LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Como anúncios ajudaram a salvar a imagem da Samsung após desastre do Galaxy Note 7

06 de outubro de 2017 3

Com o lançamento do Galaxy Note 8, que aliás foi lançado ontem em duas versões no Brasil, a fabricante não apenas tem a oportunidade de reconquistar a confiança após o fiasco do Note 7, mas também pode dar um retorno positivo clientes.

Durante o evento dedicado ao novo flagship realizado em agosto, a empresa tornou pública sua intenção de dar um desconto para os donos modelo explosivo que precisaram devolver o dispositivo durante o recall.

Rumores sobre o futuro da programação da Samsung não foram poucos. Alguns analistas afirmam que o recall do Galaxy Note 7 causou danos permanentes à reputação da Samsung. Outros chegaram a ser mais alarmistas quanto aos negócios da sul-coreana. No entanto, a Samsung deu a volta.

Será?

Não para o chefe de marketing da global da Samsung para o negócio móvel, Pio Schunker. Ele estava presente em uma conferência de mestrado em marketing, em Orlando e relatou como a companhia se recuperou. Aparentemente, a Sammy estava no meio de uma renovação de marca quando a catástrofe do Note 7 começou.

De acordo com ele, a Samsung estava trabalhando para renovar sua imagem com anúncios que humanizavam a marca e se relacionavam com o público em escala global. O anúncio da empresa durante a Olimpíada do Rio de Janeiro em 2016 foi citado como um exemplo disso.

Ele acrescentou que a Samsung estava vendo sinais de sucesso em seus esforços para renovar a marca. No entanto, tudo foi perdido com as explosões.

"Quando isso começou a acontecer, as coisas ficaram horrivelmente erradas", disse ele. A Samsung de repente enfrentou seu maior desafio até então. Um produto emblemático com uma bateria defeituosa que ameaçou prejudicar permanentemente seus negócios e reputação.

A primeira prioridade da Samsung foi reconstruir a confiança. Detalhou a causa do problema em uma conferência de imprensa especial em janeiro deste ano. Anunciou investimento milionário em pesquisas para uma nova bateria. Assim, a empresa pode "lentamente, nos meses seguintes, ver a confiança começar a se recuperar e depois começar a estabilizar", disse Schunker.

Schunker disse que com o novo modelo, as apostas foram muito maiores na direção de marketing. Não só o novo carro-chefe da empresa deixa todos impressionados, como também a Samsung lançou anúncios que humanizaram sua marca. Eles também tiveram o premiado anúncio que promoveu o Gear VR.

Anúncios da Samsung faziam parte do plano para reconstruir sua marca após o recall do Galaxy Note 7. E a resposta que a empresa recebeu do público com os lançamentos de 2017 sugere que o problema do ano passado não refletiu em danos permanentes para a imagem da fabricante.


3

Comentários

Como anúncios ajudaram a salvar a imagem da Samsung após desastre do Galaxy Note 7

Galaxy Z Fold 2: dobrando melhor do que você esperava | Hands-on em vídeo

Moto G9 Plus vs Moto G8 Plus: uma nova geração realmente evolui? | Comparativo

Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo