LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Uber contrata ex-CEO da Orbitz para o cargo inédito de COO na empresa

21 de dezembro de 2017 0

Após acusações de espionagem e corrupção e de ter pagado para que hackers não divulgassem o vazamento de dados de 57 milhões de usuários, a Uber já pensa em reerguer sua imagem no próximo ano. Para isso, haverá um cargo inédito na companhia. E já se sabe quem irá ocupá-lo.

Barney Harford, ex-CEO da Orbitz, foi contratado para ser o primeiro COO da empresa. A função pode ser definida como um Executivo Chefe de Operações e é considerada o braço direito do CEO – atualmente exercido por Dara Khosrowshahi, quem já trabalhou com Harford na Expedia, empresa que comprou a Orbitz. O mais recente reforço do aplicativo de carona começará a trabalhar no dia 2 de janeiro.

O principal objetivo do novo COO será revolucionar a empresa para 2018, a fim de impedir que o nome da Uber volte a ser envolvido em mais escândalos. Outra meta da organização é entrar na Bolsa de Valores no ano de 2019.

Agora, a tarefa inicial de Barney Harford será montar a sua equipe de trabalho. O primeiro nome já está definido: Tony West, ex-Pepsi, para o cargo de liderança do departamento jurídico. A tendência é que a Uber escolha quem vai ocupar a função de CFO – Diretor Chefe Financeiro.

Uber

Desenvolvedor: Uber Technologies, Inc.

Preço: grátis

Tamanho: Varia de acordo com a plataforma


0

Comentários

Uber contrata ex-CEO da Orbitz para o cargo inédito de COO na empresa

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho