanecer rodando em segundo plano. Tudo isso ajuda a bateria a render mais se você não se importa em aproveitar o potencial máximo do Zenfone 8.

É possível customizar o botão de energia para servir de atalho para apps frequentemente usados ou para alguma função específica. O leitor biométrico fica na tela e responde muito bem ao desbloquear rapidamente o celular.

A interface da Asus já foi bastante criticada por sofrer com falta de otimização, mas isso vem mudando a cada ano. No Zenfone 8 temos ótima fluidez para alternar entre apps e tirando proveito da tela de 120 Hz.

Rivais

O Zenfone 8 é melhor do que o Galaxy S21? Ele vence na parte sonora, tem melhor desempenho no uso com vários apps e consegue competir de igual em câmeras. Porém o da Samsung vence em bateria, tem melhor desempenho fotográfico em locais com pouca luz e tem maior suporte a atualizações do Android.

Contra o iPhone 12 temos o contrário. O Zenfone é mais lento em desempenho, porém vence em bateria. Ele também chega a perder para o da Apple ao fotografar à noite, mas no geral não fica muito atrás em fotos e vídeos. Seu grande diferencial fica para a tela de 120 Hz que garante jogos rodando a 120 fps, enquanto o iPhone 12 fica limitado a 60 fps.

E contra o Zenfone 8 Flip, qual é melhor? O modelo mais compacto ficou um pouco atrás em desempenho multitarefas, mas se destaca por ter tela mais veloz para garantir fps superior em alguns jogos. Ele também perde em bateria e não tem a excelente câmera de selfies do modelo Flip, que também se destaca por permitir usar a ultra-wide como frontal.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Tela de 120 Hz com brilho forte
  • Som estéreo de qualidade
  • Ótimo desempenho em jogos
  • Bom tempo de recarga
  • Boas câmeras

Pontos fracos

  • Câmera selfie poderia ser melhor à noite
  • Poderia ter bordas mais finas
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

Ele é uma boa alternativa ao Galaxy S21 e iPhone 12, só resta a Asus cobrar um valor justo por ele

Embalagem e características

Embalagem traz capinha de proteção, mas nada de fone de ouvido

Comodidade

É um celular compacto e pouco escorregadio, o que o torna ótimo para usar com apenas uma mão

Facilidade de uso

É a mesma Zen UI de outros recentes lançamentos, que está cada vez mais próxima do Android puro

Multimídia

Tela tem brilho forte e som estéreo entrega qualidade, apesar do volume não ser muito potente

Votação Geral

O Zenfone 8 é um bom celular compacto que não sacrifica o que é importante e tem até proteção contra água

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Asus Zenfone 8