» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!
Aviso de preço Inscreva-se para saber
quando este aparelho
estiver disponível.

TCL 30 SE

Review
Custo - benefício
Embalagem e características
Comodidade
Facilidade de uso
Multimídia
Votação Geral

A TCL começou a investir no mercado nacional recentemente e trouxe duas novidades com fabricação local. Conferimos em outra análise o modelo 30 5G, sendo este o mais avançado dos dois. Agora temos em mãos o mais barato da linha voltado para quem busca um celular barato para tarefas simples do dia a dia. Nessa análise do TudoCelular você vai descobrir tudo o que o TCL 30 SE tem a oferecer e se vale a pena comprar.

Acessórios

O TCL 30 SE vem em caixa prateada com aro metálico ao redor do nome do aparelho. O celular vem acompanhado de uma boa quantidade de acessórios:

  • Carregador de 15W
  • Cabo USB-C
  • Capinha transparente de silicone
  • Fone de ouvido
  • Película de proteção para tela
  • Chavinha da gaveta do SIM card
  • Guia de usuário
Design e conectividade

O TCL 30 SE traz design mais simples comparado ao outro modelo da linha. Ambos são feitos de plástico, mas este deixa claro que temos em mãos um celular de entrada. Isso fica evidente pelas bordas largas, especialmente a inferior que tem o triplo da espessura das demais.

Isso faz com que ele seja maior do que o TCL 30 5G, por mais que sua tela seja menor. No topo também temos entalhe em formato de gota, o que ainda é comum em alguns celulares de entrada. O SE também também é mais gordinho, por mais que venha com o mesmo tamanho de bateria.

Seu acabamento é todo feito em plástico liso e brilhante na traseira que acumula marcas de dedo com facilidade e também pode riscar se você não tiver cuidado. A boa notícia é que vem uma capinha de silicone na caixa, já que por conta de não ser um celular tão popular, será difícil encontrar acessórios para ele no mercado.

O básico da TCL está disponível nas cores preta e azul. Em todas temos lateral de plástico com acabamento fosco com textura suave. Esse mesmo tipo de material é usado no bloco que abriga as três câmeras e o flash em LED. O sensor biométrico fica na traseira em posição alta e apesar de responder bem seria mais interessante ver a tecnologia incluída no botão de energia, como temos no TCL 30 5G.

Há gaveta para uso de dois chips e um microSD ao mesmo tempo com a possibilidade de ampliar o armazenamento em até 512 GB. Há entrada para fones de ouvido no topo do aparelho para aqueles que ainda usam fones tradicionais.

O TCL 30 SE é um celular apenas 4G e não vem com suporte a Wi-Fi de quinta geração para conectividade a redes mais velozes de 5 GHz. Esse é um dos pontos em que ele fica abaixo do modelo mais caro, mas pelo menos vem com NFC e seu Bluetooth é de quinta geração.

Tela e som

A tela de 6,52 polegadas possui resolução HD+, tecnologia IPS LCD e taxa de atualização de 60 Hz. O nível de brilho é bom e está acima de muitos celulares básicos com o mesmo tipo de painel. Isso garante que o TCL 30 SE seja uma melhor opção do que celulares de entrada da Motorola para quem pretende usar o celular em locais abertos com frequência.

A tecnologia NXTVision presente no modelo mais caro também está inclusa no 30 SE e traz alguns benefícios, como Modo Leitura que reduz o cansaço visual ao usar o celular no escuro, além de emitir menos luz azul que a tela de outros celulares básicos. Há perfis de calibração para você escolher a tonalidade das cores, deixando mais ou menos saturadas.

Há apenas um alto-falante na parte inferior do aparelho e com isso ficamos limitados a som mono. Apesar da potência ser decente, a qualidade sonora está bem abaixo do esperado. O som tende a exagerar nos agudos especialmente com o volume no máximo, o que deixa tudo muito estridente e distorcido sem graves ou médios perceptíveis.

Desempenho

O TCL 30 SE vem equipado com Helio G25, uma plataforma de entrada da MediaTek com processador octa-core da série A53 e GPU PowerVR GE8320. Ou seja, é um hardware antigo e modesto, então não espere muito do desempenho.


Em nosso teste de velocidade vimos o básico da TCL ficar bem abaixo de outros de entrada da Samsung e Motorola. Isso já era esperado por conta do hardware antigo. Ter apenas 4 GB de RAM também limita o uso com vários apps ao mesmo tempo. Em benchmarks, ele não empolga nas pontuações e registra em média 100 mil pontos no AnTuTu.

Como ele lida com jogos atuais? No Call of Duty é possível ter bom desempenho na qualidade baixa com anti-aliasing ativado. No PUBG é possível jogar na opção gráfica balanceada com todos os extras desativados.

Bateria

A bateria de 5.000 mAh mostrou um bom rendimento em nosso teste padronizado ao alcançar a marca de 25 horas de autonomia em uso moderado incluindo apps populares e alguns jogos.


Isso garante que o TCL 30 SE não vai te deixar na mão mesmo que você exija um pouco mais dele. A parte decepcionante, no entanto, fica para o carregador de 15W que vem na caixa que demora 3 horas para encher totalmente a bateria.


