» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
745

Samsung Galaxy J5 Pro

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral
Embalagem e acessórios

O Galaxy J5 Pro vem em uma caixa azul, com o nome do modelo na parte da frente, e no canto o nome completo, com a marca. No canto inferior, tem também o ano de lançamento, que é 2017, no caso.

Dos lados não tem nenhuma informação, e no topo tem o adesivo com número IMEI e código de barra. Enquanto na parte de trás encontramos algumas informações, como os 32GB de memória interna, as câmeras frontal e principal, ambas de 13 MP, e a presença do sensor biométrico, via leitor de digitais.

Ao retirar o aparelho da caixa, encontramos abaixo os acessórios, começando com o guia rápido e, removendo a divisória de papelão, o cabo de dados USB para micro USB, um fone de ouvidos intra auricular, bem básico, com microfone e botão para atender chamadas, o adaptador de parede para carregar a bateria na tomada, com saída de 5V e 1A. Por fim, o extrator da gaveta de chips.

Design, tela e áudio

O TudoCelular pegou o Galaxy J5 Pro na cor preta, mas existe no mercado brasileiro uma opção dourada. O dispositivo tem 146.2 x 71.3 x 8 mm de dimensões e pesa 160 gramas. É todo construído em metal, em peça única, com umas linhas de antena na parte de trás que dão um ar interessante ao design.

Ainda na parte traseira, temos a câmera e o flash, em um espaço meio retangular, meio oval. Não tem nenhuma saliência, e é bom tomar cuidado para não riscar esse vidro.

Nas laterais, temos microfone, conector micro USB e entrada de fone de ouvidos ou microfone externo na parte de baixo. Em cima, nada, e no lado direito encontramos a saída de áudio e o botão de energia no lado direito, ficando os botões de volume e as gavetinhas de chip no lado esquerdo. São duas gavetas, com dois espaços para cartão nano SIM e outro para cartão micro SD.

Na parte da frente, que tem um vidro com curvatura 2.5D, encontramos a câmera, a saída de áudio para chamadas, os sensores de luz e proximidade e o flash frontal para selfies mais claras em ambientes escuros. Lá embaixo, temos o botão Home, com sensor biométrico no centro, e os botões voltar, à direita, e apps recentes, à esquerda.

A tela Super AMOLED tem 5,2 polegadas, com a proporção 16:9 e usa a resolução HD, com 720 x 1280 pixels, resultando em uma densidade aproximada de 282 ppi.

Temos aqui cores muito boas, com saturação em bom nível, contraste bacana e bom ângulo de visão. O brilho máximo para visualização em ambientes com muita luz tem boa nitidez, ficando à frente de concorrentes utilizados em nosso comparativo de telas, o Quantum SKY, Q6 Plus e Zenfone 4 Selfie pro.

Já o brilho mínimo para uso no escuro é um pouco mais alto que o concorrente da LG, mas mais confortável que os outros dois. O nível é muito bom para uso à noite.

Assim como todos os outros Galaxy, o J5 Pro traz algumas opções de ajustes para as cores, utilizando uma exibição adaptável como padrão, que permite fazer um ajuste no balanço de cores, reduzindo vermelho, verde ou azul. Há ainda outros três modos de tela: o cinema amoled, foto amoled e básico, que não permitem ajustes extras, mas dá para usar um deles para ver vídeos, fotos ou apenas uma exibição mais crua.

O áudio é bom para a faixa de preço do aparelho, e o destaque aqui vai para a posição do alto falante, em um local que dificilmente será coberto, seja navegando na internet ou mesmo ao jogar.

Hardware, desempenho e jogos

O J5 Pro tem em seu interior o mesmo Exynos 7870 que já vimos no J7 Neo. Esse chipset tem oito núcleos e chega ao clock máximo de 1,6GHz. A placa gráfica é a Mali-T830 MP2. São ainda 2GB de memória RAM e 32GB de armazenamento interno para complementar o hardware.

Nosso teste de velocidade, que você está vendo acelerado aí na tela, teve tempo total de 2min40s, com 1min18s para a primeira volta e 1min22s para a segunda. Todos os apps foram recarregados, por conta dos apenas 2GB de RAM.

Também passamos alguns testes de benchmark, que retornaram os seguintes resultados:

  • AnTuTu: 46.645 pontos;
  • GeekBench: 730 pontos (single-core), 3.654 (multi-core) e 2.335 pontos (GPU);
  • 3D Mark: 238 pontos (Sling Shot Extreme);
  • GFX Bench:
    • Manhattan 3.1: 1,7 fps (Quad HD off), 3,2 fps (Full HD off) e 7,4 fps (HD on);
    • T-Rex: 12 fps (Full HD off) e 20 fps (HD on).

Por fim, os jogos, para os quais utilizamos a ferramenta chamada Gamebench para medir a taxa de quadros por segundo enquanto jogamos. São seis títulos com uma análise bastante completa, graças ao pessoal do próprio aplicativo, que nos ofereceu uma conta premium. E os resultados foram:

  • Asphalt 8 - 26 fps
  • Asphalt Xtreme -30 fps
  • Clash Royale - 59 fps
  • Injustice 2 - 20 fp
  • Modern Combat 5 - 29 fps
  • Subway Surfers - 60 fps
Câmera

O Galaxy J5 Pro tem câmera principal de 13MP, com abertura f/1.7 e distância focal de 4mm. Na frente, o sensor tem a mesma resolução máxima, mas conta com abertura f/1.9 e distância focal de 3mm. Os dois sensores gravam vídeos em Full HD.

O app da câmera não tem nenhum segredo para quem conhece os dispositivos samsung, trazendo boa parte dos recursos já vistos no Galaxy S8. Ao deslizar para a direita, não importa em que orientação você segura o aparelho, dá para acessar os modos. Deslizando para a esquerda, filtros. Para cima ou para baixo, você troca entre os sensores frontal e principal.

