» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
1.829

Samsung Galaxy A70

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

O Galaxy A70 é o intermediário mais avançado da Samsung à venda no Brasil. Lá fora a empresa já lançou o A80. Por enquanto, se você busca o melhor da sul-coreana na faixa dos R$ 2 mil este seria a melhor aposta. Mas será que vale pagar isso tudo nele?

Abaixo você confere os pontos positivos e negativos do A70, além de uma breve comparação com o A50 e alguns rivais para que você veja qual vale mais o seu dinheiro.

Acessórios

A embalagem do Galaxy A70 é idêntica a dos demais modelos da linha M, o que muda é só a ilustração do aparelho na tampa. Além do celular, você receberá:

  • Carregador de 25W sem suporte a carregamento acelerado
  • Cabo USB no padrão C na duas pontas
  • Chavinha para abrir gaveta dos cartões SIM e microSD
  • Fone de ouvido básico
  • Guia do usuário

O A70 nacional não vem com capinha ou película de proteção na caixa, o que é uma pena já que no exterior até mesmo temos de brinde um cartão microSD de 128 GB na embalagem.

Design e construção

Todos os novos smartphones da linha A são feitos de plástico, e o A70 não é uma exceção. O seu design é bastante parecido com os modelos inferiores. O que muda aqui é sua gigante tela de 6,7 polegadas, que mesmo tendo bordas finas, ainda faz este aparelho ser muito grande.

O acabamento traseiro é liso e o celular pode escorregar fácil de sua mão, o que agrava o fato da Samsung não ter incluído uma capinha de proteção na embalagem do modelo vendido em solo brasileiro.

Ele chegou ao mercado apenas nesta opção em azul com tratamento de pintura bem interessante. Dependendo do ângulo que você olha verá tons de verde, vermelho e roxo.

Usá-lo com uma mão é uma tarefa complicada. A interface One UI da Samsung até ajuda, mas esticar o dedo até os extremos da tela exigirá um pouco de malabarismo.

O A70 é praticamente uma versão esticada do A50, trazendo o mesmo conjunto triplo de câmeras na traseira e leitor de digital sob a tela.

Usar a biometria na tela exige um pouco de treino. É preciso acertar o local perfeitamente ou a leitura da sua digital será lerda. O A70 conta com biometria facial, mas esta também demora um pouco para fazer o reconhecimento.

Tela e som

Esse celular é voltado para quem busca maior imersão e seu belo painel Super AMOLED realmente ajuda nisso. Ver filmes e jogar é prazeroso nessa tela grande que exibe cores vibrantes e bom nível de brilho.

Você tem 6,7 polegadas com resolução Full HD+ (1080 x 2400 pixels), o que resulta em 393 pixels por polegada. É uma densidade inferior ao de outros da linha Galaxy A, mas não será um problema para a maioria das pessoas. O vidro tem proteção Gorilla Glass 3, que é uma versão já bem defasada.

Quando no modo automático, a tela do A70 consegue alcançar brilho maior que a do A50 e todos os modelos recentes da Samsung que testamos. O alto-falante, por outro lado, não repete o mesmo feito. A qualidade é similar aos demais da linha, mas a potência do som fica abaixo do A50.

O fone de ouvido que vem na embalagem é confortável e entrega qualidade de som decente, desde que você não force o volume ao máximo ou perderá os graves.

Desempenho e jogos

Enquanto os demais modelos da linha Galaxy A que chegaram esse ano com hardware da própria Samsung, o A70 vem equipado com a plataforma Snapdragon 675, uma solução mais potente que aquela presente no A9 do ano passado.

Dos novos smartphones intermediários da Samsung, este é o mais rápido. Ele supera diversos outros aparelhos na mesma faixa de preço, mas ainda poderia ser melhor. O Galaxy A9, que tem hardware inferior, acabou entregando melhor desempenho.

Em benchmarks temos pontuação acima a de aparelhos com Snapdragon 660 e também do Exynos 9610 presente no A50. Em jogos, é onde o A70 decepciona. Em alguns títulos, como Asphalt 9 e Vainglory, notamos um pouco de lentidão. Realmente fica claro que falta otimização por parte do software.


Usamos a ferramenta Gamebench para medir o desempenho em alguns jogos:

  • Asphalt 8: 29 fps
  • Asphalt 9: 20 fps
  • Injustice 2: 60 fps
  • Modern Combat 5: 59 fps
  • PUBG Mobile: 30 fps
  • Subway Surfers: 60 fps
  • Vainglory: 42 fps
Câmera

Na traseira temos uma câmera de 32 MP acompanhada de uma secundária com lente ultra-wide e mais uma responsável apenas para desfocar o fundo de cenários.

Por padrão, a câmera do A70 captura fotos de 12 MP, mas você pode mudar para a resolução máxima aceita pelo sensor, desde que esteja disposto a abrir mão do HDR. Além disso, é preciso esperar alguns segundos a mais para a imagem ser salva.

Ter uma resolução tão grande pode atrair algumas pessoas que pensam que a câmera do A70 será superior à de outros com resolução mais baixa, mas a verdade é que este intermediário da Samsung não impressiona.

As fotos capturadas apresentam boa nitidez e há detalhes suficientes para um aparelho desse porte, mas já vimos resultados melhores. As cores e contrate, pelo menos, são muitos bons e o HDR funciona bem na maior parte do tempo.

