LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

TOP 10 smartphones de até R$ 1.500 com melhor autonomia | Guia do TudoCelular

20 de junho de 2018 28

Chegou a hora de atualizar os rankings de autonomia e desempenho do TudoCelular, e agora com uma grande novidade para simplificar a vida do leitor: nossos guias seguirão sendo divididos em três publicações, mas agora ao invés de focar em dispositivos de entrada, intermediários ou avançados, falaremos sobre a competição em cada faixa de preço.

Assim você poderá ser melhor ajudado na hora de escolher seu novo celular. Nesse guia, por exemplo, estudamos a autonomia de smartphones no mercado de até R$ 1.500, Outros guias darão conta daqueles de R$ 1.500 a R$ 3.000, e um último daqueles acima de R$ 3.000.

Se você quer a melhor autonomia que pode comprar gastando pouco, eis a lista para seguir. Há alguns modelos com autonomia muito boa que acabaram ficando de fora. Mas trata-se de um Top 10, então a limitação visa, de fato, apresentar as melhores opções dessa faixa de preço.

Veja a lista abaixo com o tempo de cada aparelho, principais características e o menor preço atualmente no varejo. Entre cada dispositivo, você pode ver a lista de preços com os mais baixos. É só clicar na oferta que agradar mais para comprar e ser feliz com mais de um dia de uso.

Temos ainda um ranking completo com os resultados de todos os aparelhos que já testamos, neste link.

10º Xiaomi Redmi 7

Vendido com garantia nacional de um ano pela Xiaomi em parceria com a DL ou por preços mais baratos através de importadores, o Redmi 7 é um smartphone simples e por isso consegue alcançar uma autonomia muito boa: foram 10h30 de tela nos testes de uso real do TudoCelular, uma marca que para usuários deve representar mais de um dia longe das tomadas.

Lançado no início de 2019 suas especificações incluem uma tela HD+, chipset Snapdragon 632, 2 GB de memória RAM e uma câmera traseira dupla.

6.9 Hardware
7.4 Custo Benefício

Redmi 7

Comparar Aviso de preço
9º Samsung Galaxy A20

A Samsung reformulou a linha A em 2019 e ela passou a absorver a demanda tanto da própria linha como a dos que desejam um novo Galaxy J. O A20 é um smartphone de entrada para esse público, com uma tela HD+ LCD que o permite ser vendido a um preço baixo.

Essa mesma tela ficou ligada por 10h33 minutos no teste de uso real do TudoCelular.

6.9 Hardware
7.6 Custo Benefício

Samsung Galaxy A20

Comparar Aviso de preço
8º Samsung Galaxy J8

Um dos últimos suspiros da linha J, o J8 chegou ao Brasil com características bem mistas: temos aqui um processador Snapdragon 450, mas que trabalha com 4 GB de RAM. A tela, apesar de ser HD+, é uma Super AMOLED. Graças a um SoC econômico e a sua tela avançada ele conseguiu ficar com o display ligado por 11h02. Quase metade de um dia inteiro com seu painel iluminado.

7º Samsung Galaxy J4

O irmão mais novo da sua geração, o J4 é um smartphone básico de tela HD em 5,5 polegadas. O dispositivo chegou com a missão de oferecer um upgrade aos seus irmãos J1, J2 e J3, oferecendo um Exynos 7570, 2 GB de RAM e uma câmera traseira única de 13 MP.

Com essas configurações modestas sua bateria de 3.000mAh foi capaz de alcançar 11h03 de tela nos testes do site.

6º Moto G7 Play

Até a geração G6, o Moto G sempre trouxe aparelhos Play focados em boa duração de bateria. Em 2019 sua proposta mudou, e o G7 Play vem sendo responsável apenas por ser um smartphone que introduz os consumidores ao universo da linha, enquanto o Power deveria ficar responsável por levar os usuários longe em termos de autonomia.

Fato é que com um conjunto de hardware simples - tela HD e um econômico Snapdragon 632 - a Motorola inclui aqui o suficiente para os usuários não se preocuparem com tomadas. Em nossos testes essa tela ficou acesa por 11h14, mostrando que o G7 Play é um bom amigo para quem não quer andar com um powerbank por aí.

7.1 Hardware
8.4 Custo Benefício

Motorola Moto G7 Play

Comparar Aviso de preço
5º Xiaomi Mi A3

É Android puro que você quer e precisa? Temos o modelo Android One mais recente da Xiaomi na quinta posição. O Mi A3 faz bonito enquanto carrega Android puro e oferece uma boa versatilidade de câmera com seus três sensores traseiros.

Sua tela é HD+ e AMOLED. Dentre suas especificações de hardware temos um Snapdragon 665 aliado a 4 GB de memória RAM. Sua bateria de 4.030mAh permite um uso de tela de 11h25.

7.4 Hardware
7.5 Custo Benefício

Xiaomi Mi A3

Comparar Aviso de preço
4º Samsung Galaxy M20

A linha M foi a primeira investida da Samsung para conter a dominação da Xiaomi em mercados prioritários dela. Como em toda boa "guerra fria" no comércio, o maior beneficiado é o consumidor, que viu nascer por parte da sul-coreana uma linha de smartphones com excelente custo x benefício.

E não apenas isso: a linha M tem forte apelo entre o público jovem que vive de tirar fotos e postar vídeos. Para pessoas conectadas, nada mais adequado que um smartphone que vai longe em termos de autonomia. Isso graças a uma bateria de 5.000mAh, que não é prejudicada pela tela full HD+ de 6,4 polegadas do aparelho.

O M20 conseguiu ficar com a sua tela ligada por 12h36. Ou seja, ele é capaz de ficar aceso - com um uso misto - por literalmente mais da metade de um dia. É outro smartphone que em uso moderado certamente vai ficar longe da tomada por um bom tempo, e mesmo usuários que não desgrudam do celular terão dificuldades em esgotar esse tanque em um dia.

3º Asus Zenfone Max Pro (M1)

Um Android puro sem ser Android One? Essa é a proposta do Zenfone Max Pro (M1), lançado no ano passado ao lado da linha Zenfone 5. Com sua tela full HD+ de 6 polegadas ele tem um Snapdragon 636 e 3 GB de RAM para dar conta das atividades do usuário. Quem também ajuda o usuário a ir longe é sua bateria de 5.000mAh, que garantiu nos testes do TudoCelular 12h57 de tela ligada.

7.7 Hardware
8.5 Custo Benefício

Asus ZenFone Max Pro (M1)

Comparar Aviso de preço
2º Samsung Galaxy M30

O M30 é o modelo mais avançado da linha M disponível no Brasil. Também com uma bateria de 5.000mAh, o smartphone consegue ir além de todos os seus "rivais" desse ranking principalmente por combinar esse tanque com uma tela AMOLED.

Ele tem boa vantagem em relação ao terceiro colocado, já que sua tela ficou acesa por incríveis 14h42 nos testes de uso real do TudoCelular. É um smartphone que sem sombra de dúvidas não vai deixar o usuário na mão e entrar no modo de economia de energia só vai ser necessário se ele ficar bons dias longe de uma tomada.

1º Moto G7 Power

Campeão da lista, a Motorola atingiu o seu objetivo com esse smartphone: lançado com a proposta de oferecer uma ótima autonomia o Moto G7 Power é de longe o campeão dos nossos testes com sua tela de 6,2 polegadas HD+ e 5.000mAh de bateria, permitindo que ele obtivesse nada menos que 17h20 de tela em nossos testes de uso real.

Lançado no início do ano, ele ainda oferece um Snapdragon 632 com 3 GB de RAM para as atividades usuais do consumidor. O modelo nacional traz ainda TV digital, e em nossas simulações a equipe levou dois inteiros de uso para descarregá-lo. Ou seja, por mais agitada que possa ser sua rotina no dia a dia - ou o seu final de semana - eis um smartphone para não te deixar na mão e raramente precisar entrar em modo de economia de energia.

(atualizado em 05 de agosto de 2020, às 03:00)

28

Comentários

TOP 10 smartphones de até R$ 1.500 com melhor autonomia | Guia do TudoCelular

Moto G8 Power Lite vs Galaxy A30s: uma comparação com pouco sentido | Comparativo

Galaxy A30s vs Galaxy A31: e agora, as mudanças são para valer? | Comparativo

Galaxy A50 vs Moto G8 Plus: você ficaria com atualização ou bateria? | Comparativo

MIUI, OneUI, EMUI: as diferenças entre as interfaces Android | TudoCelular Entenda