» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
899

LG K12 Plus

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

O K12 Plus é a nova aposta da LG para o segmento de entrada no Brasil. Apesar de ser um recente lançamento em seu catálogo de 2019, o novo smartphone traz tecnologias antigas e versão defasada do robozinho.

Além disso, a empresa decidiu ir contra a maré do entalhe ao apresentar um aparelho com bordas largas que parece ter sido produzido em 2017. Custando próximo dos R$ 1 mil, será que a novidade vale a pena ou Motorola e Samsung têm opções mais interessantes nessa faixa de preço?

Acessórios

O K12 Plus vem embalagem simples na cor preta. Em seu interior temos os acessórios necessários para usar o smartphone, sem incluir qualquer extra como capa de proteção ou película.

  • Um carregador com potência de 6W
  • Cabo USB no antigo padrão micro
  • Fones de ouvido com microfone no cabo
  • Chavinha extratora das gavetas
  • Guia rápido do usuário

Todos os acessórios são básicos, o que já era esperado de um aparelho de baixo custo.

Design e construção

O foco do K12 Plus está no público jovem. A LG trouxe a novidade na cor Moroccan Blue, essa em azul testada por nós. Mas também é possível encontrar o aparelho nas opções prata (New Platinum Grey) e preta.

Assim como os recentes lançamentos da Samsung na linha M, o K12 Plus também traz corpo em plástico para reduzir o custo de produção. O diferencial do modelo da LG está na certificação militar MIL-STD 810G, que garante alta resistência contra impactos e variações extremas de temperatura.

O design é simples e não vai atrair quem busca um novo smartphone com cara de lançamento de 2019. Mesmo chegando agora ao mercado, o K12 Plus tem tela no padrão 18:9 com bordas largas que é difícil de se ver até mesmo em modelos básicos de outras marcas.

Mesmo sendo de plástico, a construção apresenta boa qualidade. A certificação é um extra interessante, especialmente para quem é desastrado com celular. Mas tenha em mente que isso não o torna indestrutível.

Na lateral esquerda, além dos botões de controle de volume e gavetas dos cartões SIM e microSD, você encontra um botão dedicado ao Google Assistente. LG vem mantendo essa parceria com o Google desde os seus flagships e agora também leva o atalho para o assistente pessoal para os modelos de entrada.

Do lado direito há apenas o botão de energia. Na parte inferior temos uma entrada micro USB (já era esperado ver USB-C), entrada padrão P2 e alto-falante. No topo do aparelho há apenas um segundo microfone para cancelamento de ruídos, mas o K12 Plus captura áudio mono em vídeos.

O aparelho tem apenas uma câmera na traseira e outra na frontal, ambas acompanhadas de flash em LED. O leitor biométrico fica em posição central e funciona bem.

Tela e som

O K12 Plus tem tela de 5,7 polegadas com resolução HD+ (720 x 1440 pixels), o que resulta em 282 pixels por polegada. O painel tem tecnologia IPS LCD e apresenta boa reprodução de cores, mas poderia ter brilho mais forte.

Nessa faixa de preço realmente é difícil ver um celular com tela super brilhante, mas se você usa muito o smartphone em locais externos com forte iluminação, pode acabar sofrendo para enxergar o conteúdo na tela.

A qualidade das cores e o nível de contraste é bom, ficando no nível do Moto G7 Play. Se curte cores mais vibrantes e ângulo de visão mais amplo, o Galaxy J6 traz painel Super AMOLED e pode ser encontrado por preço inferior.

O único alto-falante na parte inferior entrega boa potência e qualidade sonora. O fone que vem junto com o K12 Plus dá conta do recado. O aparelho tem suporte a som DTS:X e notamos uma pequena melhora na qualidade de músicas ao usar o fone padrão.

Para tirar melhor proveito da tecnologia é necessário investir em fone de melhor qualidade. Há um atalho na área de notificações para que possa ativar ou desativar o recurso DTS:X facilmente.

Desempenho e jogos

Resultados em benchmarks:

  • AnTuTu: 71.733 pontos
  • GeekBench: 764 pontos (single-core) e 3.304 pontos (multi-core)
  • GFX Bench: 17 fps (Manhattan) e 27 fps (T-Rex)
  • Androbench: 260 MB/s (leitura) e 87 MB/s (escrita)

Smartphones básicos com hardware da MediaTek são comuns no Brasil. No caso do K12 Plus temos o Helio P22, que, curiosamente, acabou sendo detectado como Helio P35 por algumas ferramentas, como o AIDA64.

Esse chip traz processador de oito núcleos, o que é suficiente para lidar com qualquer tarefa básica e até mesmo algumas mais exigentes. Notamos que ele demora um pouco a mais para abrir alguns jogos que o Snapdragon 632 presente no Moto G7 Play, mas por contar com mais RAM entrega um desempenho geral melhor.

Os 3 GB de RAM do K12 Plus garantem que você alterne entre vários aplicativos e até alguns jogos sem precisar esperar que o celular recarregue o conteúdo. A GPU PowerVR GE8320 também dá conta do recado ao rodar jogos mais pesados, mas como acontece em aparelhos com hardware da MediaTek, alguns títulos da Gameloft sofrem com falta de otimização.

Aqui sentimos lentidão no Asphalt 9, e não foi pouca. No jogo Asphalt 8 não vimos problema, mas no game mais recente de corrida realmente foi complicado jogar devido ao atraso nos comandos. Outros jogos como Injustice 2 e Modern Combat 5 rodaram dentro do esperado.

Câmeras

Na traseira do K12 Plus temos uma câmera de 16 MP com abertura focal de f/2.0 e foco automático PDAF. Na frontal há um sensor de 8 MP com mesma abertura focal e flash LED dedicado para selfies.

A LG alega que a inteligência artificial presente no K12 é capaz de reconhecer até 8 cenários diferentes, indo de Pôr do sol, Paisagem, Comida e Pessoas. Cada tipo de cena faz os ajustes corretos de velocidade do obturador, balanço de branco e ISO. O resultado disso? Bem, não vimos grande diferença.

Por padrão, a câmera tende a registrar fotos com tons mais naturais, mas quando a IA está ativada ela abusa da saturação e em alguns casos a pessoa sai com tom de pele amarelado.

No geral, a IA não faz diferença. Em alguns cenários temos fotos um pouco mais claras, e é basicamente isso. Também é importante segurar o celular firme ao fotografar, já que a câmera do K12 Plus tende a perder o foco com facilidade.

Fotos sem uso da inteligência artificial

Fotos com uso da inteligência artificial

A baixa abertura focal não ajuda muito em locais com pouca luz, mas há o flash frontal para ajudar nas selfies. O nível de ruídos está dentro do esperado e até temos fotos menos granuladas que outros aparelhos nessa faixa de preço.

A qualidade das fotos fica no mesmo nível do Moto G7 Play e Galaxy J6. Não espere muito do conjunto fotográfico do K12 Plus, mas será suficiente para publicar fotos no Instagram e Facebook.

Já a filmadora decepciona. Ela grava em Full HD (1920 x 1080 pixels) com ambas as câmeras, mas apresenta muitos tremidos. Ao gravar em cenários com pouca luz o nível de ruídos acaba sendo muito maior que nas fotos.

Além disso, enquanto aparelhos da Xiaomi mais baratos gravam com som estéreo, o K12 Plus ainda fica limitado a som mono. Quer gravar em 4K? O Moto G7 Play entrega essa resolução.

Bateria

O K12 Plus mostrou que a LG fez uma boa escolha ao adotar a plataforma Helio P22, apresentando ótima autonomia de bateria mesmo com apenas 3.000 mAh de capacidade.

Tivemos basicamente o mesmo tempo encontrado no Moto G7 Play, que traz também 3.000 mAh de bateria mas com a plataforma Snapdragon 632, demonstrando assim que a Mediatek vem trabalhando muito bem em seus últimos chips. Ele também leva o mesmo tempo para recarregar que o rival da Motorola, passando quase 2 horas e meia na tomada.

Além disso, a opção pelo Android 8.1 Oreo permitiu que a LG entregasse uma interface já muito bem otimizada (algo visto especialmente no consumo em standby), o que poderia não ter acontecido caso a empresa partisse para a versão mais recente do robozinho verde.

De uma forma geral, temos uma boa opção em autonomia para quem não quer se preocupar em ter que levar o smartphone à tomada durante o dia, sendo o K12 Plus capaz de aguentar mesmo um padrão de uso um pouco mais intenso até o final da noite sem grandes problemas.

Se você busca ainda mais bateria, o Galaxy J6 ou M10 são alternativas da Samsung com autonomia para o dia todo e ainda sobrar um pouco para o dia seguinte.

Software

O Android Pie está perto de completar seu primeiro aniversário de lançamento e a LG ainda vem trazendo aparelhos com Oreo de fábrica em 2019. Aqui temos a versão 8.1 do robozinho com interface modificada da sul-coreana.

Apesar de não ser muito pesada, não espere fluidez impecável. Mas vamos ser honestos, nessa faixa de preço é realmente difícil um aparelho que surpreenda.

Até o momento a empresa não confirmou quando teremos a atualização para o Android Pie.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Certificação militar contra impactos
  • Tela de boa qualidade e som potente
  • Bom desempenho com vários apps e jogos
  • Bateria rende o dia todo

Pontos fracos

  • Design antigo com bordas largas
  • Entrada micro USB
  • Grava com áudio mono
  • Android Oreo 8.1 sem data para receber atualização para o Pie
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O LG K12 Plus é um celular até decente, mas há opções mais interessantes nessa faixa de preço.

Embalagem e características

Embalagem básica traz apenas o essencial para usar o aparelho, mas inclui um par de fones de ouvido.

Comodidade

O K12 Plus não é um celular grande e seu acabamento fosco evita que ele escorregue facilmente de sua mão.

Facilidade de uso

Interface da LG foge um pouco do Android padrão, mas apresenta bom desempenho.

Multimídia

Tela IPS LCD tem boa qualidade, mas brilho poderia ser maior. Som é apenas mono, mas tem boa potência.

Votação Geral

K12 Plus é um produto com desempenho decente, boa bateria e capaz de registrar boas fotos, mas seu preço poderia ser melhor.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o LG K12 Plus