» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
1.683

Sony Xperia M5

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral
Introdução e unboxing

Não pela primeira vez, a Sony resolveu mostrar o que tem preparado para o crescente mercado de smartphones com poder de fogo de sobra para selfies. Primeiro foi o Xperia C5 e agora temos o Xperia M5, mas que não aposta em um hardware de médio desempenho e adota um Helio X10 da MediaTek, com 3 GB de memória RAM e a proposta de ser quase um topo de linha, mas em um patamar um pouco inferior - além de trazer TV digital de alta definição, finalmente abandonando o 1Seg que estava nos modelos anteriores.

A caixa é larga, muito mais larga do que precisava ser e apresenta alguns recursos do aparelho na parte inferior, com a foto do celular na frente. Abrindo o pacote você encontra o celular, cabo de dados USB, carregador de tomada e uma pequena antena para melhorar a captura de sinal dos canais de TV aberta que estão na sua cidade - a marca nipônica fez como alguns concorrentes e resolveu abandonar o fone de ouvido.

Parte externa

Do lado de fora temos quase que o mesmo visual que você já viu na linha Xperia Z, só que com algumas economias estéticas. A principal delas é que este modelo não vem equipado com bordas de alumínio, mas utiliza plástico bastante firme e metal nos cantos para absorver impactos. A traseira continua de vidro e ela adora as marcas que seus dedos vão deixar. Ela ama. Na frente está a tela IPS LCD de 5 polegadas, com resolução Full HD, densidade aproximada de 441 pixels por polegada e que ocupa quase que 66% da frente do celular. A exibição de cores e detalhes é bastante grande, com ótima nitidez e pouca distorção de tons em ângulos maiores. Ainda na frente ficam os alto-falantes (que não reproduzem áudio estéreo. Mancada, Sony!), sensores de luz, proximidade e uma enorme câmera frontal de 13 megapixels, com abertura de f/2.0.

Do lado direito ficam os botões de controle de volume e liga/desliga, junto de um específico para tirar fotos e acionar a câmera. Do outro lado estão as entradas para microSD de até 200 GB e o chip da operadora, dois deles. Abaixo está o microfone e entrada microUSB, com entrada para fones de ouvido na parte superior. A traseira exibe a lente da câmera de 21.2 megapixels, com abertura f/2.2 e que é capaz de filmar em 4K em até 30 quadros por segundo - ah, existe um flash também, em uma única lâmpada LED.

A bateria não pode ser acessada e conta com 2.600mAh, que alidada ao ótimo gerenciador de energia, oferece aproximadamente um dia inteiro de uso moderado. Utilizei o celular durante a manhã, tarde e noite, com a bateria chegando no fim do dia com aproximadamente 20% de carga restante - é o suficiente para ir até o bar, beber umas com os amigos e voltar para colocar o smartphone na tomada. Ah, o Xperia M5 conta com proteção contra água e poeira, na certificação IP65 e IP68. Isso significa que ele pode mergulhar em água doce por até 30 minutos e em um metro de profundidade.

Dimensões, pegada e peso

A Sony sabe como criar um smartphone bastante bonito, com visual chamativo e sóbrio. O problema é que faz tempo que ela esqueceu do conforto da pegada, pois seus aparelhos são grandes, não encaixam bem nas mãos e trabalham com ângulos muito retos. No Xperia M5 não é diferente e seus 14,5 centímetros de altura, com 7,2 centímetros de largura e 0,7 centímetro de espessura deixam claro que ele vai marcar uma calça mais apertada, mas que consegue ser fino para não deixar o volume tão aparente assim.

Desempenho do Android

No Xperia M4 Aqua a Sony apostou em um hardware mais mediano e não queria fazer bonito com um desempenho que chega bem próximo aos aparelhos topo de linha. Por aqui a história muda e também a fabricante do processador. No Xperia M5 você encontra um Mediatek MT6795 Helio X10 rodando oito núcleos em 2 GHz, acompanhados de 3 GB de memória RAM, GPU PowerVR G6200 e 16 GB de memória interna. Tudo no aparelho roda bem, as animações são fluidas, as transições de tela acontecem sem qualquer engasgo e isso ocorre até quando há muitos apps abertos ao mesmo tempo.

O launcher escolhido pela Sony foca bastante em uma experiência multimídia, já que ficam destacados apps de músicas, vídeos e fotos, com direito ao widget que cria um leque das últimas fotos salvas na galeria. Diferente de outros fabricantes, esta customização tende a não utilizar tanto do hardware e isso é um ponto extremamente positivo. Uma das melhores modificações para a experiência de uso do aparelho está na parte de atalhos do Android Lollipop, que pode ser alterada e editada de acordo com sua vontade. Isso significa que se, por exemplo, você não usa o NFC para nada, é só remover o atalho e adicionar outro que você utiliza mais, como ligar e desligar a sincronia de dados ou então ligar o modo de economia de energia.


Outras duas alterações ficam por conta de temas que podem mudar quase que tudo do aparelho e a lista de aplicativos, que exibe uma barra de ferramentas lateral que permite reorganizar os apps, desinstalar alguns, filtrar para exibir apenas os apps que você baixou e até há uma lupa, que serve como busca para encontrar algum app específico. É possível ainda criar pastas dentro desta grade de apps, o que organiza ainda mais os apps.

Uma função bacana e nova por aqui está no botão de liga/desliga e permite que você grave um vídeo da tela, o que é perfeito para dar alguma dica de como acionar certo recurso em um celular de seu amigo. Outro tipo de usuário que pode tirar bom proveito deste recurso é o gamer que tem um canal de vídeos de gameplay. Basta começar a gravar o vídeo e depois enviar para sua ferramenta preferida, seja ela o YouTube, Vimeo, Facebook ou qualquer outro. Dá para alterar a qualidade de gravação, inserir áudio do microfone e até ligar a câmera frontal e mostrar seu rosto enquanto filma.


Por fim, um modo de energia bastante inteligente é capaz de fazer o aparelho durar até dois dias fora da tomada e sem muito sacrifício de seu uso. Nele é possível selecionar qual app terá acesso ao update em segundo plano e até definir intervalos de tempo em que os dados em segundo plano serão enviados - é necessário ficar atento ao detalhe de que com dados em segundo plano desativados, você deixa de receber mensagens em apps como WhatsApp enquanto não abrir o aplicativo.

A lista de apps pré-instalados é grande e há alguma coisa que você pode nunca abrir, que continua ocupando espaço na memória interna mesmo após a desinstalação - o apk, instalador de apps do Android, continua na memória interna, mesmo depois de ser desinstalado. Por aqui temos o AVG Pro, gravador de áudio, Crackle (concorrente do Netflix, só que de graça), Smart Connect, Suporte Sony, TrackID, Twitter, Xperia Lounge, PlayStation, app de desenhos, editor de vídeos e uma grande quantidade de jogos pré-instalados - muito mais do que seria justo ter.


Há também o app de TV digital, que é capaz de gravar a programação, agendar uma gravação para o futuro e que exibe os canais encontrados em uma grade que lembra - BASTANTE - os blocos dinâmicos do Windows Phone, ou até mesmo os blocos que estão no menu iniciar do Windows 8.1/10.

Se você gosta de benchmarks, aqui vão alguns resultados:


Jogos

Este é outro ponto de evolução da linha Xperia M. O M5 consegue resultados muito superiores ao que vi no M4, deixando bem próximo (próximo demais) da linha Z. Testei o Real Racing 3, que conseguiu rodar com os gráficos no máximo e não apresentou travamento algum, ou diminuição na taxa de quadros por segundo - mesmo quando existiam diversos carros na mesma cena. Outros jogos pesados, como Asphalt 8, Mortal Kombat X e Modern Combat 5, rodaram tão bem como o Real Racing 3.

Câmera

Um dos pontos bem bacanas do Xperia M5 é que a Sony é uma das únicas fabricantes que ainda utiliza botões dedicados para a câmera. Isso é ainda mais vantajoso quando você tem um smartphone que pode mergulhar, situação em que a tela de toque fica desativada (a água é interpretada como um toque em toda a superfície, seria como querer tocar no ponto onde seu dedo já está tocando). O sensor de imagens é de 21,2 megapixels e lida bem com imagens com boas condições de luz, mas que não sabe trabalhar direito com diferenças de luz. Olhe no exemplo das ruas de noite, onde o chão perdeu a textura áspera que tem (ele não é assim), enquanto o restante está bastante iluminado. Além disso, luzes mostraram muito reflexo nestas fotos.

As selfies, bem, ficam muito boas e com resolução de sobra para colocar mais detalhes. A lente é de grande angular, o que faz caber mais amigos na mesma fotografia.

Pontos fortes e pontos fracos

Pontos fortes

  • Câmera frontal de boa qualidade
  • Processador Helio X10 é mais potente do que parece
  • Câmera traseira com ótimos resultados
  • Acabamento em plástico não aparenta fragilidade nas bordas

Pontos fracos

  • Preço, mais uma vez, caro demais e próximo da linha Xperia Z, que é melhor em todos os pontos
  • Cadê o fone de ouvido, Sony?
  • Câmera frontal tem lente grande demais
  • Dois alto-falantes frontais para usar um pequenino na parte inferior
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O custo deste smartphone é alto demais e está até superior ao que custa o Xperia Z3+ em algumas lojas. Este modelo é esquentadinho, mas entrega pontos melhores em todos os quesitos e ainda pode custar menos. Se você é amante da Sony, olhe os modelos de 2015 da linha Xperia Z, antes de comprar o Xperia M5.

Embalagem e características

Sony, pra quê todo esse tamanho de caixa e que nem entrega o fone de ouvido?

Comodidade

Aparelhos da Sony não trabalham bem o conforto da pegada e o Xperia M5 não é diferente.

Facilidade de uso

Muitas dicas de uso em várias funções, recursos e ferramentas.

Multimídia

Processador Helio X10 tem poder de fogo de sobra para qualquer jogo pesado e muito filme em alta definição.

Votação Geral

Custando mais que alguns aparelhos da linha Xperia Z, que é melhor em todos os sentidos, não é inteligente a compra deste modelo. Ele ganha apenas na selfie, que é um extra pequeno demais para justificar sua escolha.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Sony Xperia M5