» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
Aviso de preço Inscreva-se para saber
quando este aparelho
estiver disponível.

Redmi Note 10

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

A Xiaomi causou uma certa bagunça na sua linha Redmi Note este ano com diversos aparelhos parecidos para mercados diferentes. Aqui temos o Redmi Note 10 mais básico, que não traz conectividade 5G, mas até entrega um conjunto mais interessante. Será que o novo intermediário chinês continua apostando no bom custo-benefício como sempre foi a marca registrada da linha? Vamos conferir.

Acessórios

O Redmi Note 10 vem em embalagem branca tradicional da Xiaomi com uma ilustração do aparelho na tampa. Além do celular, você recebe os seguintes acessórios:

  • Carregador com 33W de potência
  • Cabo USB padrão C
  • Chavinha da gaveta do SIM Card
  • Capinha transparente de silicone
  • Guia do usuário
Design e construção

O design do Redmi Note 10 apresenta boas mudanças comparado ao seu antecessor. O novo está mais compacto e leve. O furo para a câmera de selfies saiu do canto superior esquerdo e agora está centralizado, enquanto as câmeras traseiras foram realocadas para o canto e apresentam um layout mais moderno com a principal se destacando no conjunto.

O Note 10 segue com corpo de plástico e a tela perdeu o Gorilla Glass 5 e agora adota a terceira geração, o que pode ser um retrocesso. A resistência contra respingos está presente para garantir que o intermediário chinês sobreviva a uma chuva leve, mas não deve ser mergulhado já que falta certificação IP68.

Trocar a tela LCD do anterior por um painel AMOLED permitiu reduzir o diâmetro do furo da câmera. As bordas estão mais simétricas, pelo menos as laterais e a do topo, já que a inferior ainda é um pouco mais larga.

O leitor biométrico saiu da traseira e agora vem incorporado ao botão de energia na lateral direita. A posição é boa e confortável de usar, além do sensor apresentar boa agilidade no desbloqueio.

A parte superior e inferior são mais planas, como já visto em outros lançamentos recentes da marca. No topo há o emissor de infravermelho, um microfone e uma saída de som. Na parte inferior temos a entrada USB-C, outro microfone, entrada para fones de ouvido e uma segunda saída de áudio. Por fim, há uma gaveta para dois chips de operadora e um cartão microSD do lado esquerdo.

Tela e som

O Redmi Note 10 traz uma tela Super AMOLED de 6,43 polegadas com resolução Full HD+. O painel tem apenas 60 Hz e se isso for algo decepcionante para você, então terá que investir um pouco a mais no Note 10 Pro.

O que importa é que a tela do Note 10 tem brilho alto e cores vibrantes – com boa calibração no perfil Natural. Ele pode ser usado fora de casa mesmo nos dias mais ensolarados. Apesar de a Xiaomi não especificar que há suporte a HDR, foi possível conferir vídeos no YouTube com HDR, mas não em serviços de streaming como Netflix ou Amazon.

É bom ver que a Xiaomi está dando mais atenção à parte sonora, e diversos intermediários da marca estão chegando com som estéreo. A potência entregue pelo Note 10 é boa, mas o som acaba distorcendo quando o volume está no máximo. É bom não passar dos 80% se quiser ter um som limpo.

Ele não é capaz de reproduzir graves por completo, mas tem um perfil sonoro mais equilibrado que outros da marca. No geral, o Note 10 entrega boa experiência sonora para filmes e músicas.

Desempenho

Equipando o Redmi Note 10 4G temos o chip Snapdragon 678, enquanto a versão 5G vem com o mais avançado Dimensity 700 da MediaTek. Além disso, temos 4 GB de RAM para a versão mais barata com 64 GB de memória para armazenamento e 6 GB de RAM para o modelo com o dobro de espaço interno.

Se você quer economizar e escolher o mais simples, aqui vai a primeira má notícia: ele não consegue segurar os apps abertos em segundo plano. Em nosso teste de velocidade vimos o Note 10 sofrer um pouco para completar as duas voltas, mas ainda foi mais rápido que o seu antecessor.


Não é de hoje que a Xiaomi vem forçando a MIUI para matar os serviços em segundo plano para fazer a bateria render. Isso não chega a afetar os resultados em benchmarks e com o Redmi Note 10 conseguirá mais de 200 mil pontos no AnTuTu.

E nos jogos? PUBG rodou liso na qualidade HD com os modos cinema e antialias ativados. Outros jogos como Asphalt 9, Mortal Kombat e Coverfire também rodaram sem problema, apesar de que o Redmi Note 10 não consegue entregar a qualidade gráfica máxima. No geral, ele é um bom celular para jogos.

Bateria

Antes de prosseguir, se você curte nosso conteúdo, não esqueça de se inscrever e nos ajudar a alcançar a marca de 1 milhão, obrigado pela força. Mas seguindo, este é mais um de vários celulares da Xiaomi com bateria de 5.000 mAh, mas o Redmi Note 10 consegue fazer muito bom uso de sua capacidade energética e alcança a melhor autonomia de bateria que já vimos, ficando no topo do ranking do TudoCelular.


Isso quer dizer que você tem bateria para dois dias tranquilamente, indo muito além do seu antecessor. Mesmo que você jogue ou assista muitos vídeos, ainda será difícil ter que realizar uma segunda carga no mesmo dia.


