LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Facebook Messenger inicia testes com recurso "deslizar para responder" no Android

30 de novembro de 2018 0

Seguindo o exemplo do Telegram e do WhatsApp, o Facebook Messenger pode receber em breve o recurso que permite citar mensagens de colegas em respostas. A novidade foi revelada pelo FrAndroid, sendo que tudo ainda se encontra em testes.

Além disso, até o momento, o recurso só pode ser usado em conversas de grupo. Assim, a funcionalidade se torna um pouco restrita quando comparada a que já temos em outros mensageiros.

De toda forma, para usar o recurso será muito fácil. O usuário só precisa deslizar a mensagem que deseja responder para a direita. Na imagem abaixo temos um pequeno exemplo de como tudo funciona.


Até o momento, o Facebook ainda não confirmou os testes com o novo recurso no Messenger. De toda forma, essa é mais uma funcionalidade para igualar o mensageiro aos demais aplicativos do gênero.

Vale lembrar que recentemente o Messenger também passou a oferecer para os usuários a possibilidade de apagar mensagens, sendo que o aplicativo do Facebook é um dos mais usados no mundo para comunicação.

Você costuma usar o Messenger? O que achou do novo recurso do aplicativo? Conte para nós a sua opinião aqui nos comentários.

Messenger

Desenvolvedor: Facebook Inc

Preço: grátis

Tamanho: Varia de acordo com o dispositivo


0

Comentários

Facebook Messenger inicia testes com recurso "deslizar para responder" no Android

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho