LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Desempenho do Asus ZenFone 4 com Android Oreo | Teste de velocidade TudoCelular

13 de janeiro de 2018 7

A Asus liberou a atualização do Android Oreo para o ZenFone 4, e o TudoCelular fez o update e está refazendo os testes de bateria e velocidade para saber se algo mudou. O resultado da bateria você já viu, agora vamos acompanhar como ficou o desempenho.

Lembrando que nosso teste de desempenho se dá em duas etapas: o teste de velocidade oficial do TudoCelular, que cronometra o tempo de abertura e reabertura de 12 aplicativos selecionados; e as pontuações em benchmarks, utilizando ferramentas populares.

Teste de velocidade

Para o nosso teste de velocidade, vamos cronometrar o tempo que o dispositivo demora para abrir e reabrir 12 aplicativos, começando pelo relógio e seguindo com os nativos Câmera, Galeria e Configurações, para depois partir para alguns populares: Facebook, WhatsApp, Chrome, Netflix, Spotify e Adobe Photoshop Mix. Para encerrar, os jogos Pokémon GO e Asphalt 8.

Estamos aqui com a variante que tem o Snapdragon 660, um chipset de oito núcleos, sendo que quatro rodam a 2,2GHz e outros quatro atingem o máximo de 1,8 GHz. A placa gráfica é a Adreno 512, e esse modelo tem 6GB de memória RAM. Um intermediário bastante poderoso.

E que conseguiu realizar a primeira rodada em 49 segundos e 32 milésimos, fechando a segunda com apenas 18 segundos e 16 milésimos, num total de 1 minuto e 7 segundos para o teste inteiro, reduzindo em dois segundos a marca obtida com o Android Nougat.

AnTuTu

Passando para as ferramentas de benchmark, começamos com o AnTuTu, um dos aplicativos mais populares do segmento na Google Play Store.

O ZenFone 4 conseguiu rodar as imagens com bastante suavidade, mostrando um poder de renderização muito bom para um dispositivo intermediário.

O resultado final foi de pouco mais de 115 mil pontos, subindo uns 4 mil pontos do que obtivemos antes. Nada demais, visto que os resultados desses testes variam, e a faixa de pontos manteve-se a mesma.

GeekBench

No GeekBench a gente começa com o teste de CPU, para avaliar o desempenho dos núcleos do processador trabalhando individualmente e em conjunto.

No single-core, foram 1.611 pontos, enquanto no multi-core o ZenFone 4 atingiu 5.830 pontos. Praticamente a mesma pontuação que vimos com o Nougat.

Já no teste de GPU, que avalia o desempenho da placa gráfica, o GeekBench apontou 5.661 pontos, também quase a mesma coisa de antes.

3D Mark

Nossa terceira ferramenta é o 3D Mark, que faz pesadas renderizações em 3D para avaliar, novamente, o desempenho da GPU. Essa ferramenta passou por uma mudança recentemente, e passou a adotar testes com a API OpenGL e também com a Vulkan, apresentando duas pontuações distintas.

O aplicativo sugeriu para a gente o teste Sling Shot Extreme, então baixamos esse mesmo e passamos no ZenFone 4, que retornou uma taxa de 1.362 pontos pela API OpenGL 3.1 e 1.078 na API Vulkan. Mais uma vez, ficou na mesma casa do teste feito anteriormente.

GFX Bench

O GFX Bench é mais um aplicativo de benchmark que foca no desempenho da GPU, com o qual o TudoCelular costuma passar dois testes, em situações on e offscreen.

No Manhattan 3.1, são duas resoluções de tela no offscreen, além da resolução nativa onscreen. No caso do ZenFone 4, foram testes em Quad HD e Full HD, sendo essa última a resolução utilizada pelo dispositivo. Nesse teste, é utilizada a API OpenGL 3.1.

O segundo teste é o T-Rex, que é realizado em Full HD offscreen e também na resolução nativa, que também é o 1080p aqui no smartphone da Asus. A API utilizada aqui é a OnpenGL 2.0.

Os resultados com a tela ligada foram de 15 fps no Manhattan e 49 quadros por segundo no T-Rex. Acima, você pode ver as capturas de tela com todos os resultados e mais alguns detalhes.

Gamebench

Para a medição da taxa de quadros em jogos, que realizamos com a ferramenta Gamebench, para a qual nos foi fornecida uma conta premium, tivemos problemas no ZenFone 4 atualizado para o Oreo.

Sempre que configurávamos o dispositivo para a coleta de dados, ele deixava de funcionar logo que desconectávamos do PC. Então, os testes foram feitos com o cabo conectado, o que nos impediu de medir o consumo de bateria.

Mas a taxa de quadros, ao menos, pode ser calculada. Eis os resultados que obtivemos nos seis títulos selecionados:

  • Asphalt 8: 30 fps com 87% de estabilidade;
  • Asphalt Xtreme: 30 fps com 94% de estabilidade;
  • Clash Royale: 59 fps com 98%;
  • Injustice 2: 30 fps com 73% de estabilidade;
  • Modern Combat 5: 28 fps com 83% de estabilidade;
  • Subway Surfers: 60 fps com 99% de estabilidade.
Conclusão

Apesar de termos visto o teste de desempenho ser realizado com dois segundos a menos, o que apenas reforça a segunda colocação deste smartphone na lista dos intermediários mais rápidos que já testamos, não há grande diferença no desempenho do ZenFone 4 com a atualização para o Android Oreo.

O dispositivo já era muito rápido, e contionua a entregar ótima performance para além das tarefas do dia a dia. Pelo preço que a Asus cobra pelo aparelho, é o mínimo que poderíamos esperar.

Lembrando que já fizemos o teste de bateria nesse dispositivo. Há uma variante com o processador Snapdragon 630 que o TudoCelular ainda vai testar, então fique ligado em nosso site e canal do YouTube.

Roteiro, gravação e produção Felipe Junqueira.

O Asus ZenFone 4 está disponível na Carrefour por R$ 1.094. O custo-benefício é bom. Existem 9 modelos melhores. Para ver as outras 78 ofertas clique aqui.
(atualizado em 18 de dezembro de 2018, às 23:30)

7

Comentários

Desempenho do Asus ZenFone 4 com Android Oreo | Teste de velocidade TudoCelular
  • o link das lojas americanas com o valor de 1262 reais não é desse aparelho!!! É da versão com snap 630, e 3gb ram, bem inferior a esse que vcs testaram. Corrigam por favor

      • Gostei da atualizacao, ficou mais limpa e bonita, a interface alem de bonita também e limpa, deu a impressao de estar mais rapida, o ponto negativo e que tirou o radio como retirou varios aplicativos, mas no meu zenfone 3de 5,2 ele ja era rapido mesmo com a memoria cheia

          • Tiraram essa versão do site da Asus!

              • Não vale apena atualizar ainda não. Porque, eu vi mais desvantagens do que com Android nougat. Tipo, o tempo de recarga aumentou, o tempo de duração de bateria diminuiu, o desempenho em alguns jogos também caiu e a câmera não melhorou lá essas coisas. Melhor ficar no nougat até a Asus liberar uma nova atualização para resolver esses ajustes.

                  • Esse é dureza até para os snaps 8XX de 2016 pra baixo, pena que aparentemente nem essa versão disponibilizaram para o mercado brasileiro junto com 4 PRO.

                    OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

                    Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

                    Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

                    Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho