» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
5.399

Samsung Galaxy Note 10 Plus

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

Do Galaxy Note 8 para o Note 9 pouca coisa mudou e este ano Samsung decidiu dar mais atenção à sua linha premium e não trouxe apenas um novo smartphone, mas dois modelos com versões 4G e 5G.

Para aqueles que preferem um celular mais compacto há o Note 10, já para quem está familiarizado com as grandes dimensões da linha Note, temos o 10 Plus, sendo este o maior da série lançado até hoje. Claro que seu preço é tão exagerado quanto o seu tamanho. Será que vale investir nele ou é melhor economizar e ir no mais básico? É isso que você confere abaixo em nossa análise completa.

Acessórios

O Galaxy Note 10 Plus vem em embalagem preta com a S Pen estampada na tampa. A cor da caneta representa a cor do telefone que vem dentro. No caso da canetinha em azul, o modelo que você recebe é o Aura Glow, que é um prata degradê. Além do Note 10, na caixa você também encontra:

  • Carregador de 25W com suporte a carregamento acelerado
  • Cabo no padrão USB-C nas duas pontas
  • Fone de ouvido da AKG com conexão USB-C
  • Ponteiras para o fone em tamanhos diferentes
  • Manuais do usuário
  • Chavinha para abrir gaveta do cartão SIM
  • Ferramenta para trocar pontas da S Pen
  • Ponteiras de substituição da S Pen
  • Adaptador de USB-C para USB-A
  • Capinha de silicone

Samsung segue a mesma jogada da Apple em não oferecer adaptador para P2 na embalagem. O Note 10 Plus vem com película já aplicada na tela do aparelho.

Design e construção

As duas versões do Note 10 são quase idênticas, o que muda é a diferença de tamanho e a quarta câmera na traseira do Plus. O menos mede 151 x 71,8 mm, enquanto o Plus tem 162,3 x 77,2 mm. Os dois tem exatamente a mesma largura: 7,9 mm.

Esse que analisamos é o branco, mas também há opção em preto e uma versão mais chamativa chamada de Aura Glow, que tem acabamento furta-cor como visto no A70.

Ele segue a tradição de ser maior que o antecessor, mas mesmo que possua 0,4 polegada a mais de tela, a diferença nas medidas é pequena.

O leitor biométrico fica na tela e por este ser maior que o Note 10, acaba sendo mais prático acertar o dedo precisamente, o que reduz a chance de falhar.

O novo phablet premium da Samsung está mais fino e leve do que antes, mesmo trazendo uma bateria maior. O botão de energia fica agora do lado esquerdo no mesmo botão usado para a Bixby. É uma mudança que vai incomodar especialmente quem é destro.

As bordas foram reduzidas e o temos o mesmo furo na parte central no topo da tela do modelo menor. Também não há entrada P2 neste aqui, mas pelo menos o slot para microSD foi mantido.

Tela e som

Se em termos de design e qualidade de construção não há muitas diferenças entre os dois modelos, a tela do Note 10 Plus traz resolução superior à do Note 9, enquanto o Note 10 vem com painel Dynamic AMOLED apenas Full HD+.

A qualidade do painel usado pela Samsung é excelente, como já esperado. Você tem cores vívidas, brilho forte para usar o aparelho confortavelmente fora de casa, e ainda suporte a HDR10+. O salto não chega a ser tão grande comparado ao que temos no Note 9, que já tinha ótima tela.

Se você não curte a saturação exagerada por padrão, basta mudar o perfil de calibração nas configurações de tela. Lá também há configuração para regular a tonalidade do branco e temperatura das cores.

A parte sonora também se destaca com seus três alto-falantes... há um pequeno na parte superior ao lado da gaveta do microSD. O que pode incomodar alguns é a falta de entrada padrão para fones de ouvido, e o Note 10 Plus nem vem com adaptador na embalagem.

Pelo menos o fone da AKG com conexão USB-C entrega boa qualidade sonora aliado a conforto na medida certa. Mas caso queira mudar de fone terá que partir para uma opção Bluetooth.

