» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
2.639

Samsung Galaxy S8 Plus

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral
Introdução e unboxing

Após conferirmos todos os detalhes do Galaxy S8, chegou a hora de dar atenção ao Galaxy S8 Plus. Ambos os aparelhos compartilham das mesmas especificações, mudando apenas as dimensões, tamanho de tela e bateria. O modelo recebido pelo TudoCelular é na cor preta, diferente do S8 testado na cor ametista.

Todas as opções de cores do Galaxy S8 e S8 Plus apresentam a parte frontal em preto, o que ajuda a esconder os vários sensores do leitor de íris. No entanto, o modelo em preto é o único com lateral na mesma cor, já que as versões em prata e ametista contam com bordas cromadas espelhadas, diferente do cromado fosco do Galaxy S7.

A embalagem do Galaxy S8 Plus é praticamente idêntica ao modelo menor, mudando apenas o símbolo “+” ao lado do S8. Na parte traseira temos algumas informações como: tamanho e resolução de tela, resoluções das câmeras, certificação IP68, leitor de íris, quantidade de memória, carregador com tecnologia de carregamento acelerado e fone de ouvido da AKG.

Estas são as mesmas informações presentes na embalagem do Galaxy S8, com a diferença para o tamanho de tela, sendo 6,2 polegadas aqui e 5,8 polegadas no outro. Os acessórios também são os mesmos: carregador de 2A, cabo USB-C, fone da AKG com três tamanhos de ponteiras, chave para abertura da gaveta, adaptadores e guia do usuário.

Infelizmente, a embalagem do modelo nacional é inferior ao que é vendido em outros países. Aqui temos o mesmo papel cartão usado na embalagem do Galaxy S7 nacional, o que mostra que Samsung continua fazendo cortes onde pode. Claro, isso não interfere em nada na experiência com o aparelho, mas serve apenas como curiosidade.

Design e construção

O Galaxy S8 Plus mescla metal com vidro. Tanto na parte frontal quanto na traseira, o flagship da Samsung traz uma placa de vidro curva nas bordas que conta com proteção Gorilla Glass 5. Apesar das várias promessas de proteção contra riscos e quedas, o smartphone da Samsung ainda apresenta uma fragilidade preocupante.

É inegável que o aparelho é altamente elegante com sua tela e bordas curvas, mas ele acaba acumulando muitas marcas de dedos, especialmente nesta cor preta analisada. Para quem é obcecado em manter o celular sempre limpo, o mais indicado aqui seria adquirir uma capinha de proteção.

Na parte superior da tela encontramos a câmera frontal, agora com 8 megapixels e foco automático, além dos sensores de proximidade, luminosidade e leitor de íris. Na parte abaixo da tela não temos mais os botões de controle do Android, que agora chegam em versão virtual, como visto no Galaxy S8.

O leitor biométrico foi jogado para a traseira, ficando ao lado direito da câmera. Se usar o recurso já era complicado no S8, no S8 Plus fica ainda mais impossível. A boa notícia é que temos mais duas tecnologias de biometria para autenticação: por íris e facial.

Na parte superior do aparelho temos a gaveta híbrida (permite usar dois chips de operadora ou um chip e um cartão microSD) e microfone para cancelamento de ruídos. Na parte inferior encontramos a entrada para fones de ouvido, USB-C, microfone de chamadas e alto-falante. Nas laterais temos o botão de ligar/desligar na direita e Bixby e volume na esquerda.

Tela e som

O Galaxy S8 Plus conta com tela de 6,2 polegadas com resolução QuadHD+, ou seja, temos aqui 1.440 pixels na horizontal com 2.960 pixels na vertical, resultando em 529 pixels por polegada. A tela tem proporção 18,5:9, diferente da tradicional 16:9, o que ajudou a reduzir as bordas superior e inferior sem ir muito além do que vemos no S7 Edge com tela de 5,5 polegadas.

A nova tela da Samsung é capaz de alcançar 780 lux de brilho (medição feita com luxímetro em imagem branca), mas passando de 1.000 lux com o brilho no automático em ambiente externo, sendo a mais alta em tela AMOLED já registrada nos testes do TudoCelular. Além disso, o painel conta com HDR, o que permite turbinar ainda mais o brilho com conteúdo que venha otimizado para HDR. No app do YouTube registramos mais de 1.200 lux!

O Galaxy S8 Plus permite escolher três resoluções: a padrão FHD+ (1080 x 2220), HD+ (720 x 1480), além da nativa da tela. Também é possível escolher entre quatro níveis de saturação de cores, também sendo possível nivelar a matiz de cada cor primária e temperatura do branco – indo muito além do que tínhamos no Galaxy S7 Edge.

Se a tela empolga, não podemos dizer o mesmo do som. O Galaxy S8 Plus mantém o mesmo alto-falante mono das gerações anteriores. Ele é capaz de alcançar um volume alto, mas não reproduz graves de forma efetiva, entregando um som seco e sem impacto. O fone de ouvido da AKG, por outro lado, entrega um som muito mais balanceado, mas acaba distorcendo quando o volume está no máximo.

Hardware e desempenho

O Galaxy S8 Plus foi lançado em duas versões: com Snapdragon 835 para os Estados Unidos e China, além de versão global, vendida no Brasil, com Exynos 8895. Ambos os chipsets contam com litografia de 10 nm, o que garante baixo consumo e aquecimento.

Aqui temos um processador formado por oito núcleos divididos em dois blocos, sendo o primeiro com quatro trabalhando na velocidade máxima de 2,3 GHz e mais quatro com velocidade limitada a 1,7 GHz. O primeiro é responsável pelas tarefas pesadas, enquanto o segundo cuida dos processos mais simples, reduzindo o gasto energético.

Resultados em benchmarks:

  • AnTuTu: 172.950
  • GeekBench: 2.021 (single-core) e 6.638 (multi-core)
  • GFX Bench: Car Chase (13/25 FPS), Manhattan (41/56 FPS) e T-Rex (57/103 FPS)
  • 3D Mark: 3.208

A GPU presente no Exynos 8895 é a Mali-G71 MP20 com velocidade máxima de 546 MHz. Pode parecer uma velocidade baixa para um smartphone topo de linha, mas como temos 20 núcleos de processamento gráfico, ela tem força suficiente para lidar com qualquer aplicativo 3D e jogo na resolução nativa da tela.

Em memória, o aparelho conta com 4 GB para RAM e 64 GB para armazenamento, onde destes 54 GB estão disponíveis para o usuário. Se mesmo assim ainda for pouco para você, é possível expandir a memória com uso de cartão microSD de até 256 GB. Também é possível encontrar o modelo com 6/128 GB aqui no Brasil, que custa em média R$ 500 a mais.


Em nosso teste de velocidade abrimos 12 aplicativos em seguida para ver quanto tempo o Galaxy S8 Plus leva para finalizar a tarefa. A ordem de abertura dos aplicativos é a seguinte: Câmera, Galeria e Configurações, apps nativos, e outros baixados da Play Store, como o Facebook, WhatsApp, Chrome, Netflix, Spotify, Photoshop Mix, Pokémon Go e Asphalt 8. Por aqui, realizamos dois ciclos de abertura dos aplicativos na mesma ordem, contando apenas as "voltas" no cronômetro nativo.

Na primeira rodada o Galaxy S8 Plus levou 54 segundos para abrir todos os aplicativos, enquanto na segunda rodada foram necessários 21 segundos para reabrir todos os apps. Mesmo sendo um ótimo resultado, o S8 Plus ficou abaixo de smartphones intermediários com Snapdragon 626 e 660, como é o caso do Moto Z2 Play e Zenfone 4.

O que percebemos é que as animações da interface Android da Samsung ainda são mais lentas que as de outras fabricantes. Ao desligar as animações, o tempo cai para apenas 1 minuto e 9 segundos. Ainda assim, o flagship da Samsung fica devendo para vários rivais.


Usamos a ferramenta Gamebench para medir a taxa de quadros por segundos em jogos com o Galaxy S8 Plus. Aqui registramos uma média de 30 FPS no Asphalt 8, valor já esperado para um aparelho deste porte. Em Modern Combat 5 e Subway Surfers vimos tais jogos rodando a 60 quadros por segundo, já que estes não são travados para ficarem a 30 FPS como no jogo de corrida da Gameloft.

O que fica claro é que o Galaxy S8 Plus tem força de sobra para rodar qualquer jogo, graças à poderosa GPU Mali-G71 MP20 que não deixa a desejar em nada para a Adreno 540 do Snapdragon 835.

Câmera

No papel, a câmera principal do Galaxy S8 Plus não demonstrou uma evolução notável comparada à geração passada. Aqui temos um sensor de 12 megapixels com tecnologia Dual Pixel, abertura f/1.7 e capacidade de gravar vídeos em Ultra HD a 30 quadros por segundo.

O modelo recebido pelo TudoCelular veio com sensor ISOCELL da Samsung, modelo S5K2L2. A empresa não chegou a divulgar quais as mudanças realizadas neste sensor comparado ao modelo S5K2L1 presente no Galaxy S7 Edge. De qualquer forma, podemos esperar um pequeno ganho no nível de detalhes das imagens.

Na parte frontal é que tivemos um avanço mais significativo. A resolução máxima subiu para 8 megapixels nesta geração, mas continua com a mesma abertura f/1.7 e capacidade de gravar vídeos em Quad HD de antes. O sensor presente aqui é o ISOCELL S5K3H1, tendo como destaque o foco automático.

