LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Pegou pesado! Site critica estratégia de vendas da Google e compara linha Pixel ao Windows Phone

22 de fevereiro de 2018 28

A Google lançou no ano passado o Pixel 2 e o Pixel 2 XL, como novos integrantes da linha de smartphones que veio para substituir de vez a boa e velha linha Nexus. Os aparelhos chegaram ao mercado com um preço salgado e já passaram por diversos problemas, mas isso não interferiu no fato de eles continuarem sendo ótimas opções presentes no mundo Android.

Isso porque, segundo a própria Google, as vendas dos aparelhos Pixel mais do que duplicaram no ano passado, sendo que os aparelhos tiveram um ótimo desempenho de vendas durante o natal nos Estados Unidos. No entanto, na opinião de alguns analistas, esse número de vendas dos Pixel podem esconder um certo problema para a Google.

Isso porque, segundo uma publicação na imprensa estrangeira, mesmo em seu período de morte, os aparelhos com Windows Phone venderam muito mais unidades que os da linha Pixel da Google. Além disso, os números de vendas revelados pela Google escondem que eles se referem as vendas da primeira e segunda geração juntas.

Isso significa que o dito "sucesso" do Pixel 2 pode não ser tão grande assim. O site ainda aponta que a estratégia de vendas da Google se mostrou ineficiente e fraca, sendo que o Android "puro" do dispositivo não conseguiu atrair uma grande parcela dos consumidores:

O Android “puro” certamente não está atraindo clientes valiosos. Os smartphones caros da linha Google Pixel deveriam atrair os compradores Android mais avançados (e talvez alguns usuários de iPhone), mas não o fizeram.

Grande parte disso também pode ser creditado ao fato de a Google começar a adotar uma estratégia mais parecida com a da Apple, o que afastou a empresa da real experiência Android que era oferecida pela linha Nexus:

O Google estava tentando copiar tudo sobre a Apple, enquanto abandonava tudo o que era exclusivo do Android

Mesmo assim, o fraco desempenho da linha Pixel não prejudica a Google. Isso porque a empresa nunca quis se dedicar a venda de hardware e sim de entregar uma espécie de "exemplo" a ser seguido por outras fabricantes. A mina de ouro do Google continua sendo a publicidade online.


No entanto, de acordo com a publicação, a Google também falhou no quesito que mais domina: a publicidade. Isso porque a empresa divulgou muito o Pixel 2 em vários sites de tecnologia dos Estados Unidos, sendo que anúncios do aparelho chegaram a aparecer na página inicial do buscador.

Mas a publicação aponta que isso não foi suficiente para alavancar as vendas dos aparelhos, mesmo com toda a insistência da Google em buscar consumidores:

Além de sua própria página de pesquisa, o Google também empurrou implacavelmente o Pixel em seu espaço de anúncio de clique duplo, forçando anúncios em quadrados e retângulos em blogs e em aplicativos patrocinados. Também promoveu o Pixel implacavelmente no YouTube, supostamente alcançando os muitos influenciadores que adoram fazer unboxings e reviews. Nenhuma publicidade do Google teve algum efeito real sobre o comportamento do consumidor. Os anúncios não funcionaram e os telefones Pixel não venderam.

Não só isso, a Google também anunciou o principal chamariz do Pixel, a sua câmera, nos meios tradicionais nas principais cidades dos Estados Unidos:

A empresa abriu espaços de publicidade convencionais, incluindo o metrô de Nova York e outdoors. Ela colocou anúncios na TV convencional, além da publicidade que forçou todo o lugar no YouTube.

Mesmo assim, com toda essa insistência na publicidade, a Google não conseguiu vender um número significativo de unidades da linha Pixel. De acordo com a publicação, isso mostra que a publicidade, a maior fonte de renda da Google, não está sendo tão eficiente como já foi no passado.

Além disso, a gigante das buscas gastou muito dinheiro para que o Pixel 2 fosse divulgado e para o site isso pode ser considerado um grande prejuízo para a companhia. Com isso, a publicação põe dúvidas quanto a viabilidade do lançamento de um Pixel 3 e expõe que a Google precisa melhorar sua estratégia se quiser acompanhar outras gigantes do mundo dos smartphones.

E você, concorda com a opinião do site? Conte para nós a sua opinião aqui nos comentários.

  • O Google Pixel 2 XL ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.
  • O Google Pixel 2 ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.

28

Comentários

Pegou pesado! Site critica estratégia de vendas da Google e compara linha Pixel ao Windows Phone
  • Comparar os Pixels com Janelas Phone é o mesmo que comparar o iPhone com o Microsoft Kin....

    • Pixel 2 tem a melhor experiência em um dispositivo Android na história, mas a Google além de limitar MUITO a disponibilidade e jogar um preço alto ainda não investe em propaganda como deveria. Aí fica bem difícil mesmo.

        • se eu me interessei pelos pixel? Sim, mas eu não vou comprar importado pra ele dar problema por causa da porca da lg e ficar com um tijolo encalhado de 4000 reais aqui em casa, igual o nexus 6p, trauma. Celular da google agora só com garantia, de dois anos.

            • Cadê os créditos? Que jornalismo amadorístico! Quer comentar a opinião de uma outra publicação mas não a credita muito menos coloca os links. Mandou mal!

              • Acho um pouco exagerado! O Pixel 2 conseguiu no mínimo dobrar as vendas em relação à versão anterior, e também bom número à frente em relação à última família Nexus.
                Troque meu Nexus 6P por um Pixel 2 XL, e não me arrependo, é uma ótima opção de aparelho no mundo Android atual.

                  • Sò de ler o tema já ri bastante -
                    Bill Gates que parada é essa, lê essa mano.

                      • Sai dessa gente, deixa a Google brincar de ser OEM...

                          • Nexus era um sucesso, vendia na maioria dos paises e tinha hm hardware de ponta por um preço justo, cameras boas no caso dos ultimos (6p, 5x) e um software sem grandes falhas, até hoje vejo vários Nexus 5 mesmo morando no brasil e a linha Nexus ser desconhecida.
                            Pixel tem seus pontos positivos tipo a camera e construção boa mas a google cobra o olho da cara e ainda é exclusivo de paises ricos, ela quer elitizar uma linha que deveria se tornar popular e um marco/referencia, como vão ter referencia se ela não divulga pelo mundo? tough

                              • O problema é que ela insiste em vender em site próprio e só pra países "desenvolvidos", e rico não compra celular, compra iPhone!
                                Segundo que na Asia não cola muito, asiático gosta de coisa colorida, só olhar as modificações das fabricantes por lá, na Europa anda-se preocupado com o planeta, então pra que trocar algo que já está de ótimo tamanho!

                                • Também, vem com mais bugs que o fast ring do programa insider da MS... Toda semana esse Pixel Bug dá problema

                                    • Pegou pesado sim... Com o Windows Phone (Windows Mobile 10).

                                      Apesar do texto meio confuso, achei que o WM10 não merecia ser comparado. Não dá problemas. É um sistema fluido!

                                      • Nessa matéria existe um monte de suposições e zero de números e certezas, eles deduzem que o Google vendeu pouco, deduzem que o Google teve prejuízo e deduzem que poderia não haver um Pixel 3, não tem nenhum dado relevante a não ser que viram muita propaganda por ai e mais nada.

                                        Basta ser um pouco mais informado pra saber que várias dessas suposições não tem o menor sentido:

                                        "Google estava tentando copiar a Apple e se afastando de tudo que era exclusivo do Android e que tinha nos Nexus"

                                        O que tinha nos Nexus de "mais android" que não tem nos Pixels? Copiar a Apple nos preços entendo eu porque no resto (android puro, atualizações rápidas, o melhor hardware disponível) continua exatamente igual o modelo de negócio dos Nexus.

                                        "A publicação põe em dúvida a viabilidade do Pixel 3"

                                        Como assim? O Google está investindo em seu próprio hardware e está desenvolvendo seu próprio SOC o que confirma que é exatamente o contrário eles nem pensam em abandonar o mercado de Hardware e pretendem desenvolver um dia um smartphone 100% Google por dentro e por fora, o que eles fizeram em relação a qualidade fotográfica deixa bem claro que o Google tem recursos e talentos para fazer tudo muito bem feito.

                                        Quem acompanha o mercado há vários anos já deveria saber que Android puro ou não puro não é o que vai fazer um smartphone vender mais ou menos, a maioria que compra são leigos e nem sabem qual é o SO que o smartphone roda, o que vai fazer vender mais é o nome/fama (Apple é imbatível neste aspecto com a Samsung sendo "o melhor do resto") que uma marca conquistou no mercado e custo x benefício (hoje as Chinesas dominam nesse aspecto) que é o que a enorme maioria das pessoas buscam, não é qualquer um que está disposto a pagar de 800 a 1000 dólares por um smartphone.

                                        Não tem cabimento achar que o Pixel vai competir em vendas com Iphones e Galaxys sendo que nem a mesma disponibilidade eles possuem, o Google oferece o Pixel em muito menos mercados do que Apple e Samsung oferecem seus smartphones, um exemplo é no nosso próprio país, no Brasil eu posso ir a um Shopping neste exato momento e comprar um Galaxy S8 ou Iphone X e sair com a caixa na mesma hora já o Pixel vc só consegue importando.

                                          • o problema é que eles sao feio e o Android puro n faz muito sucesso na Ásia onde a venda de celulares e grande

                                              • pixel. Prós: camera e android limpo.
                                                Contras: Preço, é feio, é caro, falta de opções de compra, inúmeros defeitos, fabricante do hardware não é confiável (LG), e feio e é caro, bateria mediana, é feio e é caro, sem ip 68, é feio e é caro. sou mais o lumia 930. e para não esquecer, o pixel é feio e é caro.

                                                • O ideal seria que os fabricantes "majors" tivessem um modelo baseado no google pixel e, assim, garantissem a atualização por, no mínimo, 3 anos. Seria legal um da Samsung, Motorola, Sony e LG e, porque não, um fabricante brasileiro como a Positivo também tendo um celular com esse foco.

                                                    • Eu compraria sim, se tivesse à venda no Brasil, claro.

                                                        • Acho que o Windows Phone não deu um décimo dos problemas. Comparação injusta para a Microsoft.

                                                            • Apesar de vir de um site chamado Appleinsider, concordo com eles!

                                                                • Eu bem que me interessei em comprar um Pixel 2 mas desanimei pela fragilidade fisica do aparelho e pela ausência de revendedor no Brasil.Mas com certeza o que mais me atrai nesses aparelhos seria exatamente o android puro e constantemente atualizado.

                                                                    Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

                                                                    Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia

                                                                    10 melhores smartphones top de linha para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular

                                                                    10 melhores smartphones de entrada para fotos e vídeos | Guia do TudoCelular