LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Galaxy Note 8, iPhone X, Razer Phone e Mi Mix 2 | Comparativo de telas do TudoCelular

04 de fevereiro de 2018 18

O Razer Phone tem como grande destaque a sua tela de 120 Hz, capaz de entregar maior fluidez com o Android e também com jogos. Mas será que ela oferece boa qualidade no geral? Para responder tal pergunta, colocamos o aparelho para enfrentar outros flagships em nosso comparativo de telas, incluindo o Galaxy Note 8, iPhone X e Mi Mix 2.

Foram realizados vários testes que vão desde a medição do nível de brilho das telas, seja no máximo ou no mínimo suportado pelo aparelho, assim como a visibilidade em ambiente externo e também no escuro, buscando verificar qual aparelho oferece a menor fadiga visual.

Para o nosso teste externo usamos o mesmo grupo de imagens de outros vídeos com o brilho de tela de cada aparelho no máximo e em modo automático, já que todos os flagships analisados contam com modo boost de brilho para forçar a iluminação do painel por um curto período de tempo.

O teste é dividido em três etapas:

  • Ambiente externo ensolarado e na sombra
  • Ambiente interno com luz artificial
  • Ambiente interno noturno

O teste em ambiente interno com luz artificial foi realizado com as telas de todos os aparelhos niveladas manualmente para 200 lux, algo possível graças ao uso de um luxímetro digital. Desta forma, neste teste comparamos basicamente a fidelidade de cores e o contraste de cada uma delas.

Por fim, o teste no escuro mostra qual atinge o maior brilho, assim como qual aparelho oferece o brilho mais baixo, o que ajuda a reduzir o desconforto visual. Aproveitamos ainda para colocar todos os dispositivos com brilho máximo neste cenário, permitindo uma boa análise da diferença de cada display.

77.7 x 158.5 x 8 mm
5.7 polegadas - 2560x1440 px
75.5 x 151.8 x 7.7 mm
5.99 polegadas - 2160x1080 px
74.8 x 162.5 x 8.6 mm
6.3 polegadas - 2960x1440 px
70.9 x 143.6 x 7.7 mm
5.8 polegadas - 2436x1125 px
Ir para página de comparação

Temos dois tipos de tecnologia presentes em nosso comparativo: LCD e OLED. No caso do Razer Phone temos um painel de 5,7 polegadas IGZO IPS LCD com resolução Quad HD. O Mi Mix 2 aposta em painel IPS LCD mais tradicional com 6 polegadas e resolução Full HD+ (1080 x 2160 pixels).

Para os fãs de OLED, temos o Galaxy Note 8 com tela Super AMOLED de 6,3 polegadas Quad HD+ (1440 x 2960 pixels), enquanto o iPhone X vem com tela OLED da Samsung de 5,8 polegadas e resolução de 1125 x 2436 pixels.

No papel a tela do Galaxy Note 8 parece ser superior devido ao maior número de pixels, mas é o Razer Phone que entrega a maior densidade aqui, com 515 pixels por polegada. É bom ter em mente que é muito difícil ver uma diferença clara neste aspecto entre os modelos analisados.

Em termos de proteção, com exceção do smartphone da Apple, os demais trazem vidro Gorilla Glass, mas de gerações distintas. No entanto, o iPhone X possui proteção contra riscos, além de tratamento especial para reduzir manchas e marcas de dedo na tela.

Ambiente externo (sol)

Esse é o teste mais complicado, já que é muito raro algum smartphone conseguir mostrar o conteúdo da tela de forma clara quando exposto diretamente ao sol. É claro que ninguém ficará torrando no sol ao meio-dia tentando enxergar algo na tela do aparelho, mas aqui vemos que o Galaxy Note 8 é o que faz o melhor trabalho.

Para se dar bem neste teste é preciso entregar um brilho alto e ter um vidro com menor índice de reflexos. O iPhone X até consegue atingir um brilho maior que o rival da Samsung, mas quando o aparelho começa a fritar ao sol o brilho da tela é reduzido drasticamente. O Mi Mix 2 ficou em terceiro, enquanto o Razer Phone foi de longe o pior neste comparativo.

Ambiente externo (sombra)

Agora na sombra temos uma maior noção da diferença na visibilidade entregue por cada tela. Aqui fica claro que o Razer Phone deixa muito a desejar. Além de ter o brilho mais baixo dos quatros aparelhos testados, o vidro que cobre sua tela reflete muito o ambiente, sendo praticamente um espelho.

O Galaxy Note 8 tem o menor índice de reflexos, o que ajuda bastante a entregar uma boa visibilidade em ambiente externo. O iPhone X, outro lado, apesar de apresentar mais reflexos entrega um maior brilho, o que acaba nivelando os dois aparelhos. O Mi Mix 2, mais uma vez, acaba ficando em terceiro com resultados satisfatórios.

Ambiente interno

Agora em ambiente interno podemos ver a diferença na qualidade da imagem da tela de cada aparelho. Como esperado da tecnologia OLED, o Galaxy Note 8 e iPhone X apresenta o maior contraste, com preto prefeito ao desligar os pixels da tela em algumas áreas. O modelo da Apple entrega um melhor equilíbrio de cores, enquanto o da Samsung aposta em cores mais saturadas.

A boa notícia é que é possível regular a saturação na tela do Galaxy Note 8 através de alguns perfis. O Mi Mix 2 também oferece perfis de saturação, o que ajuda a amenizar o problema de “cores lavadas” do display LCD do aparelho. O Razer Phone tem contraste satisfatório, um pouco acima do rival da Xiaomi, mas não oferece qualquer perfil de cores.

Ambiente interno (brilho máximo)

Agora com os aparelhos no escuro podemos ver de forma mais clara a diferença na tela de cada um. O iPhone X acaba exibindo uma imagem mais estourada, mas isso já era esperado diante do seu brilho muito intenso, que supera com folga os demais participantes.

O Galaxy Note 8 apresenta o segundo maior brilho, seguido do Mi Mix 2. Em último, mais uma vez, vemos o Razer Phone. Isso já era esperado, já que o smartphone voltado para gamers apresentou o pior resultado em nosso comparativo em ambiente externo. De qualquer forma, é bom lembrar que usar smartphone no escuro com brilho alto não é recomendado, o que pode causar até mesmo dor de cabeça em uso prolongado.

Ambiente interno (brilho mínimo)

Para quem curte usar o celular antes de dormir é bom buscar um aparelho que tenha o menor brilho possível, o que ajuda a evitar cansaço visual ao usar o smartphone no escuro. Aqui a vitória acaba indo para o Mi Mix 2, com o menor brilho dos quatro. Seu painel consegue produzir o mínimo de luz possível, o que entrega uma visibilidade bastante confortável.

O iPhone X e Galaxy Note 8 ficam no mesmo nível, enquanto o Razer Phone, mais uma vez, é o que entrega o pior resultado. Seu brilho é alto e acaba causando um desconforto muito rápido.

Imagens usadas

Para tornar tudo o mais justo possível, estamos disponibilizando as imagens utilizadas no teste, permitindo assim que você as visualize em seu próprio smartphone e compare ao resultado demonstrado em nossos testes.

Vale lembrar ainda que algumas variações correspondem também à própria câmera utilizada para registrar as cenas, já que ela tende a balancear o máximo possível a diferença de brilho entre as telas, dependendo então do ponto que pegou como referência.

Medição de brilho

Brilho máximo com imagem branca

  • Razer Phone: 624 lux
  • Mi Mix 2: 838 lux
  • Galaxy Note 8: 984 lux (1.530 lux no automático)
  • iPhone X: 1.780 lux

Brilho mínimo com imagem branca

  • Razer Phone: 16 lux
  • Mi Mix 2: 1 lux
  • Galaxy Note 8: 5 lux
  • iPhone X: 5 lux

Brilho máximo com imagem preta

  • Razer Phone: 5 lux
  • Mi Mix 2: 4 lux
  • Galaxy Note 8: 0 lux
  • iPhone X: 0 lux

Brilho mínimo com imagem preta

  • Razer Phone: 1 lux
  • Mi Mix 2: 0 lux
  • Galaxy Note 8: 0 lux
  • iPhone X: 0 lux
Conclusão

A briga em nosso comparativo fica praticamente entre o Galaxy Note 8 e o iPhone X. O modelo da Samsung leva a melhor no teste ao sol, enquanto o da Apple entrega um brilho mais alto e empata na visibilidade na sombra. Em uso interno, também vemos resultados similares, exceto para o fato de que o Galaxy Note 8 satura mais as cores, mas isso pode ser corrigido alterando entre os perfis disponíveis.

O Mi Mix 2 apresenta resultados satisfatórios, com decente visibilidade em ambiente externo. O seu painel IPS LCD tem um bom nível de contraste, mas o preto é mais acinzentado do que vimos na tela do Razer Phone. O modelo da Xiaomi permite alterar a saturação entre três perfis, o que ajuda a elevar o contraste no modo de cores intensas.

O Razer Phone foi o pior em todos os testes. Ele é um smartphone ruim de ser usado tanto em ambiente externo quanto em ambiente interno no escuro. Pelo visto a única preocupação da fabricante foi a taxa de atualização de 120 Hz do painel, que entrega melhor fluidez em jogos, mas para uso comum ele fica abaixo do que é entregue por outros flagships.

Como importar

Para aqueles interessados no Mi Mix 2, é possível encontrar o aparelho na Gearbest em promoção nas versões com 64 GB por R$ 1.546 e 256 GB de armazenamento por R$ 2.118. Há também outras versões e cores do modelo à venda na Gearbest. E se você ainda não sabe como importar, basta conferir nosso passo a passo em uma pauta especial, lembrando que você pode parcelar a compra em até 12x no cartão de crédito.

Promoções do Galaxy Note 8 e iPhone X podem ser conferidas abaixo.

9 Hardware
7.3 Custo Benefício

Samsung Galaxy Note 8

Comparar Aviso de preço
8.9 Hardware
6.1 Custo Benefício

Apple iPhone X

Comparar Aviso de preço
(atualizado em 25 de abril de 2019, às 17:42)

18

Comentários

Galaxy Note 8, iPhone X, Razer Phone e Mi Mix 2 | Comparativo de telas do TudoCelular

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho