LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Xiaomi já tem 80% das operações em Wuhan; 2 mil empregados não contraíram coronavírus

19 de março de 2020 0

Em conferência online realizada nesta quinta-feira (19), a Xiaomi comunicou seus status atualizados, em meio à pandemia de coronavírus. A empresa, por meio do presidente Wang Xiang, informou que já opera com 80% da capacidade de saída em Wuhan – epicentro da doença.

O executivo explicou que os 2 mil funcionários da empresa na província ficaram de licença desde o dia 20 de janeiro. Devido a isso, nenhum deles pegou Covid-19 ao longo desse período.

Nenhum funcionário da Xiaomi em Wuhan pegou a doença Covid-19 | Imagem: Reprodução

De forma gradual, todos têm retornado aos seus empregos com 0% de infecção. Para prevenir qualquer problema futuro, a companhia também tem fornecido duas máscaras, um frasco de álcool em gel e outro de desinfetante antibacteriano para as mãos a cada equipe no seu escritório no local.

Com lojas fechadas no país inteiro desde o começo do surto, a Xiaomi já reabriu mais de 1,8 mil estabelecimentos de varejo oficiais em todo o território chinês. A sua subsidiária Redmi também está com operações em capacidade total.

Para completar, Wang declarou que sua empresa trabalha para doar suprimentos médicos para mais países estrangeiros, os quais também estão sofrendo com a pandemia global da doença.

Vale lembrar que a marca acabou de lançar sua série Redmi Note 9 Pro e está pronta para oficializar a família Mi 10 na Índia, no próximo dia 31 de março – quando as fábricas na China devem retomar sua produção.

Qual é a sua avaliação sobre a retomada das atividades da Xiaomi em Wuhan? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.


0

Comentários

Xiaomi já tem 80% das operações em Wuhan; 2 mil empregados não contraíram coronavírus

Galaxy A20 vs Galaxy A20s: para manter o preço, não aconteceu a evolução | Comparativo

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher