LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Xiaomi Brasil alerta usuários sobre lojas que se dizem "oficiais"; importadoras saem do ar

11 de junho de 2019 32

Nesta terça-feira (11), a página oficial da Xiaomi Brasil publicou uma mensagem destinada aos seus clientes e interessados. A empresa recém-retornada ao país alertou para a existência de lojas que se dizem “oficiais” da marca, mas vendem os aparelhos sem trazê-los pela distribuidora autorizada.

A companhia chinesa ainda afirmou que somente se responsabiliza pelos produtos comercializados por sua venda oficial – por enquanto, na loja física do Shopping Ibirapuera e nos parceiros Pernambucanas e Ricardo Eletro. Confira a postagem completa:

A Xiaomi Brasil também ressaltou que, em breve, começará a operação da sua loja virtual oficial – a qual ficará localizada no próprio domínio global da empresa (mi.com). No entanto, não divulgou uma data exata para a estreia.

Páginas e sites de importadoras são retirados do ar

Uma das principais importadoras de produtos da marca chinesa, a página do Facebook da Mi Store Brasil – loja que se dizia autorizada da Xiaomi e foi desmentida em uma coluna Detetive TudoCelular – saiu do ar e se encontra inacessível.

ATUALIZAÇÃO 12/06/19: A Mi Store Brasil explicou, por meio do seu Instagram, que a sua página no Facebook havia sido desativada há cerca de uma semana.

Outra varejista online, que se intitulava oficial e chegou a gerar dúvida entre os comentários no post acima, utilizava o domínio xiaomibrasil.com.br. No entanto, o site também ficou fora do ar nesta tarde.

Fique atento para outras lojas

A coluna Detetive TudoCelular já identificou outra loja que se dizia “revendedora autorizada” da fabricante chinesa no país. Ela se chamava “Mi Brasil” e tinha um domínio muito semelhante ao global: mi.com.br. Mas também foi retirada da internet tempos depois.

É importante entender que a questão não se trata apenas de vender por meio de importação, e sim de possíveis golpes e mentiras aplicadas contra os consumidores – declarar-se “oficial”, por exemplo. Por isso, o consumidor precisa ficar atento e pesquisar quem são os vendedores antes de adquirir um smartphone em loja desconhecida ou suspeita.

Vale ressaltar que não é por usar o nome da Xiaomi que um site online é oficial. Antes da chegada da empresa, algumas lojas importavam o produto e vendiam como se fosse "autorizada" da empresa. Somente o domínio global, em sua página destinada ao Brasil, ficará responsável pela operação da companhia no país - além de varejistas parceiras da DL Eletrônicos, como as já citadas Pernambucanas e Ricardo Eletro.

Briga pela marca

Vale lembrar que a marca “Mi Store” no Brasil vive um impasse, o qual foi revelado em primeira mão pelo TudoCelular. A Mi Store Brasil fez uma solicitação de registro no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), mas a própria Xiaomi abriu uma oposição ao pedido.

Independente de quem terminará com a posse da marca da loja no país, fica constatado que a fabricante chinesa já se move para esclarecer aos internautas o que é ou não oficial no mercado brasileiro.

Qual a sua avaliação sobre a mensagem da Xiaomi em sua página oficial? Participe conosco!

*Agradecemos ao Guilherme André do grupo Manolos Tech pela dica


32

Comentários

Xiaomi Brasil alerta usuários sobre lojas que se dizem "oficiais"; importadoras saem do ar

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho