» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
2.599

Sony Xperia XZ Premium

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral
Introdução e unboxing

O Xperia XZ Premium é o segundo smartphone da Sony com tela 4K Ultra HD. Ele foi lançado em junho deste ano e chegou como o sucessor do Xperia Z5 Premium. E como o nome sugere, ele vem para entregar tudo o que a Sony tem de melhor a oferecer aos consumidores. No entanto, algumas escolhas tomadas pela fabricante japonesa não fazem sentido.

Antes de partimos para o aparelho em si, vamos primeiro conferir o que vem na embalagem. Apesar do nome ‘Premium’, este smartphone da Sony não traz nada de exótico em termos de acessórios. Aqui temos apenas o carregador padrão de tomada com 1,5A de saída, cabo USB-C e manuais.

O modelo recebido pelo TudoCelular não veio com fone de ouvido, mas a Sony geralmente aposta em um acessório mais básico com seus aparelhos, diferente de Samsung e LG que estão investindo em fones de melhor qualidade.

Design e construção

Sony ainda continua apostando em celulares com bordas exageradas, e, infelizmente, o Xperia XZ Premium não é uma exceção. O aparelho conta com tela de 5,5 polegadas, mas traz medidas próximas a de smartphones com tela de 6 polegadas. São 156 mm de altura, 77 mm de largura e 7,9 mm de espessura. Como se não bastante, o aparelho também é pesado com seus 195 gramas.

O Xperia XZ Premium é construído em um único bloco de metal cercado por duas placas de vidro. Este tipo de construção tem se tornado muito comum atualmente, mas a parte mais curiosa é que a Sony decidiu incluir plástico nas laterais do aparelho, o que vai contra a proposta premium do smartphone.

O modelo visto nas fotos é a opção cromada, ou prata, como alguns preferem. Já a versão que foi analisada em nosso vídeo review é na cor preta, que mais parece um grafite. As duas opções de cores juntam muitas marcas de dedo, mas se você está preocupado com este tipo de detalhe, escolha o mais escuro que ele mancha com menos facilidade.

Tela e som

O destaque do Xperia XZ Premium está em oferecer uma tela de 5,5 polegadas com resolução 4K Ultra HD. Este não é o primeiro smartphone da Sony com tal resolução, mas é o primeiro da empresa com tantos pixels e compatibilidade com HDR10. Isso quer dizer que o aparelho é capaz de reproduzir vídeos em HDR tanto na Netflix quanto no YouTube.

Por ter mais de 800 pixels por polegada, é simplesmente impossível conseguir enxergar os pontos na tela. O painel IPS LCD é de ótima qualidade, mas peca por não ter um brilho muito alto. Com a página do TudoCelular aberta temos uma média de 460 lux (medição feita com luxímetro) com o brilho no máximo. Ao abrir uma imagem totalmente branca, o brilho passa de 500 lux, no entanto.

O painel usado pela Sony entrega bom ângulo de visão, mas tende a saturar demais as cores. A boa notícia é que a empresa oferece três perfis de calibração para o usuário. Por padrão ele vem no ‘Super Vívido’, mas temos o modo ‘Profissional’ e também o ‘Padrão’.

Também é possível regular a temperatura do branco alterando a escala das cores primárias. Para quem curte um branco mais quente (levemente amarelado) é só aumentar a intensidade dos sub-pixels vermelhos. Para os que preferem um branco mais frio (levemente azulado) só aumentar a intensidade dos sub-pixels azuis.

Em som, o Xperia XZ Premium se destaca por ter alto-falantes duplos frontais. Aqui temos um som estéreo que vem em nossa direção, o que aumenta a imersão em vídeos e jogos. O ponto negativo fica para a potência que não é muito alta.

Desempenho e jogos

O smartphone topo de linha da Sony traz o que a Qualcomm tem de mais avançado neste segundo semestre de 2017, o chipset Snapdragon 835. Ele é formado por processador octa-core com velocidade máxima de 2,45 GHz e GPU Adreno 540. Este tipo de conjunto, apesar de ter força para lidar com a resolução 4K, trabalha apenas em Full HD no Xperia XZ Premium devido ao processo de upscaling usado pela Sony.

