» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
1.759

Samsung Galaxy A33 5G

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

Ano passado tivemos duas versões do Galaxy A32 e a 5G era a menos interessante delas. Agora em 2022, a Samsung trouxe apenas um modelo que tem tudo o que as duas versões de antes tinham de melhor e ainda recebeu alguns upgrades como resistência à água, processador mais potente e câmera frontal que grava em 4K. Será que isso faz o A33 a melhor escolha dos novos intermediários da Samsung? Vamos descobrir.

Acessórios

O Galaxy A33 5G vem em embalagem convencional da Samsung com uma ilustração do aparelho na parte superior. Além do celular, você recebe os seguintes acessórios:

  • Carregador de 15W de potência
  • Cabo USB no padrão C
  • Chavinha para abrir a gaveta do SIM/MicroSD
  • Manual do usuário
Design e conectividade

O A32 se diferenciava dos irmãos por não ter bloco para câmeras e trazer design mais minimalista que vemos atualmente no Galaxy S22 Ultra. Isso faz com que o A33 fique mais parecido com o A53 e A73, se diferenciando pela parte frontal que neste ainda traz entalhe em formato de gota e não um furo para a câmera de selfies como os demais.

O A33 chegou ao Brasil nas cores azul, preto, branco e rosé. É um celular com acabamento todo em plástico e com traseira com textura fosca para evitar acúmulo de marcas de dedo. Há bordas curvas que deixam a pegada mais confortável, enquanto a tela continua com vidro Gorilla Glass 5 para proteção contra riscos e impactos.

A Samsung deixou o seu intermediário mais compacto ao reduzir as bordas e também ficou mais fino sem comprometer a bateria graças à remoção da entrada para fones de ouvido. Isso ajuda a deixar o A33 mais leve, o que acaba contribuindo para uma experiência mais confortável.

A gaveta híbrida para dois chips e microSD fica no topo ao lado de um dos microfones, enquanto o segundo está na parte inferior próximo da entrada USB-C e alto-falante principal. Na lateral direita encontramos os botões de energia e volume, enquanto o leitor biométrico segue na tela e responde rapidamente, apesar de não ser dos mais precisos.

Na parte de conectividade temos apenas evolução na versão do Bluetooth que agora é a 5.1. O Wi-Fi continua na versão AC para suporte a redes 5 GHz, há NFC e 5G.

Tela e som

A Samsung manteve a tela Super AMOLED de 90 Hz do Galaxy A32 4G e não a versão LCD de 60 Hz da variante 5G do ano passado, o que foi uma escolha acertada. Com isso, temos brilho forte, cores vibrantes e belas imagens na tela do A33 5G.

O painel tem duas opções de velocidade, então é preciso escolher fluidez ou economia de bateria. Não há suporte a HDR10 nativamente, então não espere ver filmes e séries nos serviços de streaming com o máximo de qualidade. De qualquer forma, a tela do A33 entrega experiência condizente com a sua categoria.

Se a tela não evoluiu, pelo menos a parte sonora recebeu mais atenção por parte da Samsung. Agora temos áudio estéreo no A33, algo que fez falta no antecessor. O alto-falante de chamadas atua como canal secundário e entrega bom equilíbrio entre graves, médios e agudos. A potência sonora está melhor do que antes, mas fica abaixo dos demais da linha.

Desempenho

O A33 5G vem equipado com o novo Exynos 1280, que também está presente no A53 5G. Ele substitui o Helio G80 do A32 4G e o Dimensity 720 do A32 5G. Em ambos os casos, temos um hardware mais potente em processador e chip gráfico. Em nosso teste de velocidade focado no multitarefas tivemos bom desempenho, sendo mais ágil que ambas as versões anteriores.


Em benchmarks também temos números maiores, o que mostra que o novo Exynos está bem posicionado no segmento para enfrentar rivais com hardware da Qualcomm e MediaTek. No AnTuTu deu uma diferença de mais de 100 mil pontos.

E jogos? Não espere ver tudo rodando na qualidade gráfica máxima, ainda mais acima de 60 fps. No Call of Duty e PUGB é possível jogar no médio com filtros desativados para ter um bom desempenho.

Bateria

A bateria de 5.000 mAh continua presente, por mais que o novo esteja mais fino. A boa notícia é que a autonomia ainda é um ponto forte no intermediário mais acessível da Samsung, com o Galaxy A33 rendendo o dia todo com folga.


O A33 recebeu upgrade na capacidade de carregamento e agora suporta até 25W de carga, mas ainda vem com carregador de 15W na caixa. Pelo menos se você quiser acelerar o tempo e esperar menos, terá esta opção.


A bateria demora 1 hora e 45 minutos para ir de 0 a 100%. Com 15 minutos na tomada terá 16% recuperados e 31% com meia hora.

Câmeras

O conjunto fotográfico do Galaxy A33 5G é o mesmo do A32 5G. Temos apenas pequenas melhorias como a inclusão de estabilização óptica e a possibilidade de filmar em 4K com a frontal. Sendo assim, o quarteto traseiro é formado por câmera de 48 MP, ultra-wide de 8 MP, macro de 5 MP e de profundidade de 2 MP. A frontal é a mesma de 13 MP de antes.

O A33 manda bem em fotos e apesar de exagerar um pouco na saturação, consegue capturar muitos detalhes dos cenários, traz tom de branco equilibrado e contraste sem exagero. Também consegue reduzir bem os ruídos, mas isso acaba interferindo em fotos em locais com muita vegetação.

Principal | Ultra-wide




É bom ver que você não será penalizado ao usar a ultra-wide para ter fotos mais amplas, apesar da nitidez ser inferior por conta do sensor mais fraco. De qualquer forma, cores, brilho e contraste estão a par da câmera principal. Há queda considerável ao usar esta câmera à noite, mas ainda é possível ter boas fotos. No geral, o A33 é um aparelho capaz de fotografar bem em locais mais escuros com a ajuda do Modo Noturno.

Noturno


A macro não tem nada de especial e até consegue registrar boas fotos quando você acerta a distância focal. Como não há foco automático, será preciso ter um pouco de paciência. A câmera de profundidade faz bem seu trabalho e ajuda a principal a registrar fotos detalhadas dando destaque ao que está em primeiro plano.

Macro


Desfoque



A frontal faz boas fotos com muitos detalhes e desfoque correto do fundo. As cores saem um pouco saturadas, mas muitos acabam curtindo. Selfies noturnas perdem um pouco a nitidez, então tente evitar ficar longe de uma boa fonte de luz.

Selfies



Todas as câmeras gravam em Full HD, enquanto a principal na traseira e de selfies conseguem ir até 4K a 30 fps. Há estabilização óptica apenas na câmera de 48 MP, enquanto o software também estabiliza a imagem ao filmar em Full HD. A qualidade de gravação é boa, o foco é ágil e a captura de som estéreo é limpa e sofre pouco com ruídos.

Software

O Galaxy A33 é mais um da Samsung a chegar ao mercado com Android 12 modificado pela One 4.1. Curiosamente, quando o testamos ele estava com versão mais recente do pacote de segurança comparado ao A73. Parece que o modelo maior é sempre o mais negligenciado, como também acontece com o A72 que recebe atualizações por último.

O importante é que o A33 faz parte do seleto grupo de aparelhos da coreana que será contemplado com quatro atualizações do Android e cinco anos de updates de segurança. A interface flui bem e traz os mesmos recursos que encontrará nos outros intermediários da marca.

Rivais

O Galaxy A33 5G é um celular bacana, mas como ele se sai contra intermediários de outras marcas?

O Poco X4 Pro pode ser encontrado na mesma faixa de preço via marketplace. Ele possui tela de 120 Hz, tem som estéreo mais potente, perde em desempenho e ganha em bateria e tempo de recarga. O da Xiaomi tem câmera de 108 MP, mas não supera o A33 em qualidade fotográfica.

O realme 9 Pro Plus também seria uma boa alternativa. Ele também possui tela AMOLED de 90 Hz e som estéreo, peca em desempenho e bateria, mas ganha em tempo de recarga. Suas câmeras são boas e conseguem competir com o da Samsung, especialmente em cenários noturnos.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes:

  • Boa tela Super AMOLED de 90 Hz
  • Ótima autonomia de bateria
  • Boas câmeras
  • Software com bom suporte

Pontos fracos:

  • Entalhe de gota
  • Tempo de recarga
  • Potência sonora
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O preço de lançamento é bastante salgado e há opções mais interessantes no mercado

Embalagem e características

Nada de capinha de proteção ou fone de ouvido na embalagem

Comodidade

O Galaxy A33 é mais escorregadio que outros intermediários da empresa e não vem com capinha na caixa

Facilidade de uso

É o mesmo Android com One UI presente em outros da marca

Multimídia

Tela AMOLED com brilho forte e bom som estéreo

Votação Geral

O Galaxy A33 mostra uma boa evolução comparado ao seu antecessor

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Samsung Galaxy A33 5G