E o melhor de tudo é que o Note 10 passa pouco tempo na tomada e recarrega totalmente a sua bateria em 1 hora e 10 minutos. O carregamento acelerado também surpreende e permite recuperar um terço da bateria com apenas 15 minutos na tomada, o que já garante várias horas de uso. Com apenas 30 minutos de recarga será possível ter bateria para o dia todo em uso moderado.

Câmeras

Na parte fotográfica temos um conjunto completo com direito a ultra-wide, câmera dedicada para macros e outra para desfoque de fundo. A principal traz o mesmo sensor de 48 MP da geração anterior, mas como o hardware da MediaTek deu lugar ao da Qualcomm, agora temos imagens mais nítidas e com melhores cores.

O Redmi Note 10 registra boas fotos para a categoria, apesar de sofrer um pouco para lidar com os detalhes nas sombras e apresenta ruídos no fundo dos cenários. A ultra-wide permite capturar mais dos cenários sem perder detalhes e o software de correção de lente ajuda a reduzir a distorção nos cantos da imagem.

Principal | Ultra-wide




Como é de se esperar de uma câmera ultra-wide, a qualidade das fotos cai bastante em cenários mais escuros. Ao fotografar à noite é bom evitar usar essa câmera para não perder os detalhes mais distantes e ter fotos granuladas. Ainda mais por não ter modo noturno para salvar as imagens.

E por falar no modo noturno, não espere que ele faça milagres. Você terá fotos mais claras sem comprometer nitidez e cores, mas a diferença será sutil em muitos casos. Será que usar a resolução máxima de 48 MP ajuda? O ganho de nitidez é mínimo, o que não compensa o maior espaço ocupado pelas fotos.

Macro


Desfoque



A câmera macro faz apenas o básico, como é de se esperar de um sensor de apenas 2 MP com foco fixo. É preciso acertar a distância correta se não quiser ter fotos borradas. A de desfoque poderia ser melhor, ela nem sempre desfoca tudo do cenário, mas consegue fazer uma boa separação da pessoa e do fundo, desde que não fique muito distante.

O efeito de desfoque é melhor com a frontal, apesar de pegar um pouco dos cabelos – mas a maioria dos celulares peca nisso. As selfies apresentam boas cores e tom de pele próximo da realidade. O nível de detalhes está dentro do esperado para uma câmera de 13 MP. Só não espere muito de selfies noturnas, já que a nitidez cai e os ruídos tomam conta das fotos.

Normal | Noturno



O Redmi Note 10 é capaz de gravar vídeos em 4K, diferente do seu antecessor que ficava limitado a Full HD. Porém, se você fizer questão de ter vídeos com menos tremidos, então terá que filmar em Full HD, já que a estabilização eletrônica fica indisponível na resolução mais alta.

Selfies



O foco é rápido e a qualidade dos vídeos é boa de dia. Já filmar em locais escuros ficará complicado com o Redmi Note 10. Sem falar que a captura de áudio, apesar de estéreo, não é das melhores. Pelo menos é uma evolução comparado ao Note 9 que filma com som mono.

Software

O Redmi Note 10 sai da caixa com Android 11 e MIUI 12. Apesar do software ter sido configurado pela Xiaomi para economizar ao máximo a bateria, ele não chega a comprometer o desempenho e a MIUI flui bem no aparelho. O único problema mesmo é ver todos os apps recarregando o tempo inteiro.

Aqui você encontra todos os recursos presentes em outros da marca, como o Game Turbo para aprimorar a jogatina, os atalhos para acessar rapidamente a câmera ou ligar a lanterna, o suporte a tema escuro que ajuda a bateria a render ainda mais por causa da tela AMOLED, além da possibilidade de customização da interface.

Rivais

O Redmi Note 10 é um bom celular intermediário, mas se você ficou decepcionado pela tela de apenas 60 Hz, a melhor alternativa da Xiaomi seria o Poco X3 NFC. Ele entrega desempenho muito melhor e roda alguns jogos acima de 60 fps. Sua bateria dura bem, mas não rende tanto quanto a do Redmi Note 10. Em câmera, o Poco X3 sai um pouco à frente.

Quer uma alternativa da Samsung? Que tal o Galaxy A32? Ele entrega a mesma bateria impressionante do Redmi Note 10 e seu desempenho é um pouco melhor graças ao sistema da Samsung que está mais otimizado que o da Xiaomi. Em câmera também temos vantagem para o Galaxy.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes:

  • Tela AMOLED com brilho forte
  • Som estéreo bem equilibrado
  • Excelente autonomia de bateria
  • Rápido tempo de recarga
  • Boas câmeras

Pontos fracos:

  • Gerenciamento de RAM
  • Faltou foco automático na câmera macro
  • Poderia ter NFC para ficar completo
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

Seu custo-benefício é bom para o importado, mas o nacional sempre tem preço complicado

Embalagem e características

O Redmi Note 10 vem com capinha de silicone na caixa, mas nada de fone de ouvido

Comodidade

Não chega a ser um celular tão grande, mas é escorregadio; pelo menos vem com capinha na caixa

Facilidade de uso

É a mesma MIUI presente em outros da marca e responde bem ao uso

Multimídia

Tela AMOLED com brilho forte e som estéreo equilibrado garantem boa experiência multimídia

Votação Geral

O Redmi Note 10 tem tudo para ser um dos melhores intermediários do ano, só pecou na otimização de RAM

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Redmi Note 10

Aviso de preço
Deixe-nos o seu e-mail e iremos notificá-lo quando este produto estará disponível online