» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
1.396

TCL 10 SE

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

A fabricante TCL vem apostando de forma tímida no segmento de celulares aqui no Brasil e no final de 2020 trouxe três novos smartphones para o mercado nacional, sendo dois básicos e um intermediário. Hoje vamos conferir o que o 10 SE tem a oferecer, sendo o mais avançado do trio lançado há alguns meses. Ele chegou custando mais de R$ 2 mil, mas agora já pode ser encontrado por bem menos. Será uma boa compra? É isso que você vai descobrir nesta análise do TudoCelular.

Acessórios

O TCL 10 SE vem em embalagem branca com ilustração do aparelho na tampa, além de algumas especificações na lateral. Além do celular, você recebe os seguinte acessórios:

  • Carregador de 10W de potência
  • Cabo USB no padrão C
  • Capinha transparente de silicone
  • Película de proteção para tela
  • Fone de ouvido
  • Manual do usuário
  • Chavinha da gaveta do SIM Card
Design e construção

Ao tirar o TCL 10 SE da caixa já temos uma boa surpresa: ele é mais leve que a maioria dos intermediários que testamos recentemente com apenas 166 gramas. O seu design também chama a atenção, apesar do acabamento todo em plástico. Os botões nas laterais têm acabamento metalizado para dar a impressão de qualidade superior, enquanto a traseira é de plástico fosco que reflete luz em vários tons.

A versão que testamos tem toda a carcaça em um tom de azul escuro que não deixa evidente facilmente o acúmulo de marcas de dedo. Ele traz câmeras alinhadas horizontalmente, que lembra os modelos mais antigos da LG neste segmento. O leitor biométrico fica logo abaixo próximo do logo da empresa e funciona bem e responde rápido.

Na lateral direita temos o botão de energia e controle de volume, enquanto do lado esquerdo há uma gaveta híbrida para dois chips ou um chip mais cartão de memória, além de um botão dedicado ao Google Assistente que não pode ser remapeado para outra função. No topo temos entrada para fones de ouvido e na parte inferior conexão USB-C e o seu único alto-falante.

Na parte de conectividade temos de ponto positivo a presença de NFC, mas por outro lado a TCL acabou capando o Wi-Fi que não tem suporte ao padrão AC para redes 5 GHz.

Tela e som

A tela de 6,5 polegadas e resolução HD+ está na média do segmento. Ela entrega um nível aceitável de brilho, mas pode dificultar um pouco a visualização em dias mais ensolarados. O painel IPS traz bom nível de contraste e amplo ângulo de visão, mas a calibração padrão não impressiona, então não espere por cores fiéis à realidade.

O único alto-falante do aparelho entrega potência sonora baixa, mas não chega a ser tão desequilibrado quanto outros básicos que testamos, exceto quando você usa o volume máximo que deixa o som mais estridente. O 10 SE vem com fone de ouvido na caixa, um acessório não muito confortável e que tem qualidade sonora precária com carência de médios.

Desempenho

O TCL 10 SE vem equipado com Helio P22, um chip bastante comum em celulares básicos, especialmente da falecida LG. É um hardware já defasado e inaceitável para o preço que a TCL chegou cobrando em seu intermediário. Ele não chegou a empolgar em nosso teste de velocidade, comendo poeira para rivais mais baratos da Samsung, Motorola e LG. Apesar de ter 4 GB de RAM, ele não consegue segurar muitos apps abertos.


Em benchmarks também fica atrás do Helio P35, Exynos 9611 e Snapdragon 460, conseguindo menos de 100 mil pontos no AnTuTu. Este não é o tipo de celular que vai empolgar quem curte testes sintéticos.

E jogos? Como visto em outros com Helio P22 é possível ter bom desempenho em games leves, mas engasga em títulos mais pesados como Asphalt 9, PUBG ou Call of Duty. Mesmo que você reduza a qualidade gráfica dificilmente terá boa fluidez. Realmente foi uma má escolha da TCL, já que este chip já está defasado para modelos de entrada, quanto mais para um intermediário caro.

Bateria

Se o desempenho decepciona, não podemos dizer o mesmo da autonomia de bateria. O Helio P22 mostrou várias vezes que rende bem na mão da LG e o mesmo acontece com a TCL que traz software bem otimizado para o consumo. O 10 SE entrega bateria para dois dias tranquilamente e fica entre os melhores que testamos, superando modelos com 5.000 mAh ou mais.