A interface do aparelho é renderizada em 1080p, enquanto um chip gráfico cuida de subir a imagem para 4K. O resultado disso é que não há peso extra para o hardware, permitindo que a interface da Sony rode com fluidez e rapidez. A prova está em nosso teste de velocidade. O smartphone japonês precisou de apenas 56 segundos para concluir o teste – um resultado incrível.


O teste consiste em cronometrar o tempo que o smartphone leva para abrir e reabrir os apps. Na lista selecionada temos os apps de Câmera, Galeria e Configurações enquanto outros foram baixados, como Facebook, WhatsApp, Chrome, Netflix, Spotify, Photoshop Mix, Pokémon Go e Asphalt 8.

A abertura foi realizada exatamente nesta ordem, contando o tempo a partir do momento em que o cronômetro foi iniciado e sendo feita uma marcação ao final do primeiro ciclo para vermos se a segunda etapa seria executada mais rapidamente, pois todos os apps e jogos teoricamente já estariam armazenados na RAM.

O aparelho da Sony conseguiu segurar todos os apps abertos em segundo plano. Foram necessários 40 segundos para abrir todos os apps e apenas 15 segundos para reabri-los. Devido a soma dos milissegundos, o tempo total foi para 56 segundos – um dos melhores registrado pelo TudoCelular.


O smartphone da Sony não manda bem apenas na velocidade do sistema e abertura de apps, mas também em jogos. Ele rodou Asphalt 8 com média de 30 fps (infelizmente o jogo vem travado para não passar de 30 quadros por segundo). No Modern Combat 5 e Subway Surfers tivemos média de 59 fps. Em boa parte do tempo o Xperia XZ Premium atinge 60 quadros por segundo nestes jogos.

Aqui fica claro que mesmo contando com tela 4K, a Sony foi esperta ao fazer a interface ser renderizada em Full HD, o que evitou que o desempenho do aparelho fosse comprometido com o excesso de pixels.

Câmera

Para os amantes de fotografia temos aqui um sensor avançado com resolução máxima de 19 MP na traseira do Xperia XZ Premium. A câmera do aparelho é capaz de gravar em 4K a 30 fps ou 720p a 960 fps! Este é um dos maiores destaques do smartphone, mas ele não é capaz de gravar por muito tempo nesta velocidade, ficando limitado a poucos segundos.

O Xperia XZ Premium usa um modo inteligente que detecta o cenário e escolhe o melhor perfil para a foto no modo automático. Nem sempre o software consegue escolher o perfil correto, o que pode gerar fotos com qualidade indesejada. Em nossos testes, ele conseguiu capturar excelentes fotos, mas em outras ficou abaixo dos concorrentes.

O maior problema está na filmadora, que além de contar com ajustes limitados, oferece baixo desempenho em ambientes com pouca luz. Se você curte filmar durante a noite, então é melhor não investir seu dinheiro no smartphone da Sony.

Mas se tem algo que a câmera do Xperia XZ Premium manda muito bem é na estabilização de imagem. Ela consegue entregar ótima fluidez e estabilidade sem gerar artefatos ou distorções bizarras como é visto em alguns smartphones com OIS. A qualidade de captura do áudio também é boa, pegando detalhes até mesmo de sons distantes.


O aplicativo de câmera do Xperia XZ Premium também oferece alguns apps para recursos extras. Um deles é o que permite gravar vídeos em 4K, enquanto outro que pode interessar alguns é o de realidade aumentada. Há vários tipos de assuntos para serem usados, indo de dinossauros a peixes.

Não espere por efeitos ultrarrealistas, mas você pode adicionar não apenas em fotos, mas também em vídeos. E assim como o modo de gravação em câmera lenta, usar a realidade aumentada limita a resolução em HD.

Bateria

O Xperia XZ Premium vem com carregador de 1,5A que demora mais de 3 horas para fazer sua bateria de 3.230 mAh ir de 0 a 100%. Em nossos testes, a bateria do smartphone rendeu 11 horas e meia de uso com quase 6 horas de tela ligada. É um tempo decente, mas que não será suficiente para aqueles que fazem um uso mais pesado.