Caso você esteja com pressa e precise fazer uma carga rápida de 15 minutos, terá apenas 9% da bateria recuperada. Com meia hora na tomada não temos nem 20% da bateria para usar, o que resultaria em apenas 5 horas de uso extra.

Câmeras

Um ponto em que os dois modelos da TCL têm em comum é no conjunto fotográfico na traseira. A câmera principal traz sensor de 50 MP e temos mais duas com resolução de 2 MP, sendo uma dedicada para macros e outra para desfoque de cenários.

A câmera principal registra fotos com boas cores em dias ensolarados e apresenta contraste dentro do esperado para o segmento. Em locais com vegetação mais densa, será normal não ter todos os detalhes registrados com a melhor nitidez.

Desfoque



O HDR entra em ação para ajudar a balancear o brilho entre as partes claras e escuras e até fazer um bom trabalho em fotos no fim de tarde. O problema fica para o desfoque de fundo que não apenas desativa o HDR como também apresenta falhas no efeito e separação entre os planos.

Macro



Não espere muito da câmera macro por ter resolução baixa e seu foco ser fixo. Já vimos em outros celulares básicos e intermediários que este tipo de câmera acaba sendo inútil, mas as fabricantes ainda continuam insistindo em quantidade e não qualidade.

Zoom


As fotos noturnas estão dentro do esperado para um celular básico e o TCL 30 SE não sofre muito com ruídos. Só fica devendo um modo noturno efetivo para ajudar a prolongar a exposição e ter melhores fotos em locais mais escuros.

Noturno



A câmera frontal faz selfies decentes em locais bem iluminados, mas seu modo retrato não é dos melhores e apresenta erros e desativa o HDR deixando a luz de fundo estourada. Selfies noturnas pecam em nitidez e cores, então evite ficar muito distante de uma boa fonte de luz.

Selfies



A filmadora grava em Full HD a 30 fps com a traseira e a frontal. A qualidade é similar a das fotos, mas fica devendo sistema de estabilização para lidar com os tremidos. O foco é ágil, enquanto a captura de áudio é apenas mono e peca na qualidade sonora.

Software

O TCL 30 SE vem com Android 12 modificado pela TCL UI 4.0. Como visto no outro modelo com 5G, esse também está bastante defasado em software e não há data para receber o Android 13. Além disso, o pacote de segurança data de 2022, o que deixa claro que a TCL não se preocupa com a segurança de seus celulares.

O software traz poucas modificações e apresenta fluidez decente, mas uma tela de 90 Hz poderia ajudar a deixar as animações mais agradáveis. Há vários extras como a Barra Lateral no estilo Tela Edge da Samsung que permite criar atalhos para seus apps favoritos e acessá-los de qualquer lugar.

Também há alguns gestos bacanas como o de deslizar com três dedos para baixo para fazer uma captura de tela, sendo possível rolar a tela e capturar todo o conteúdo de uma conversa ou página da internet. Ao deslizar com três dedos para cima terá acesso ao modo dividido para usar dois apps ao mesmo tempo. Também há opção de usar um aplicativo em modo janela aberto por cima de outro.

Rivais

Quais os rivais do TCL 30 SE no mercado nacional? Podemos citar o Moto G23 como uma boa alternativa. Ele traz tela de 90 Hz e som estéreo com suporte a Dolby Atmos. Há Wi-Fi de quinta geração para maior velocidade de navegação em redes 5 GHz, assim como processador mais veloz e câmeras mais competentes. Sua bateria dura o mesmo e recarrega mais rápido.

O Galaxy A14 é uma boa alternativa se você busca um celular com 5G. Ele também traz tela de 90 Hz para fluidez superior e apesar de ter som mono, entrega melhor qualidade sonora. Seu desempenho é mais ágil, a bateria dura um pouco mais e recarrega mais rápido, enquanto as câmeras são superiores. Sem falar que o básico da Samsung está com Android 13 e deve ser atualizado até a versão 15.

Pontos fortes e fracos

Pontos fortes

  • Bateria para o dia todo
  • Boa câmera para o segmento

Pontos fracos

  • Tela de apenas 60 Hz
  • Desempenho abaixo da média
  • Lento tempo de recarga
  • Software desatualizado
Avaliação final do Tudocelular
Custo - benefício

Há opções mais interessantes da Samsung e Motorola na mesma faixa de preço

Embalagem e características

Embalagem vem completa com capinha de silicone, película para tela e fone de ouvido

Comodidade

O TCL 30 SE é um celular grande e escorregadio, mas vem com capinha na caixa

Facilidade de uso

O software modificado da TCL traz poucas modificações e alguns recursos extras

Multimídia

Tela entrega bom brilho, mas taxa de 60 Hz é decepcionante; som mono também limita a experiência multimídia

Votação Geral

O TCL 30 SE é um celular bastante básico com preço de intermediário acessível

Video

Onde Comprar

As melhoras ofertas para o TCL 30 SE

Aviso de preço
Deixe-nos o seu e-mail e iremos notificá-lo quando este produto estará disponível online