A TCL manda com o celular um carregador de 10W que faz a bateria ser completamente preenchida em pouco mais de 2 horas. Pode não ser um tempo impressionante, mas ainda há muito intermediário que passa mais tempo na tomada. É bom lembrar que ele tem suporte a carregadores de 15W.


O carregamento acelerado poderia ser mais ágil, já que uma carga rápida de 15 minutos recupera apenas 13% e chega a 26% com meia hora de carga.

Câmeras

E por falar em câmeras, temos um conjunto triplo na traseira com principal de 48 MP, secundária de 5 MP com lente ultra-wide e uma terceira de 2 MP para ajudar no desfoque de cenários. Na frontal há uma câmera de 8 MP.

Já vimos em vários modelos da LG que o Helio P22 possui um bom pós-processamento de imagem e o mesmo acontece no 10 SE. Pelo visto a TCL não errou na otimização do software da câmera e seu intermediário registra boas fotos, com nitidez dentro do esperado para um sensor desta resolução e cores bem equilibradas.

Principal | Ultra-wide




Ele também não chega a ser ruim para fotos noturnas e se comparado a modelos de entrada ou outros celulares com Helio P22, acaba ficando na média. O problema é que com o preço alto ele já compete com outros melhores em cenários noturnos.

A ultra-wide já exagera mais no contraste, o que resulta em fotos com cores mais vibrantes, porém com preto mais escuro. Isso compromete os detalhes das sombras, sem falar que os cantos das fotos saem suavizados, além de apresentar distorção. O HDR lida bem com cenários com excesso de luz, enquanto a câmera de desfoque nem sempre aplica o efeito em toda a foto.

Desfoque



A câmera frontal é capaz de registrar boas selfies de dia e o modo retrato apresenta poucos erros, apesar do efeito meio artificial pela falta de HDR. Em locais escuros já temos imagens granuladas com excesso de ruídos, então é bom tentar tirar selfies próximo de uma fonte de luz.

Selfies



A filmadora grava em Full HD com a câmera traseira e frontal. A qualidade é inferior à das fotos, não há sistema de estabilização e a captura de áudio é apenas mono. Pelo menos o foco não chega a ser lento, apesar de que o balanço de branco e exposição oscilam muito sempre que o celular tenta reajustar o foco.

Software

O 10 SE está atualmente com Android 10 e a TCL promete que ele será atualizado para a versão 11 do robozinho, apesar de não haver uma data certa no momento desta análise.

A interface da TCL está próxima do Android padrão, mas traz pequenas modificações, como a gaveta de apps que organiza seus aplicativos e jogos por categoria. É possível mudar para a organização padrão por ordem alfabética.

O software não é pesado, mas nota-se falta de fluidez nas animações, possivelmente por culpa do hardware básico demais. Há suporte ao recurso tela dividida e modo escuro, mas não espere opções de customização. Não é possível nem sequer configurar o botão do Google Assistente para abrir a câmera.

Rivais

Como visto, o TCL 10 SE não chega a ser um celular ruim, mas seu preço está muito acima do ideal. O que podemos encontrar de mais interessante no mercado? O K62 Plus vem com Helio P35, um chip um pouco mais potente e que garante melhor desempenho. A LG pode até ter abandonado o mercado de celulares, mas o K62 Plus entrega boa bateria e tem câmeras similares ao intermediário da TCL.

O Galaxy M21s tem bateria quase tão boa quanto o da TCL e ainda entrega melhor desempenho e câmeras superiores. Quer um modelo mais recente? O Moto G10 também é um pouco mais rápido e sua bateria dura bem, porém as câmeras são inferiores, mas o software da Motorola está mais atual e vem com extras bacanas.

Pontos positivos e negativos

Pontos fortes

  • Boa tela IPS LCD
  • Excelente duração de bateria
  • Tempo de recarga abaixo dos rivais
  • Boas câmeras

Pontos fracos

  • Som mono de má qualidade
  • Desempenho decepciona
  • Software desatualizado
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

O TCL 10 SE é um celular bacana, mas muito caro para o que oferece

Embalagem e características

Embalagem traz capinha, película e fone de ouvido

Comodidade

O TCL 10 SE é um celular grande e pouco escorregadio, mas vem com capinha na caixa

Facilidade de uso

O Android pouco modificado da TCL lembra o da Motorola, mas poderia ter alguns extras úteis

Multimídia

Tela tem bom nível de brilho e cores decentes, mas parte sonora decepciona

Votação Geral

O TCL 10 SE é um celular bacana que tem bateria como seu único ponto de destaque

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o TCL 10 SE