A câmera de 8 MP já não entrega a mesma qualidade, então use a lente ultra-wide apenas quando não for possível enquadrar tudo com a câmera principal.

Câmera principal - câmera ultra-wide



Selfie normal - selfie modo retrato


Quando há pouca luz ou em cenários noturnos você terá fotos com baixo nível de detalhes e muitas vezes desfocadas. Você pode travar o HDR no manual para melhorar a exposição.

O A70 não tem modo noturno dedicado, o que compromete bastante o desempenho de sua câmera à noite. Usar a ultra-wide para fotos em locais mal iluminados não é recomendável.

A terceira câmera de 5 MP faz o seu devido trabalho e ajuda a obter ótimos resultados com modo retrato. Ele supera até mesmo alguns flagships, mas ainda tem suas falhas. Se a iluminação do local não for boa, as fotos tendem a sair borradas.

A frontal tem a mesma resolução da câmera principal e a qualidade entregue é muito próxima. O A70 registra selfies com bom nível de detalhes e balanço de cores equilibrado, mas exagera na exposição quando o modo retrato é usado devido à falta de HDR. O resultado é que temos fotos com fundo estourado, como o céu todo branco.

Ele grava vídeos em 4K e pode filmar com a lente ultra-wide, mas fica limitado à resolução Full HD. A falta de estabilização faz com que vídeos saiam tremidos, especialmente com a frontal. Mas o ponto que mais decepciona é o foco automático, sendo mais lerdo que os modelos mais baratos da linha.

Bateria

O A70 tem 4.500 mAh de bateria e entrega a melhor autonomia entre os modelos da linha A 2019. Ao tirá-lo da tomada no comecinho da manhã, você terá carga para usar até metade do dia seguinte. Em uso mais leve será preciso carregá-lo apenas a cada dois dias.

Resumo do nosso teste de bateria:

  • Foram necessárias 20 horas e 54 minutos para o dispositivo desligar.
  • A tela permaneceu ligada por 10 horas e 34 minutos.
  • Realizamos 14 ciclos completos de testes, incluindo:
    • 84 minutos de navegação no Chrome;
    • 420 minutos de WhatsApp, Spotify, PowerAmp, MX Player e YouTube (84 minutos cada);
    • 84 minutos de jogos (Pokémon Go, Subway Surfers, Candy Crush, Injustice, Modern Combat 5 e Asphalt 8);
    • 84 minutos de Facebook, Gmail e Google Maps (28 minutos cada);
    • 56 minutos de chamadas de voz via 3G/4G;
  • O app que mais consumiu foi o YouTube;
  • O app que menos consumiu foi o Subway Surfers;
  • A temperatura ficou entre 21° e 31°C
  • O consumo em standby ficou em 1% por hora

O carregador que acompanha tem potência de 25W com carregamento acelerado. Por mais potente que seja comparado até mesmo a celulares mais caros da linha Galaxy, ainda faz com que o A70 passe mais de 1 hora e meia na tomada.

Software

O Galaxy A70 vem com Android 9 Pie e interface One UI 1.1 da Samsung rodando por cima. Você encontra os mesmos recursos presentes nos demais aparelhos da linha Galaxy A e outras.

O software até flui bem, apesar de notarmos um pouco de falta de otimização em algumas partes, como em jogos. Mas você não verá lentidão ou travamentos com o Galaxy A70.

Rivais

Como falamos, o A70 é o mais rápido dos novos intermediários da Samsung e supera o P30 Lite e Mi 9 SE em velocidade. Esse modelo da Samsung também leva a melhor em bateria, rendendo mais de um dia longe de tomadas.

Ele não chega a ser tão rápido quanto o Galaxy A9 do ano passado, mas supera o A50 com folga. O seu maior ponto negativo fica para suas câmeras. Ele não entrega melhores fotos que o modelo mais barato da Samsung e fica atrás também dos rivais da Huawei e Xiaomi.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Cor diferenciada com efeito furta-cor
  • Ótimo desempenho no geral
  • Bateria rende o dia todo
  • Tela grande com belas cores

Pontos fracos

  • Qualidade sonora mediana
  • Desempenho em jogos abaixo do esperado
  • Câmeras decepcionam
  • Qualidade de construção
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O Galaxy A70 é até um celular bacana, mas seu preço está acima da concorrência.

Embalagem e características

Em alguns países o A70 vem com capinha, película e até cartão microSD de 128 GB de brinde. A versão nacional traz apenas o básico na embalagem.

Comodidade

O Galaxy A70 é muito grande. Mesmo que a One UI facilite o uso com apenas uma mão, ele acaba sendo mais desconfortável de usar que a maioria dos celulares que testamos.

Facilidade de uso

One UI traz vários recursos e tenta tornar o uso do A70 com apenas uma mão mais agradável, mas não faz tanta diferença aqui.

Multimídia

Tela gigante ajuda na imersão em filmes e jogos, mas a parte sonora poderia ser melhor.

Votação Geral

O Galaxy A70 entrega bom desempenho, sua bateria rende bem e ainda tem biometria na tela. Samsung apenas precisa melhorar a qualidade das fotos via atualização de software.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Samsung Galaxy A70