É bom estar ciente que os resultados obtidos nas fotos capturadas pelo TudoCelular podem ser diferentes do modelo com sensor da Sony. De qualquer forma, o que vemos é que a câmera do Galaxy S8 Plus oferece a mesma ótima qualidade presente da geração passada. Em vídeos também vemos grande nível de detalhes e excelente estabilização de imagem.

Em comparativo realizado pelo TudoCelular envolvendo um teste às cegas com as câmeras do S8 Plus, S7 Edge, iPhone 7 Plus e Xperia XZ Premium, o novo flagship da Samsung foi o mais votado pelos leitores do site, com uma boa margem acima dos rivais, e ficando próximo do S7 Edge.

Bateria

O maior diferencial entre o Galaxy S8 Plus e o S8 padrão está na capacidade da bateria. No menor temos 3.000 mAh, enquanto no maior contamos com 3.500 mAh. Pode não parecer grande coisa na teoria, já que a tela maior deve acabar com esses mAh extras, mas o que vimos é que o S8 Plus oferece uma diferença significativa na autonomia de bateria.

Enquanto o Galaxy S8 rendeu 14 horas de uso em nosso teste, o S8 Plus passou de 18 horas. Em tempo de tela temos 7 horas para o menor e 9 horas para o maior. Além disso, a bateria leva quase o mesmo tempo para ser carregada, algo em torno de 1 hora e 38 minutos.

Em teste de uso contínuo, foi possível assistir vídeos por 17 horas e 35 minutos com uma carga de bateria no Galaxy S8 Plus. Com uma carga é possível gravar vídeos por 5 horas e 15 minutos, fazer chamadas por 25 horas e 22 minutos ou videochamadas por 5 horas e 7 minutos.


Em um teste mais prático simulando o uso real tivemos os seguintes resultados:

Realizamos 13 ciclos de testes que incluíram:

  • 468 minutos de WhatsApp, Spotify, PowerAmp, Chrome, MX Player e YouTube (78 minutos cada);
  • 78 minutos de jogos (Injustice, Modern Combat, Pokémon Go, Subway Surfers e Asphalt 8);
  • 78 minutos de Facebook, Gmail e Google Maps (26 minutos cada);
  • 52 minutos de chamadas de voz via 3G;
  • Temperatura da bateria ficou entre 28 e 35°C.
  • O aplicativo que mais devorou a bateria foi o YouTube.
  • O aplicativo que menos consumiu bateria foi o discador.
Software

O Galaxy S8 Plus chegou ao mercado com Android 7.0 Nougat e até o momento não recebeu atualização para a versão 7.1.1. Aqui temos a interface lançada no Galaxy Note 7 (que agora recebe o nome de Samsung Experience) e que foi melhorada na atualização do Nougat para o S7 Edge.

O que muda é que temos um novo launcher da Samsung que permite jogar todos os apps na tela inicial, mas também mantém o layout clássico de deixar os apps separados em outra tela. A Bixby é outra novidade presente aqui e que conta com tela lateral dedicada no melhor estilo Google Now.

Para acessar a assistente pessoal da Samsung, basta deslizar para a esquerda na tela inicial ou apertar o botão dedicado na lateral esquerda do aparelho. As funcionalidades são bastante limitadas por enquanto, mas Samsung promete que sua inteligência artificial será superior às rivais da Google e Apple.

No geral o software da Samsung oferece bom desempenho, mas mesmo com hardware potente ainda é comum sentir pequenos engasgos nas animações. Durante os nossos testes não vimos o aparelho travar em nenhum momento, no entanto.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes:

  • Certificação IP68
  • Tela com HDR e brilho alto
  • Desempenho em jogos
  • Câmera para fotos e vídeos
  • Autonomia de bateria
  • Fone de ouvido da AKG

Pontos fracos:

  • Corpo frágil de vidro
  • Gaveta híbrida
  • Posição do leitor biométrico
  • Alto-falante mono
  • Android 7.0 Nougat
  • Animações do sistema
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O Galaxy S8 Plus é um celular caro, mas pode ser encontrado por preços mais atrativos em promoções. No entanto, há opções que oferecem desempenho superior e custam menos.

Embalagem e características

A embalagem é simples, mas vem recheada de acessórios. Temos o carregador, cabo USB-C, fone de ouvido da AKG com ponteiras em três tamanhos, chave da gaveta híbrida, adaptadores USB e guia do usuário.

Comodidade

O Galaxy S8 Plus é um aparelho grande e de vidro, o que pode acabar resultando em quedas acidentais. O seu leitor biométrico não apresenta boa ergonomia.

Facilidade de uso

A interface da Samsung é bastante modificada comparada ao Android puro, mas apresenta boa organização. Além disso, há atalhos e dicas por todo o sistema.

Multimídia

Tela grande exibe cores hipnotizantes, mas a falta de duplo alto-falante estéreo frontal compromete a imersão em filmes e jogos.

Votação Geral

O Galaxy S8 Plus mostra grande evolução em design e hardware, mas ainda peca em otimização de software.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Samsung Galaxy S8 Plus