» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
1.049

Motorola Moto E7 Plus

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

O Moto E7 Plus chegou ao mercado juntamente com o Moto G9 Play e traz projeto parecido e preço bastante próximo, custando apenas R$ 100 a menos. E você deve estar querendo saber se vale a pena economizar esse dinheiro ou o modelo mais avançado é mais negócio. Vamos conferir o que o E7 Plus tem a oferecer e se há opções melhores na mesma faixa de preço.

Acessórios

O Moto E7 Plus vem em embalagem escura com o logo branco da Motorola e o nome do aparelho em laranja neon. Além do celular, você recebe os seguintes acessórios:

  • Carregador de 10W de potência
  • Cabo USB no padrão micro
  • Fone de ouvido básico
  • Chavinha da gaveta do SIM card
  • Guia do usuário
Design e construção

O Moto E7 Plus é basicamente um G9 Play com acabamento fosco na traseira. Os dois são do mesmo tamanho e trazem design quase idêntico. O mais básico chegou ao mercado em duas opções de cores (azul e bronze) com efeito degradê. E diferente do seu antecessor, este não tem traseira e bateria removíveis.

Ele continua com duas câmeras, mas agora ficam organizadas na parte central no mesmo bloco saltado visto no G9 Play. O leitor biométrico vem logo abaixo no tradicional logo da Motorola. Ele é ágil e funciona bem para um aparelho do seu porte.

O Moto E cresceu e manteve o entalhe de gota da geração passada. A entrada micro USB continua presente, o que é decepcionante para um celular lançado no final de 2020. Motorola também deixou de fora o Wi-Fi 5 GHz e o giroscópio, mas pelo menos o Bluetooth agora é 5.0.

Um detalhe que pode ser importante para alguns é que o Moto E7 Plus não vem com capinha de silicone, como tivemos no E6 Plus. Esse é um dos diferenciais de se pagar alguns reais a mais pelo G9 Play que traz o acessório na caixa.

Tela e som

A tela cresceu para 6,5 polegadas e continua com resolução HD+. O painel adotado pela Motorola tem bom nível de brilho e contraste superior ao antecessor. Pelo menos nesse ponto a fabricante não economizou e você não sofrerá tanto ao usar o celular fora de casa em dias ensolarados. O ângulo de visão é amplo e supera rivais com telas LCD mais simples.

A parte sonora é mais limitada. Há apenas uma saída de som ao lado da porta micro USB. O som tem potência mediana e tende muito para os agudos. Isso não será problema ao assistir vídeos, mas terá suas limitações para músicas. O fone de ouvido que vem na caixa é básico e não muito confortável, mas quebra o galho para ter uma melhor experiência multimídia.

Desempenho

Motorola deu mais atenção ao hardware interno desta vez e trocou o Helio P22 por um Snapdragon 460 que chega a dobrar o desempenho em alguns testes sintéticos. No caso do AnTuTu temos o dobro de pontos de antes, o que realmente impressiona. Mas e no uso do dia a dia, o novo está realmente mais rápido?

O processador mais veloz combinado com 4 GB de RAM faz o E7 Plus ser mais ágil na abertura de apps e jogos, o que também permite segurar mais aplicativos rodando em segundo plano. Em nosso teste de velocidade tivemos uma boa diferença comparado ao E6 Plus, e curiosamente ficando até no mesmo nível do G9 Play com hardware mais potente.


A GPU Adreno 610 garante melhor desempenho em jogos e agora você poderá curtir quase todos os games para Android na fluidez máxima. Apenas títulos mais pesados como Call of Duty e PUBG é que precisará jogar na qualidade média.

Câmeras

Como esperado de qualquer celular que se preze em 2020, temos câmera de 48 MP. É exatamente o mesmo sensor presente no Moto G9 Play, assim como o de profundidade. A única câmera que ficou de fora do E7 Plus foi a dedicada para macros. Então isso significa que os dois modelos da Motorola entregam mesma qualidade fotográfica? Quase isso.

Por mais que o sensor seja o mesmo, o hardware menos potente do E7 Plus acaba limitando um pouco a qualidade. Ele consegue registrar boas fotos em dias ensolarados e até mesmo à noite com a ajuda do Night Vision. Ficamos surpresos em ver que a Motorola não capou o modo noturno para favorecer os modelos mais caros.

Normal | Modo noturno




É um belo avanço comparado ao antecessor e finalmente temos um celular da linha Moto E como boa câmera. O sensor de desfoque também faz bem o seu trabalho e funciona com objetos e animais fazendo uma boa separação dos planos com poucos erros no recorte.

Modo retrato




Partindo para a câmera frontal temos um sensor bem mais simples que não entrega a mesma qualidade da câmera traseira, mas é capaz de registrar boas selfies em locais abertos. Dentro de casa ou à noite há queda acentuada da nitidez e ao usar o modo retrato notamos um aumento nos ruídos. Ainda assim está na média do segmento e melhor que os modelos anteriores da linha Moto E.

Selfies




A filmadora também foi limitada pelo hardware mais fraco. Ela grava em Full HD, como o G9 Play, mas não é capaz de filmar a 60 fps. O foco é ágil de dia, porém já fica um pouco lerdo à noite. Não há sistema de estabilização para lidar com tremidos e a captura de áudio é estéreo, mas sem cancelamento de ruído de fundo eficiente.

A frontal também filma em Full HD e treme ainda mais que a traseira. O balanço de branco não é dos mais eficientes, então você pode sofrer com o ajuste automático do brilho e contraste. Em locais escuros terá filmagens com ruídos bastante evidentes, mas nada que vá comprometer suas filmagens.

Bateria

O E7 Plus perdeu a bateria removível de antes, mas em troca a capacidade aumentou para 5.000 mAh e com isso temos autonomia muito maior. O novo básico da Motorola consegue passar o dia todo longe de tomadas com folga. Se você não jogar ou assistir muitos vídeos, será até capaz de carregá-lo apenas a cada dois dias.


O carregador é o mesmo de 10W da geração passada e aqui é mais uma diferença que temos para o G9 Play. Com uma potência tão baixa é preciso esperar mais de 3 horas para a ter a bateria do E7 Plus completamente cheia. Uma carga rápida de 15 minutos recupera apenas 15% e mesmo com uma hora na tomada não terá nem mesmo metade da bateria para usar.

Software

O E7 Plus sai da caixa com Android 10 e nem tão cedo deve receber a versão 11, já que o E6 Plus foi lançado há um ano e ainda está preso ao Pie. Motorola também não se preocupa com updates de segurança em seus celulares mais baratos, e nisso Samsung vem se destacando mais.

O software é o mesmo presente na linha Moto G com direito ao app Moto que ficou de fora da geração passada. A única exceção é o gesto de abrir a câmera ao girar o celular não presente no E7 Plus. Porém, as opções de customização da interface estão disponíveis. Você pode alterar o formato e cor dos ícones, além de ter o modo noturno que funciona nos apps compatíveis.

Rivais

É inegável que a linha Moto E evoluiu e agora temos um bom celular de entrada. O problema é ter o Moto G9 Play por quase o mesmo preço com hardware mais avançado, câmeras um pouco melhores, carregador mais potente e ainda trazer capinha na caixa.

O E7 Plus é melhor que os básicos das outras marcas? Ele supera o Galaxy A11 em desempenho, bateria e câmeras. Já contra o K41s temos o mesmo desempenho no multitarefas e autonomia similar, porém o rival da LG traz câmeras ultra-wide e macro, que podem fazer falta para alguns, e ainda custa menos.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Boa tela LCD
  • Desempenho condizente com a categoria
  • Roda bem todos os jogos
  • Bateria dura muito
  • Registra boas fotos e tem modo noturno eficiente

Pontos fracos

  • Tempo de recarga muito demorado
  • Câmera ultra-wide seria melhor que a de profundidade
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O custo-benefício do E7 Plus é bacana, mas o G9 Play custa quase o mesmo e é melhor

Embalagem e características

O Moto E7 Plus vem em embalagem tradicional e traz apenas o necessário

Comodidade

O Moto E7 Plus é um celular grande e pode ser desconfortável de usar para alguns

Facilidade de uso

É o mesmo Android puro da Motorola com pequenos extras presentes em outros modelos da marca

Multimídia

Tela tem boa qualidade, mas um som estéreo cairia bem

Votação Geral

O Moto E7 Plus é um bom celular de entrada que conquista com experiência equilibrada

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Motorola Moto E7 Plus