Desempenho e jogos

O Note 10 Plus brasileiro vem com o mesmo Exynos 9825 presente no Note 10. Poderíamos esperar desempenho similar, mas o fato de ter 4 GB a mais de RAM faz com que este modelo mais caro seja mais rápido.

Isso acontece devido ao uso de inteligência artificial por parte da One UI, que identifica os 12 aplicativos mais usados pelo usuário para mantê-los pré-carregados na RAM. O Note 10 fica limitado a apenas quatro apps por vez.


Em benchmarks ter mais RAM não faz diferença e os resultados são similares entre os dois modelos, e apresentam uma diferença considerável para o Note 9.

A IA também promete otimizar o desempenho em jogos para reduzir o aquecimento e garantir a melhor fluidez o tempo inteiro. Nos jogos que testamos, o Note 10 Plus rodou tudo com o desempenho máximo que o Android permite.

Usamos a ferramenta Gamebench para medir o desempenho em jogos com o Galaxy Note 10 Plus:

JOGOS FPS
Asphalt 8 30
Asphalt 9 30
Injustice 2 30
Modern Combat 5 60
PUBG Mobile 40
Subway Surfers 60
Vainglory 60

Caso tenha interesse em testar o desempenho em jogos no seu Android, basta fazer o download do Gamebench via Play Store.

Câmera

A câmera extra do Note 10 Plus não traz diferença significa na experiência com fotos e vídeos. A qualidade fotográfica é a mesma do irmão menor. E comparado ao modelo do ano passado, a grande novidade mesmo fica para a lente ultra-wide.

Você registrará fotos com ótimo nível de detalhes e melhor reprodução de cores. Não há aqueles tons exagerados de antes e o balanço de branco está mais neutro, o que vai agradar quem curte editar as fotos antes de postar nas redes sociais.

A lente mais ampla registra muito mais do cenário sem comprometer a qualidade e até mesmo a teleobjetiva está melhor do que antes. O nível de zoom continua limitado a apenas 2x, diferente do que outras fabricantes já oferecem, mas a qualidade geral das fotos supera o Note 9 e até mesmo o S10 Plus.

Ultra-wide




Outro ponto que a câmera da Samsung vem melhorando é em cenários com pouca luz. O Note 10 Plus registra fotos com menos ruídos e com o modo noturno ligado temos imagens ainda mais limpas sem sacrificar os detalhes.

Claro, ainda está longe do que a linha Pixel entrega, mas agora não fica tanto atrás dos rivais da Huawei e supera com folga os últimos iPhones. Talvez isso mude com a chegada dos novos modelos da Maçã.

Modo noturno



Um ponto que o Note 10 Plus deveria ser superior ao modelo menor é no modo retrato. A câmera ToF seria responsável por medir a distância entre a pessoa e o fundo do cenário e fazer um desfoque mais realista. A verdade é que a diferença é mínima. Se você estava pensando em comprar o mais caro só por isso, pode economizar seu dinheiro.

A câmera frontal registra boas selfies e também possui modo retrato que pode ser ajustado até após a foto ser salva. Por ter apenas uma câmera na frente, o recurso acaba sendo mais limitado.

Efeito retrato


Filmadora sempre foi o forte da Samsung e o Note 10 Plus não decepciona. Ele possui dupla estabilização quando grava em 4K a 30 fps com a câmera principal. Se decidir filmar a 60 fps nesta resolução, terá apenas estabilização óptica que não elimina totalmente os tremidos. O mesmo acontece com a ultra-wide que só entrega a melhor estabilização ao gravar em Full HD.

Independente de qual resolução você escolha, terá vídeos com alto nível de detalhes, cores bem equilibradas, foco ágil e excelente qualidade sonora.

Bateria

Aqui temos uma bateria de apenas 300 mAh a mais do que antes e o resultado é que o Note 10 Plus entrega autonomia um pouco melhor que seu antecessor. A diferença é mais considerável para o modelo mais barato que fica no mesmo nível do S10 em autonomia.


O que importa é que é possível passar o dia fora de cara sem se preocupar em levar o carregador, mesmo que você abuse um pouco dele rodando jogos e vendo vídeos no YouTube. Mas não podemos negar que esperávamos autonomia melhor.


Mesmo que tenha processador mais econômico e bateria maior, o Note 10 Plus ainda rende menos que o S10 Plus, porém passa menos tempo na tomada. Ele precisa de pouco mais de 1h para preencher totalmente os seus 4.300 mAh.

Software e S Pen

Como não poderia ser diferente, o Note 10 Plus vem com os atuais Android Pie sob a interface One UI 1.5. Além dos recursos encontrados nos demais tops de linha da marca, temos algumas novidades interessantes, com destaque para a evolução da S Pen.

A canetinha está mais inteligente nesta geração e permite controlar a câmera do celular através de gestos. Samsung também aprimorou o poder de edição da S Pen, mas o grande marketing do produto está no AR Doodle. O que a novidade faz é usar realidade aumentada para criar desenhos em pessoas, como uma coroa ou óculos, e que até seguem seus movimentos com precisão. E não fica limitado apenas a fotos. Também é possível gravar vídeos com efeitos em tempo real.

É um recurso divertido que deve agradar os usuários mais ativos e brincalhões em mídias sociais. Outra novidade que chegou primeiro apenas no Note 10 Plus é o 3D Scanner, que usa o sensor ToF para escanear objetos e criar imagens tridimensionais. Nem sempre ele reconhece perfeitamente, mas pode ser bastante útil para quem trabalha com venda de produtos e quer ter um catálogo com imagens realistas, por exemplo.

Este recurso não está disponível no Galaxy Note 10, mas outros modelos Samsung com ToF também podem tirar proveito, como é o caso do Galaxy S10 5G e do A80, os demais nem encontrarão o aplicativo 3D Scanner na Galaxy Store.

Outra novidade do Note 10 e Note 10 Plus é o suporte nativo à DeX. Basta baixar o aplicativo para Windows e Mac e plugar o seu celular no PC via USB para ter acesso a notificações, apps e jogos sem precisar tocar no seu telefone. São as mesmas funcionalidades da DeX de antes, mas agora sem a necessidade de comprar o acessório.

Rivais

Note 10 Plus é melhor que os top de linha da concorrência? Ele entrega o mesmo nível de desempenho do OnePlus 7 Pro e supera demais Androids que testamos. Sua bateria poderia ser melhor e fica muito abaixo do que o P30 Pro entrega e até mesmo rende menos que o S10 Plus.

Em câmera, ele briga de igual com o P30 Pro e ganha com folga do iPhone XS Max. Se está em dúvida entre Samsung e Apple, vá no modelo coreano. Os dois estão no mesmo preço, mas o Note 10 Plus entrega melhor conjunto.

Pontos fortes e fracos

Pontos positivos

  • Tela de alta qualidade e brilho alto
  • Som potente e fone da AKG
  • Ótimo desempenho geral e para jogos
  • Câmeras de qualidade
  • 3D Scanner é um diferencial interessante
  • Bateria dura bem e recarrega rápido

Pontos negativos

  • Tamanho pode incomodar
  • Botão de ligar do lado esquerdo
  • Nem todos os recursos da S Pen são úteis
  • Preço muito salgado no lançamento
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O Galaxy Note 10 é o Android mais completo do momento, mas seu custo-benefício é inferior ao do S10 Plus.

Embalagem e características

Embalagem é bastante completa, só faltou vir o adaptador para P2.

Comodidade

O Note 10 Plus é ainda maior que o Note 9 e por ser de vidro ele escorrega fácil. Usá-lo com apenas uma mão será complicado.

Facilidade de uso

Samsung One UI entrega bons recursos e ainda tem os diferenciais da S Pen. Mas pelo preço que a fabricante pede nele deveria ser mais rápido.

Multimídia

Tela gigante com brilho alto e suporte a HDR10+. O som também é potente e de alta qualidade, só faltou ter entrada P2.

Votação Geral

O Galaxy Note 10 Plus é o melhor Android que você deve comprar... mas apenas em 2020 quando estiver pela metade do preço.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Samsung Galaxy Note 10 Plus