LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Facebook é acusado de violar lei no Vietnã por permitir comentários contra governo

09 de janeiro de 2019 0

O governo do Vietnã divulgou nesta semana que o Facebook violou uma lei de segurança muito controversa no país. De acordo com as autoridades, a rede social permitiu que usuários postassem comentários e planejassem ações contra o governo.

Com isso, o governo do país - que é controlado pelo partido comunista - acusa a empresa de Mark Zuckerberg de negligência a legislação local. A imprensa estatal divulgou uma pequena nota escrita pelo Ministério da Informação e Comunicação:

O Facebook não teria respondido a um pedido para remover fanpages provocando atividades contra o Estado. Descobriu-se que esse conteúdo viola seriamente a lei do Vietnã sobre segurança cibernética

O ministério também afirmou que o Facebook ainda permite que contas e pessoas carreguem postagens contendo conteúdo "calunioso" e sentimento anti-governamental, algo que é proibido no país.


Com a divulgação da suposta violação, o Facebook respondeu as criticas do governo por meio de uma nota afirmando que analisa todas as denúncias:

Temos um processo claro para os governos denunciarem conteúdo ilegal para nós, e analisamos todas essas solicitações com base em nossos termos de serviço e leis locais

Por enquanto, o país não divulgou se vai aplicar alguma sanção ao Facebook. De toda forma, a nova lei, que entrou em vigor no dia 01 de janeiro, pode causar problemas para diversas empresas de tecnologia. Isso porque ela foi elaborada no molde chinês e obriga que essas companhias estabeleçam escritórios e armazenem dados de usuários localmente.

Além disso, o governo do Vietnã estuda criar uma nova taxação para a rede social com base nas receitas que a empresa consegue com publicidade no país. No entanto, nada impede que o governo vete a presença do Facebook, uma vez que a meta é que todos os usuários estejam "em redes sociais domésticas" até 2020.

Facebook

Desenvolvedor: Facebook, Inc.

Preço: grátis

Tamanho: Varia de acordo com a plataforma


0

Comentários

Facebook é acusado de violar lei no Vietnã por permitir comentários contra governo

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho