» Anuncie » Envie uma dica Ei, voc um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
Aviso de preo Inscreva-se para saber
quando este aparelho
estiver disponvel.

Realme X2 Pro

Review
Custo - benefcio
Embalagem e caractersticas
Comodidade
Facilidade de uso
Multimdia
Votao Geral

A Realme é mais uma submarca da Oppo que vem ganhando espaço no mercado de smartphones. Diferente da OnePlus que chegou apostando em flagships com preços matadores, a Realme seguiu o caminho oposto ao investir em modelos básicos e intermediários com grande apelo no bom custo-benefício. E aqui temos o X2 Pro, um celular top de linha com preço de intermediário. Será uma ameaça para a Xiaomi e sua linha Redmi? É isso que você confere nesta análise completa do TudoCelular.

Acessrios

O Realme X2 Pro vem em embalagem simples e não traz muitos acessórios. Além do celular você encontra:

  • Carregador SuperVOOC de 50W
  • Cabo USB-C em uma ponta e USB-A na outra
  • Chave para abrir gaveta do cartão SIM
  • Manuais
  • Capinha de silicone transparente
Design e construo

Na era atual é até normal encontrar celulares metidos a premium com acabamento em plástico. Pelo menos a Realme pensa diferente e caprichou nos materiais escolhidos para o X2 Pro. A sua moldura é feita de alumínio anodizado, que pode até parecer plástico ao primeiro toque, mas é metal. A traseira é feita em vidro e assim como a tela tem proteção Gorilla Glass 5.

O vidro na traseira é curvo nas bordas, o que torna o aparelho mais confortável de segurar, mas ajuda a escorregar mais fácil. As câmeras ficam alinhadas no centro e são um pouco mais saltadas. Já na parte frontal temos entalhe em formato de gota e nada de furo como é o padrão atual. Fica claro que estamos diante de um celular com projeto de 2019, por mais que tenha sido lançado no finalzinho do ano.

Ele é um pouco pesado para um celular com tela de 6,5 polegadas. Pelo menos as bordas finas não o deixam muito grande. E algo que vem desaparecendo de celulares top de linha é a entrada padrão para fones de ouvido, que ainda está presente neste aqui. No geral, o X2 Pro é bastante completo e inclui leitor biométrico na tela que funciona bem. Poderia ser mais ágil, mas até mesmo flagships que custam o dobro pecam nisso.

Tela e som

A Realme compartilha dos mesmos painéis da OnePlus e aqui no X2 Pro temos uma tela AMOLED de 90 Hz no padrão 20:9. O nível de brilho é alto, não tanto quanto os 1000 nits que a fabricante promete, mas não fica muito atrás dos celulares da Samsung e Apple.

A tela do X2 Pro tem suporte a HDR10+ e apresenta boa reprodução de cores. O branco tem tonalidade azulada por padrão, mas você pode corrigir isso nas configurações ao aumentar a temperatura. Infelizmente, vai acabar interferindo nas outras cores, deixando tudo saturado.

Usar a tela no modo 90 Hz garante maior fluidez das animações do sistema em troca de menor duração da bateria. Há um modo inteligente que trava a tela em 60 Hz em conteúdos abaixo de 60 fps, o que vai ajudar a economizar bateria.

A Xiaomi ainda peca por não incluir som estéreo mesmo em seus intermediários premium, mas a Realme é mais generosa. O X2 Pro não apenas tem dois alto-falantes, como a potência sonora é muito alta, ficando entre os melhores que testamos. Além de ter suporte a Dolby Atmos.

O problema é que forçar o alto-falante ao máximo faz o som distorcer, então evite passar dos 80% para ter a melhor experiência. Já ao ouvir músicas com fone de ouvido não espere bons resultados. A potência está abaixo da média e há um nível alto de distorção entre os canais. Este não é um celular recomendado para audiófilos.

Desempenho

Equipando o X2 Pro temos o Snapdragon 855 Plus. Este é o hardware mais avançado da Qualcomm de 2019 e até mais potente que o de algumas outras empresas lançados este ano. Isso combinado com 8 GB de RAM faz o top de linha da Realme entregar ótimo desempenho.

Em nosso teste de velocidade ele ficou empatado com o Zenfone 6, outro top de linha que também aposta forte no bom custo-benefício. Mas temos que levar em consideração que o modelo da ASUS vem equipado com o Snapdragon 855, que é ligeiramente inferior.


Em benchmarks a pontuação supera modelos com o hardware mais antigo da Qualcomm. O que deixa claro que faltou um pouco de otimização no multitarefas para fazer o X2 Pro ser mais rápido.

Todos os jogos que testamos rodaram suave com todas as configurações no máximo. Você ainda pode tirar proveito da tela de 90 Hz, mas nem todos os games têm suporte a isso. O que importa é que apesar de não ser um aparelho dito gamer, o X2 Pro é um ótimo dispositivo para jogar.

E um detalhe bacana é que ele informa dados do sistema durante a jogatina, mostrando de forma nativa até o fps na tela. Para isso, você deve adicionar os jogos ao Game Space para liberar os recursos extras, que inclui até captura de tela e atalhos para WhatsApp e Messenger.

Cmeras

Na traseira do X2 Pro há quatro câmeras. A principal de 64 MP usa sensor ISOCELL da Samsung que já vimos em outros celulares. A secundária traz lente teleobjetiva com zoom óptico de 2x, a terciária tem lente grande-angular para fotos mais amplas, e ainda há um sensor de profundidade para ajudar no desfoque de fundo.

Por padrão, a câmera principal salva as imagens na resolução de 16 MP devido ao processo de comprimir quatro pixels em um só. Isso garante alto nível de detalhes sem lotar rapidamente a memória do X2 Pro. Dependendo do cenário, a foto em 64 MP chega a ocupar o quádruplo do espaço.

Caso mesmo assim você queira usar todos os pixels terá uma imagem com mais detalhes e menos ruídos, mas isso só fica visível ao ampliar bastante as fotos. Para redes sociais é melhor deixar no modo padrão e poupar espaço.

16 MP | 64 MP


Apesar de não ter uma câmera dedicada para macro, o X2 Pro traz atalho para este modo no app de câmera. O que ele faz é usar a lente grande-angular para permitir chegar muito próximo de um objeto sem perder o foco, algo impossível com a câmera principal. A qualidade final é interessante, apesar da leve distorção de lente nos cantos das imagens. Comparado ao iPhone, podemos aproximar bem mais com X2 Pro, mas em troca de menos detalhes e mais ruídos.

Aliás, por mais que o celular da Realme seja um aparelho top de linha, não espere a mesma qualidade fotográfica de outros que custam o dobro ou mais. Comparado ao iPhone 11 ele fica bem atrás, mas pelo preço que pagará nele é aceitável.

A teleobjetiva não perde tanta qualidade ao usar o zoom como em outros chineses que testamos, mas a grande-angular registra fotos bem piores. Esta câmera sofre com exposição desregulada: uma hora a foto saem bem mais escura, e em outra temos uma imagem mais clara com cores mais neutras.

Principal | Ultra-Wide



O sensor de profundidade faz muito bem o seu trabalho. O nível de desfoque é acima da média e apresenta poucas falhas. É possível regular a intensidade, mas exagerar no efeito pode deixar a foto artificial. O desfoque também funciona bem com a frontal.

A câmera do X2 Pro não vai mal à noite. Há bem menos ruídos que a média e os detalhes são bem preservados. Se acha as fotos muito escuras pode ativar o modo noturno, mas texturas são sacrificadas para se ter uma foto mais clara.

Selfie | Retrato


É possível filmar em 4K até 60 fps. A qualidade é muito boa, incluindo também em Full HD. Se precisar de fluidez superior o X2 Pro grava até 960 fps, mas apenas em HD. As demais câmeras gravam com qualidade inferior, mas a frontal faz um bom trabalho.

Bateria

Para dar conta de todo esse hardware temos uma bateria de 4.000 mAh, que pode parecer pouca para um aparelho com tela de 90 Hz, mas é bom lembrar que ao usar o modo inteligente ele vai travar a tela em 60 Hz quando você não precisar de fluidez maior, o que vai poupar bateria.


E para nossa surpresa, o X2 Pro entrega ótima autonomia. Ele chega próximo a aparelhos com 1.000 mAh a mais. Em uso moderado será possível sobrar carga para o dia seguinte e mesmo quem não larga o aparelho um minuto não terá problema com falta de carga no meio do dia.


O que mais surpreende é o poderoso carregador SuperVOOC de 50W que faz o X2 Pro ir de 0 a 100% em pouco mais de meia hora. Com apenas 15 minutos na tomada você recupera mais da metade da bateria. Este é o smartphone que recarrega mais rápido de todos que passaram pelo TudoCelular.

Software

O X2 Pro vem com a interface ColorOS, a mesma presente em outros celulares da Realme e também da Oppo. Ele chegou ao mercado com Android 9 Pie e ainda continua com esta versão do sistema. Se isso já é inaceitável para um aparelho básico, imagina para um com pinta de flagship.

E a Realme parece que também não se importa com a segurança dos seus usuários, já que o X2 Pro ainda segue com pacote de segurança do Android referente ao mês de fevereiro.

Deixando isso de lado, o que você precisa saber é que o ColorOS parece uma mistura de Android com iOS. A interface foge bastante ao que temos em Androids modificados de outras fabricantes, especialmente a tela de notificações.

Há alguns recursos bacanas, como os gestos com a tela desligada. Você pode desenhar um O para abrir a câmera ou um V para ligar a lanterna. E também encontrará o Smart Siderbar com atalhos úteis diretamente da borda da tela, que lembra bastante o Tela Edge da linha Galaxy.

Rivais

A Realme entrega melhor custo-benefício que a Xiaomi? O X2 Pro custa o mesmo que o Mi 9T Pro, mas entrega melhor desempenho no geral. A tela de 90 Hz não apenas garante maior fluidez do sistema, como também permite rodar alguns jogos a mais de 60 fps. A autonomia de bateria é similar, porém o X2 Pro passa muito menos tempo na tomada.

Se compararmos com opções nacionais mais acessíveis com Snapdragon 855, temos o Zenfone 6 e o G8s com mesmo nível de desempenho. O da ASUS entrega mais bateria, enquanto o da LG rende menos. O modelo coreano registra melhores fotos quando há pouca luz, já o Zenfone se sair melhor em selfies.

Vale investir mais caro em um flagship como o iPhone 11 ou é melhor economizar e ir no modelo chinês? Apple leva vantagem em desempenho e câmera. Mas pela grande diferença no preço, o X2 Pro acaba entregando um custo-benefício mais interessante, especialmente se você busca jogar no celular.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Bela tela AMOLED com brilho alto
  • Som potente com Dolby Atmos
  • Bom efeito retrato
  • Bateria recarrega muito rápido

Pontos fracos

  • Faltou IP68
  • Desempenho poderia ser melhor
  • Software desatualizado

Avaliao final do Tudocelular
Custo - benefcio

Pelo valor que pagar nele, realmente difcil encontrar opes melhores. Pena que no seja vendido oficialmente no Brasil.

Embalagem e caractersticas

Embalagem simples e vem apenas o bsico. Pelo menos vem com capinha de proteo.

Comodidade

um celular grande e de vidro, que acaba escorregando fcil da mo.

Facilidade de uso

A ColorOS bastante modificada e foge um pouco do padro Android.

Multimdia

Tela de qualidade com brilho alto e poderoso som estreo tornam o X2 Pro timo para filmes e jogos.

Votao Geral

O X2 Pro um top de linha acessvel com bom custo-benefcio e um verdadeiro rival para a Xiaomi.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Realme X2 Pro

Aviso de preo
Deixe-nos o seu e-mail e iremos notific-lo quando este produto estar disponvel online