» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
6.299

Samsung Galaxy S22 Plus 5G

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

Depois de analisarmos o Galaxy S22 Ultra, temos em mãos a versão do meio que busca entregar o custo-benefício mais equilibrado da linha. O S22 Plus não é apenas uma versão esticada do S22 padrão, aqui temos alguns refinamentos que o deixam mais perto do modelo mais caro da Samsung. E com isso surge a pergunta: será que ele é a melhor compra? Vamos descobrir.

Acessórios

A Samsung decidiu seguir os passos da Apple e removeu boa parte dos acessórios na linha S21.O S22 Plus continua com caixa compacta e traz apenas o básico, mas você pode solicitar o carregador de 25W no site da Samsung. O que vem na caixa?

  • Cabo USB no padrão C em ambas as pontas
  • Chavinha da gaveta do cartão SIM
  • Guia do usuário
Design e construção

Um ponto em que o S22 e S22 Plus têm em comum é o design. Diferente do Ultra que é mais retangular e com bordas curvas, os demais da linha são planos na frente e traseira e possuem um visual bastante parecido com a linha S21. O que muda são as medidas e o peso, o que faz o Plus não ser tão compacto e confortável de usar.

O acabamento é o mesmo entre os três modelos, diferente do ano passado que o mais barato veio com traseira em plástico. Aqui temos estrutura de metal reforçado com vidro Gorilla Glass Victus Plus dos dois lados, sendo fosco na traseira para acumular menos marcas de dedo e passar uma impressão de requinte. E nesta geração, a Samsung adota alguns componentes internos feitos de plástico reciclado extraídos de oceanos.

O S22 Plus compartilha das mesmas cores do S22 padrão e aqui no Brasil temos quatro opções para escolher entre branco, preto, rosê e verde. O tom de vinho ficou exclusivo para o Galaxy S22 Ultra. O bloco das câmeras segue feito em metal, mas ele não é mais integrado à borda como na geração anterior e agora é uma peça separada colada na traseira.

A parte frontal segue com furo centralizado para a câmera de selfies e as bordas, especialmente a inferior, estão mais finas, o que garante um maior aproveitamento frontal para a tela. O leitor biométrico segue localizado sob o painel e responde rapidamente ao encostar seu dedo na tela.

Os botões de energia e volume estão localizados na lateral direita, enquanto na parte inferior há a gaveta para dois chips, a entrada USB-C, o alto-falante principal e um microfone. No topo, há apenas um segundo microfone para captura de áudio estéreo.

Na parte de conectividade temos de novidade apenas a versão do Bluetooth que evoluiu para a 5.2 comparado ao antecessor. Wi-Fi de sexta geração, NFC e conectividade 5G continuam presentes. É uma pena que o suporte a carregamento sem fio continue limitado a apenas 15W.

Tela e som

A tela encolheu nesta geração passando de 6,7 polegadas para 6,6 polegadas. Ela está menos esticada, o que faz o S22 Plus ser um pouco mais largo. A resolução Full HD+ foi mantida, então se esperava por uma tela Quad HD terá que investir no S22 Ultra. Pelo menos a Samsung caprichou mais no painel do modelo do meio e o S22 Plus tem brilho tão forte quanto o mais caro da linha.

Além disso, o Plus também compartilha da tecnologia Vision Booster estreada no S22 Ultra. Ela consiste em analisar a luz do ambiente para ajustar gama e saturação, o que aprimora a visibilidade em locais abertos. O painel de 120 Hz também evoluiu e agora consegue reduzir a velocidade para menos de 60 Hz quando necessário para economizar bateria.

O S22 Plus usa o alto-falante de chamadas para entregar som estéreo. Por ser menor que o alto-falante principal, temos um som desbalanceado, mas que não atrapalha a experiência. Os graves saem nitidamente na parte inferior do aparelho, enquanto na parte superior vemos os agudos se destacarem. A potência é boa e está acima do S21 Plus, além de ter graves mais nítidos.

Ele não fica devendo para o S22 Ultra em potência ou qualidade sonora, mas fica um pouco abaixo da linha iPhone 13. Há suporte a Dolby Atmos com vários perfis para escolher, incluindo um dedicado para jogos.

Desempenho

A essa altura você já deve saber que a linha Galaxy S22 veio para o Brasil com Snapdragon 8 Gen 1 e não o Exynos 2200. Por mais que isso tenha deixado alguns animados, a verdade é que o novo hardware da Qualcomm vem causando decepções e o S22 Plus é mais um caso.


Em nosso teste de velocidade focado no multitarefas, o S22 Plus levou o mesmo tempo do seu antecessor com Exynos 2100 para abrir e reabrir uma dúzia de apps e jogos. Os dois possuem a mesma quantidade de RAM, então a memória não foi um fator limitante aqui. Sem falar que o novo já vem por padrão com 4 GB de RAM virtual para aprimorar o multitarefas.

Em benchmarks, por outro lado, temos um salto considerável entre gerações. No AnTuTu temos o S22 Plus chegando próximo dos 800 mil pontos, enquanto o antecessor fica abaixo dos 600 mil. Em jogos, não temos do que reclamar do desempenho, onde mesmo os games mais pesados rodam na qualidade máxima com excelente fluidez. O que pode incomodar alguns é o alto aquecimento do Snapdragon 8 Gen 1 em longas sessões de jogatina. Sem falar que a bateria voa rápido ao jogar.

Bateria

Com a redução nas medidas do aparelho também tivemos uma perda na capacidade da bateria que caiu de 4.800 para 4.500 mAh e como isso impacta a autonomia? Por mais que a tela consiga reduzir a velocidade para compensar o consumo, o S22 Plus ainda rendeu menos que o seu antecessor em nosso teste.


A diferença foi pequena, então não precisa ficar preocupado. Ele também ficou perto da autonomia entregue pelo S22 Ultra, por mais que o modelo mais avançado venha com 500 mAh extras. Outro ponto em comum entre os dois modelos é o suporte a carregamento de 45W, mas nem se anime já que ambos tiram pouco proveito disso.


De qualquer forma, o S22 Plus demora um pouco menos para recarregar com o carregador padrão de 25W da Samsung. Ele leva 59 minutos para ir de 0 a 100% e recupera 33% com 15 minutos de carga e 68% com meia hora na tomada. É um pequeno avanço comparado ao S21 Plus, mas esperávamos bem mais.

Câmeras

Outro ponto em que o Plus fica abaixo do Ultra é no conjunto fotográfico. Aqui não temos o poderoso sensor de 108 MP e nem o zoom óptico de 10x. A câmera principal do S22 Plus traz um novo sensor de 50 MP da Samsung, enquanto a teleobjetiva teve a resolução reduzida de 64 MP para apenas 10 MP, mas agora conta com zoom óptico de 3x. Por fim, temos a ultra-wide de 12 MP, a mesma do modelo anterior e não possui foco automático como no S22 Ultra.

Apesar de não ter um sensor tão grande, o S22 Plus não fica atrás do Ultra em qualidade fotográfica. Talvez se você ampliar as fotos verá que pontos distantes do cenário não possuem a mesma nitidez, mas no geral é um aparelho capaz de registrar ótimas fotos sem exagerar no contraste e acertando no alcance dinâmico.

Zoom



O software ainda precisa de alguns ajustes e isso tende a acontecer com o tempo, mas o que notamos inicialmente é que o pós-processamento está muito agressivo em tentar eliminar ao máximo os ruídos de partes escuras das fotos, o que suaviza demais as sombras e destrói um pouco dos detalhes.

O que mais impressiona no novo conjunto é a câmera teleobjetiva. O zoom óptico de 3x é muito superior ao híbrido do S21 Plus e temos fotos mais nítidas e sem cores desbotadas como antes. Podemos dizer que compete de igual com o zoom de 3x do S22 Ultra, mas ao ampliar para 10x, terá fotos mais suavizadas, já que aqui entra o processo de ampliação via software. Mesmo com o zoom máximo de 30x temos fotos mais nítidas do que antes.

Principal | Ultra-wide




A câmera teleobjetiva também é usada para gerar o desfoque de fundo e este é outro ponto que evoluiu nesta geração. Não apenas o efeito é mais nítido com aspecto profissional, como também faz um bom trabalho mesmo em cenários mais complexos.

A câmera ultra-wide foi a única que não sofreu evolução desde a geração passada. É o mesmo sensor do S21 Plus e a qualidade das fotos capturadas é similar. De qualquer forma, a câmera mais ampla do S22 Plus registra ótimas fotos com cores próximas da câmera principal. Só ficou faltando foco automático para ajudar nas macros.

Macro


Desfoque



O S22 Plus também supera seu antecessor em fotos noturnas. A Samsung vem promovendo a nova linha como a melhor para fotografar à noite e realmente concordamos que a coreana se esforçou, apesar de ainda haver margem para melhorias. De qualquer forma, temos fotos mais limpas com menos ruídos e nitidez superior. O melhor de tudo é que o modo noturno é ativado automaticamente nas três câmeras.

Noturno



A frontal traz o mesmo sensor de 10 MP da geração anterior, e assim como a ultra-wide não vimos uma evolução na qualidade das selfies, o que já era esperado. Isso não chega a ser ruim diante do fato do S22 Plus registrar fotos nítidas, com tom de pele correto e caprichar no desfoque de fundo.

Selfies



O top coreano é capaz de filmar em 4K a 60 fps com todas as câmeras, enquanto a principal vai além ao capturar vídeos em 8K a 24 fps. A resolução mais alta é praticamente descartável, já que a diferença na qualidade é pequena e consome muito mais armazenamento.

Todas as câmeras gravam vídeos com ótima qualidade, apenas a frontal que sofre com excesso de ruídos em locais escuros. A estabilização óptica é muito eficiente ao eliminar os tremidos, o foco é ágil e a captura de áudio é limpa. Há a opção de desfocar o fundo em vídeos e está muito mais eficiente do que antes.

Software

O S22 Plus vem com Android 12 de fábrica modificado pela One UI 4.1. A Samsung garante quatro atualizações do Android com cinco anos de updates de segurança. No momento em que testamos, ele havia acabado de receber o patch de abril. Nesse ponto a coreana bate as demais fabricantes.

Porém é no software que o S22 Plus se distancia do Ultra por falta de suporte com a S Pen. O modelo mais caro vem com a canetinha que aprimora a produtividade, mas fora isso terá os mesmos recursos presentes na One UI 4.1.

O Android modificado da Samsung é cheio de funcionalidades e entrega desempenho ágil no S22 Plus. Há o Dex, várias opções de customização e atalhos.

Rivais

E os demais do segmento? O seu maior rival é o iPhone 13 Pro. O modelo da Apple é mais ágil no multitarefas e sua bateria até dura um pouco mais. Em compensação, passa muito mais tempo na tomada. Em câmera temos uma briga séria entre Samsung e sua grande rival, mas podemos dizer que o S22 Plus vence no conjunto traseiro, enquanto o iPhone ganha com a frontal.

Há também o Edge 30 Pro da Motorola que vem com o mesmo Snapdragon 8 Gen 1 e foi mais rápido em nosso teste de velocidade. Sua bateria dura um pouco a mais e recarrega mais rápido. Ele tem tela de 144 Hz para fluidez superior e também vem com câmera de 50 MP, mas é aqui onde come poeira para a Samsung.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Belo design com boa resistência
  • Tela com brilho forte
  • Som estéreo potente
  • Boa autonomia de bateria
  • Boas câmeras

Pontos fracos

  • Desempenho abaixo do esperado
  • Tempo de recarga poderia ser melhor
  • Poucas mudanças comparado ao antecessor
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O custo-benefício do Galaxy S22 Plus é mais interessante que os demais da linha

Embalagem e características

Galaxy S22 Plus não vem com carregador, capinha ou fone de ouvido

Comodidade

O Galaxy S22 Plus é mais compacto que seu antecessor, mas ainda é um celular escorregadio

Facilidade de uso

É a mesma One UI já conhecida com bom nível de desempenho

Multimídia

Tela excelente e som potente garante ótima experiência multimídia

Votação Geral

É um bom celular no geral, mas poderia ser mais ágil no multitarefas e tirar benefício do carregador de 45W

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Samsung Galaxy S22 Plus 5G