Em nosso teste simulando um uso mais real, realizamos 8 ciclos completos com o Xperia XZ Premium, que incluíram:

  • 48 minutos de navegação no Chrome;
  • 240 minutos de WhatsApp, Spotify, PowerAmp (música offline), MX Player (vídeo) e YouTube (48 minutos cada);
  • 48 minutos de jogos (Pokémon Go, Subway Surfers, Candy Crush, Modern Combat 5, Injustice e Asphalt 8);
  • 48 minutos de Facebook, Gmail e Google Maps (20 minutos cada);
  • 32 minutos de chamadas de voz conectado às redes móveis;
  • O aplicativo que mais devorou a bateria foi o YouTube, seguido pelo jogo Asphalt 8.
  • Candy Crush foi o app que menos gastou a bateria do XZ Premium durante os testes.

Nos testes realizados em vídeo, tivemos os seguintes resultados:

  • 7h53 em reprodução de vídeo Full HD;
  • 4h48 em gravação de vídeo em Full HD;
  • 4h24 em chamadas de vídeo no Skype;
  • 15h14 em chamadas de voz, conectado às redes móveis.

Se você joga ou assiste muitos vídeos no smartphone, provavelmente ficará sem celular no final da tarde. A boa notícia é que a Sony oferece o modo Stamina, que controla o uso do hardware para fazer a bateria durar mais. Não espere milagres, já que este modo de economia de energia permite prolongar a autonomia em algumas horas.

Há três opções para escolher, indo da mais leve a mais agressiva. Enquanto a primeira corta apenas o desnecessário, a última matará tudo que roda em segundo plano para fazer a bateria render o máximo possível.

Sistema operacional

O Xperia XZ Premium veio com Android Nougat, versão 7.1.1, mas será atualizado em breve para o Oreo. No momento em que esta análise foi feita, o aparelho da Sony se encontrava com o pacote de segurança referente ao mês de setembro. A empresa vem dando atenção aos seus aparelhos no Brasil, trazendo sempre os pacotes de segurança da Google.

A interface não foge muito do que vemos por padrão no sistema do robozinho, mas também não é tão leve (visualmente) como temos nos smartphones da Motorola. Todo os apps foram modificados pela Sony, sendo característicos da linha Xperia. Aqui temos alguns serviços extras, como o PlayStation, que permite conectar o smartphone ao console da empresa.


Um recurso interessante é o Remote Play, que permite jogar os seus jogos do PS4 diretamente no smartphone. Você pode usar os controles virtuais na tela do aparelho ou conectar o seu DualShock 4 via Bluetooth. Testamos com o jogo The Witcher 3, e o resultado foi bastante positivo. No entanto, você precisa ter os dois dispositivos conectados na mesma rede Wi-Fi para usar o recurso.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Duplo alto-falante estéreo
  • Velocidade do sistema
  • Desempenho em jogos
  • Vídeos em 960 fps
  • Conectividade com PS4

Pontos fracos

  • Design com excesso de bordas
  • Laterais em plástico
  • Brilho baixo da tela
  • Câmera em ambientes noturnos
  • Autonomia de bateria
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

Por mais que a Sony tente fazer um smartphone premium, a fabricante japonesa ainda teima em fazer escolhas erradas.

Embalagem e características

O Xperia XZ Premium traz apenas o essencial para ser usado; o que foge um pouco da proposta do seu nome.

Comodidade

O Xperia XZ Premium é um aparelho muito retangular, o que o torna desconfortável de ser usado. Além disso, por ser de vidro, ele escorrega com facilidade.

Facilidade de uso

A interface da Sony não é tão customizada quanto as da Samsung e LG, organizando os recursos do sistema da forma que vemos no Android puro.

Multimídia

Tela 4K com HDR e alto-falante duplo frontal realmente ampliam o potencial multimídia do aparelho, mas a tela poderia ter mais brilho e o som ser mais alto.

Votação Geral

O Xperia XZ Premium é um bom smartphone, mas na sua faixa de preço há opções mais interessantes.

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o Sony Xperia XZ Premium