O zoom é feito com um movimento de pinça na tela, ou deslizando o botão de captura, ao tocar e segurar. de resto, o app é bem minimalista. as maior parte das configurações estão no menu de ajustes, mesmo. O sensor traseiro tem um modo profissional, não presente nas selfies, que tem a opção de panorâmica.

As fotos têm qualidade razoável, mas era de se esperar mais de sensores com aberturas tão grandes. Com boa iluminação e um pouco de paciência, é possível tirar fotos incríveis, com alto grau de nitidez. O balanço de branco é bom, mas em alguns casos senti a falta de um pouco mais de saturação nas cores.

As imagens também ficaram um pouco mais escuras do que o esperado. Para ambientes com áreas muito claras e muito escuras, o melhor é ativar o modo HDR, deslizando para a direita e selecionando o HDR Vívido.

À noite, as imagens melhoram um pouco em comparação com os rivais Q6 Plus, SKY e Zenfone 4 Selifie Pro. Mas, no geral, as fotos do J5 Pro não conseguiram chamar muita atenção.

Já as selfies são o destaque nesse quesito. A lente com abertura f/1.9 faz um trabalho bem interessante, e acima dos concorrentes na mesma faixa de preço.

Bateria

A bateria é um dos grandes destaques do J5 Pro. São 3.000mAh em um dispositivo com tela de 5,2 polegadas em resolução HD e chipset econômico. Em nossa simulação de uso real, que inclui reprodução de vídeos e música, navegação na internet e redes sociais, chamadas de voz e jogos, o dispositivo chegou perto de 18h20 minutos, o que garante um dia inteiro fora da tomada.

Ou seja, se você tirar o aparelho às 7h da manhã, ele vai chegar a um nível crítico só depois da 1h da manhã. E isso com uso moderado a intenso. É bateria suficiente para não se preocupar. Foram quase 9 horas de tela ligada no teste.

O carregamento, infelizmente, não é dos mais rápidos. O adaptador padrão que acompanha o dispositivo levou 2h15 minutos para preencher a carga de 0% a 100%. Você consegue cerca de 55% da carga em 60 minutos. Veja todos os resultados de nosso teste:

  • Levou 2 horas e 15 minutos para o carregador padrão carregar a bateria de 0 a 100%. Com 1 hora na tomada você consegue 55% da carga interna.
  • Após 18 horas e 19 minutos o aparelho desligou em meio ao 13º ciclo de uso.
  • Durante o teste, o J7 Pro manteve a tela ligada por 8 horas e 57 minutos.
  • Realizamos 12 ciclos completos de testes que incluíram:
  • 72 minutos de navegação no Chrome;
  • 360 minutos de WhatsApp, Spotify, Music Player, Video Player e YouTube 72 minutos cada);
  • 72 minutos de jogos (Pokémon Go, Subway Surfers, Injustice, Asphalt 8, Modern Combat 5 e Candy Crush Saga);
  • 72 minutos de Facebook, Gmail e Google Maps (24 minutos cada);
  • 48 minutos de chamadas de voz via 3G;
  • O app que mais devorou bateria foi o Asphalt 8;
  • O app que consumiu menos bateria foi o MX Player;
  • A temperatura ficou entre 23 e 30°C.
Software

Temos aqui o Android 7.0 com a interface Samsung Experience 8.1 por cima, a mesma que encontramos no Galaxy S8, J7 Neo e outros dispositivos da Samsung lançados este ano ou atualizados para o Android Nougat há alguns meses.

A gaveta de apps é acessada ao deslizar para cima em qualquer parte da tela. Você pode configurar para descer a barra de notificações ao deslizar para baixo de qualquer ponto da tela inicial, ou deixar para acessar também a gaveta de apps, se preferir.

A grande novidade em software que esse dispositivo traz é o Dual Messenger, que te permite instalar uma espécie de cópia de alguns apps de redes sociais e mensageiros, como Facebook, WhatsApp e Skype, por exemplo. Assim, é possível usar duas contas desses serviços no mesmo aparelho.

E não vamos nos esquecer que esse aqui oferece o desbloqueio pela digital. é só encostar no botão home que a tela acende desbloqueada instantaneamente. Nem precisa apertar.

Prós e contras

Pontos positivos:

  • Design elegante, com acabamento metálico e posição do alto falante em local muito bom;
  • Tela. Mal dá para notar que a resolução é HD;
  • Desempenho, que ganha com a escolha da resolução mais baixa;
  • Assim como a bateria, que tem ótima autonomia;
  • Slots separados para dois nano SIM e um micro SD.

Pontos negativos

  • Câmera deixa a desejar;
  • Preço. Com mais 200 ou 300 reais de investimento, você leva o Galaxy A5 2017, por exemplo, que é ainda melhor em praticamente todos os aspectos.
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O preço caiu bem no varejo, mas há opções com desempenho melhor pouco mais caras no mercado.

Embalagem e características

Embalagem simples e elegante, acessórios bonitos, mas poderia ter um fone de ouvidos um pouco melhor.

Comodidade

O dispositivo é bastante confortável de segurar, mas um pouco pesado para segurar por muito tempo com uma só mão.

Facilidade de uso

Quem conhece os atalhos da Samsung Experience, vai se dar bem com o J5 Pro. Quem não conhece, aprende rápido.

Multimídia

A tela parece ter resolução melhor que 720p, o alto-falante está em posição praticamente impossível de ser abafado. Podia melhorar o brilho máximo e mínimo.

Votação Geral

Um dispositivo com muito mais prós do que contras. Considerando sua faixa de preço e proposta, um belo smartphone.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Samsung Galaxy J5 Pro