LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Quer um smartphone novo? TudoCelular dá seis dicas para encontrar o dispositivo ideal

24 de novembro de 2017 8

Procurar por um novo smartphone pode ser uma tarefa bastante difícil – mesmo que, para muitos, prazerosa. A quantidade de opções no mercado, especialmente depois de todos os lançamentos de 2017, podem atrapalhar muito o consumidor que busca algo para atender suas necessidades por muito tempo.

Infelizmente, cada usuário tem suas prioridades e dá atenção a detalhes diferentes do outro na hora de escolher e utilizar um smartphone. Perguntar “qual é o melhor smartphone para comprar?” não ajuda em nada, pois o que é melhor para o seu interlocutor pode não ser o melhor para você.

Mas há algumas dicas que podemos dar para te ajudar a escolher a melhor opção e evitar jogar dinheiro fora. Além de perder menos tempo na hora de procurar. Aqui vão cinco dicas do que não fazer ao buscar um novo smartphone.

1. Considere todas as marcas

Não se apegue às marcas mais famosas. Há opções de marcas menos conhecidas que são tão bons quanto – e às vezes até melhores – do que os produtos da Samsung, Apple, LG, Motorola e outras.

No Brasil, temos a Quantum, com aparelhos a preços razoáveis e desempenho bem bacana, apesar de não ter nenhuma opção no segmento de elite. São aparelhos mais em conta do que alguns dos concorrentes, e a qualidade não deixa a desejar.

Aqui, também vale a pena considerar importar um chinês. Xiaomi, Honor, Oppo, OnePlus e muitas outras fabricantes que não vendem oficialmente por aqui têm smartphones muito bons e por valores bem mais baixos que as marcas já estabelecidas em nosso território.

Porém, é bom ter em mente que esses dispositivos vão demorar algum tempo para chegar, e a assistência técnica é um ponto bastante complicado nesses casos.

2. Smartphones antigos ainda têm muito a oferecer

Outro erro bastante comum entre boa parte dos consumidores é esnobar dispositivos lançados há seis meses ou um ano. Flagships do ano passado ainda têm muito a entregar, e custam cerca de metade dos smartphones de elite atuais. Às vezes são mais baratos que alguns intermediários.

Alguns dispositivos lançados há bastante tempo ainda podem atender às necessidades de muita gente, e podem até mesmo durar dois ou três anos. Não ignore esses dispositivos só porque têm hardware “defasado” (ainda são melhores que a maior parte dos intermediários) ou porque o software está desatualizado. O mais importante é que ainda receba as atualizações de segurança.

3. Evite gastar mais do que pode

Uma dica importante, que para alguns pode até parecer desnecessária, é evitar gastar mais dinheiro do que você pode. Não adianta muito pagar um valor alto em um smartphone só porque todo mundo o está indicando. Ele pode não servir para as suas necessidades.

O ideal é fixar um valor máximo e começar a procurar as opções nessa faixa. Analise quanto você tem guardado ou quanto pode gastar por mês e use esses valores como ponto de partida.

Isso não só vai te ajudar financeiramente depois, como vai te ajudar a eliminar um monte de opções que não te atenderiam tão bem. Lmebre-se que nem todo mundo precisa de um dispositivo de elite para ser feliz. Os intermediários hoje em dia são suficientemente potentes até mesmo para boa parte dos jogos.

4. Faça uma lista do que você quer

Esqueça as indicações de amigos, parentes ou mesmo de nós, especialistas. Pense no que você quer. Desempenho? Câmera? Bateria? Design? Faça uma lista de quais são as especificações mais importantes.

Se você quer uma bateria que dure um dia inteiro com sobra para o dia seguinte, escreva isso. E faça uma lista com as prioridades em ordem. Bateria, depois desempenho, tela, áudio… Vai pela ordem da sua preferência.

Aí, pegue a lista dos dispositivos na faixa de preço da dica anterior e vá eliminando aqueles que não atendem suas necessidades.

5. Procure promoções

Pode parecer estranho dar uma dica dessas em época de Black Friday, mas buscar promoções ou o melhor preço vale para o ano todo. Não adianta você ficar na dúvida entre dois smartphones e comprar qualquer um deles na primeira loja que encontrar.

Pesquise. Não tenha preguiça. Além de buscar os melhores preços, considere também tempo de entrega, frete e até mesmo retorno de aplicativos de cupons de desconto. Mesmo que seja uma economia de R$ 10, esse é um dinheiro que pode muito bem ser aplicado em outra necessidade.

Mas não baixe a guarda: é melhor gastar mais em uma loja confiável do que comprar em um site cheio de reclamações. Nesse caso, o barato sai caro.

6. Use e abuse do TudoCelular

O TudoCelular tem uma ferramenta bastante poderosa para comparar as fichas técnicas dos dispositivos, que também mostra o preço mais baixo disponível na internet. É gratuita e você pode usar à vontade, pois foi desenvolvida para você!

Aqui, fica uma dica para verificar, também, algumas ofertas além da mais baixa, pois pode oferecer frete mais baixo, tempo de entrega melhor ou melhores condições de pagamento.

No fim das contas, a dica mais valiosa que podemos dar é: não tenha preguiça. E nem pressa. Dependendo do tempo que você pode aguentar com seu dispositivo atual, o leque de opções é muito maior, e o dinheiro investido pode ser menor por um smartphone que te atenda o melhor possível.


8

Comentários

Quer um smartphone novo? TudoCelular dá seis dicas para encontrar o dispositivo ideal

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho