LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

5G no Brasil: Anatel pretende licitar frequência de 3,5 GHz para agilizar chegada da rede

27 de fevereiro de 2018 2

O Brasil não tem esperado ser um dos primeiros lugares a receber a tecnologia 5G. Durante a MWC 2018, que ocorre em Barcelona, a Nokia – uma das empresas que mais falaram sobre a rede móvel de quinta geração – chegou a descartar o país e a América Latina entre as localidades com previsão de chegada desse tipo de conexão. Mas esse cenário pode estar prestes a mudar.

A Anatel tem planos de licitar, no próximo ano, a frequência de 3,5 GHz. Ela é uma das faixas que devem receber o 5G. A informação veio do conselheiro Leonardo de Morais, que afirmou realizar um workshop ainda em 2018 para apresentar o edital a ser lançado no ano que vem.

“O Brasil saiu bem atrasado na 3G, na 4G conseguiu lançar o serviço praticamente junto com os demais países, e com a 5G podemos fazer o mesmo.”

Consequências à TV

Conhecida como banda C estendida, a faixa atualmente é ocupada pelos receptores de TV aberta via satélite – leia-se antena parabólica – e a maioria deles não são homologados pela Anatel. Desta forma, é impossível saber a quantidade e os locais desses equipamentos. Estima-se que existam 22 milhões de residências as quais utilizam tais aparelhos e seriam afetadas após a venda da frequência.

Para Morais, existem maneiras técnicas de evitar qualquer tipo de interferência entre os diferentes serviços. Um exemplo seria a inserção de filtros nos receptores, os quais vão impedir ruídos.

A tendência é que as soluções para o caso somente sejam sugeridas durante a licitação. Mas não se pode descartar algo semelhante ao que ocorre com a digitalização dos canais abertos, para a limpeza da faixa de 700 MHz, voltada ao 4G.


2

Comentários

5G no Brasil: Anatel pretende licitar frequência de 3,5 GHz para agilizar chegada da rede

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho