LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Smart TVs JVC: quem controla a marca e dá suporte no Brasil? | Detetive TudoCelular

28 de julho de 2020 16

Se você acompanha o mercado de Smart TVs no Brasil, deve ter se deparado desde o começo deste ano de 2020 com modelos de televisores da JVC – equipados com Android TV – disponíveis no comércio eletrônico.

A marca famosa ao longo do século XX por lançar o primeiro videocassete do mundo – em 1976 – e pelo portfólio com diversos produtos de áudio e vídeo.

Mas será que a JVC atual das televisões é a mesma que fez sucesso no passado? O Detetive TudoCelular apurou informações sobre as operações da empresa no mercado nacional e conta os detalhes a seguir:

Histórico

A JVC foi fundada em 1927, com sede em Yokohama, no Japão. Na época, era subsidiária da Victor Talking Machine Company, uma das primeiras gravadoras norte-americanas. Dois anos depois, ambas foram adquiridas pela RCA. Sob nova direção, a marca japonesa produzia rádios, em 1932, e foi pioneira em fabricar televisores, no ano de 1939.

Após a Segunda Guerra Mundial, a JVC se desvinculou da RCA, apesar de ainda vender produtos da empresa em território nipônico. Até que, em 1953, foi adquirida pela Panasonic.

Na década de 1970, foi a primeira companhia a criar um rádio portátil integrado a uma TV – JVC 2050 – e o primeiro videocassete VHS do mundo – JVC HR-3300.

Imagem: Reprodução

JVC Kenwood

Foi apenas no ano de 2008 que a JVC se fundiu com a também japonesa Kenwood Electonics, para se chamar “JVC Kenwood”. Agora como uma só, a companhia manteve a fabricação de produtos de áudio e equipamentos de vídeo.

Licenciada pela Shenzhen MTC

Para o mercado de Smart TVs e áudio doméstico, a JVC Kenwood licenciou a marca “JVC” nos Estados Unidos para a chinesa Shenzhen MTC, a qual é a responsável pela atuação no setor.

Na própria página oficial da companhia nos Estados Unidos, dentro da seção de Televisor, a holding informa sobre o repasse da marca dentro do país e reforça que não possui responsabilidade sobre os produtos ofertados pela MTC no local.

A chinesa também é a responsável pelo segmento de TVs de outras marcas, como Haier, Philips e Xiaomi.


E no Brasil?

Em solo brasileiro, os televisores seguem o licenciamento da marca semelhante ao que aconteceu nos EUA. No rodapé da página 4 do manual dos seus modelos de TV, é possível descobrir que é a Shenzhen MTC a encarregada pela JVC também no Brasil.

“Este produto é fabricado, distribuído, reparado e garantido exclusivamente pela SHENZHEN MTC CO., LTD. “JVC” é a marca comercial da JVC KENWOOD Corporation, usada por essa empresa sob licença.”

Imagem: Reprodução / Site oficial

Também é possível comparar a semelhança na numeração dos produtos de ambos os países – eles começam com “LT-”.

A tendência é que essa pequena distinção seja devido aos sistemas operacionais usados em cada. Nos aparelhos dos EUA, é o Roku TV a plataforma escolhida. Já no Brasil, a organização opta pelo Android TV.

Imagem: Site oficial dos produtos JVC no Brasil
Imagem: Site oficial da JVC nos Estados Unidos
Suporte e fabricação local

O acesso ao manual e à lista de produtos é feito por meio do site da Musa do Pacífico (MDP), uma empresa sediada em Barueri que parece cuidar da distribuição desses produtos no Brasil.

Ela também cuidaria do suporte de outras marcas pertencentes à MTC. Isso porque o nome da companhia também aparece quando alguma solicitação é enviada para o atendimento da Haier no Brasil. Além disso, os sites das duas possuem o mesmo formato e telefone de contato e ambas ainda contam com produtos Cobia – além da Element, no caso da página da MDP.

Imagem: Site oficial da MDP
Imagem: Site oficial da Haier

Produção local

Já a fabricação dos produtos é feita de forma local, mais especificamente em Manaus (AM). A encarregada pelo trabalho é a GBR Componentes da Amazônia, como mostra o próprio manual dos produtos.

Além disso, ao entrar no sistema de registros do Inmetro, é possível conferir que a GBR possui a liberação desde o começo de maio para fabricar as TVs JVC. Contudo, a companhia também produz os modelos das marcas da própria Haier e da Cobia.

Imagem: Site oficial da GBR Componentes

Reclamações

No Reclame Aqui, as TVs da JVC contam com poucas queixas quando pesquisado na marca em si. Mas também há reclamações dela ao buscar pela Haier.

Em uma delas, o internauta foi avisado pela Haier que ela não prestava assistência de televisor JVC em Florianópolis (SC). Portanto, é importante procurar como você poderá ter manutenção do produto perto de você – caso precise –, antes de adquirir uma unidade.

Imagem: Reclame Aqui
Respostas oficiais

O Detetive TudoCelular tentou contato tanto com a GBR Componentes da Amazônia quanto com a MDP, para obter o posicionamento oficial das empresas sobre a atuação da marca JVC no Brasil. No entanto, até o momento, a coluna não obteve resposta de nenhuma das partes.

Assim que houver algum retorno das companhias para maiores esclarecimentos, este espaço será atualizado.

Atualização (03/08/2020)

A MDP retornou o nosso questionamento apenas nesse sábado (1º) com a confirmação de que é responsável pela comercialização dos produtos das marcas JVC, Haier e Cobia, como a coluna já havia detalhado mais acima. Confira a resposta oficial:

A "MDP International" possui a licença para fabricação e venda de produtos da Marca JVC Kenwood no Brasil. Nosso escritório comercial fica localizado em Barueri e os produtos são fabricados em Manaus pela GBR.

Além da JVC, também comercializamos os produtos Haier e Cobia no Brasil e em breve teremos lançamentos de novos produtos.

Para saber mais sobre nossos produtos, você pode consultar nosso site ou entrar em contato conosco.

E aí, você chegou a usar alguma Smart TV JVC desde sua chegada ao Brasil nesse mercado? Relate a sua experiência para a gente!


16

Comentários

Smart TVs JVC: quem controla a marca e dá suporte no Brasil? | Detetive TudoCelular
  • Estou com uma jvc 50´´ há pouco mais de mês. Até aqui tem atendido as expectativas. O som e a imagem precisam ser configurados de forma personalizada pois as pré-configurações deixam muito a desejar. Achei o controle remoto muito frágil por isso baixei um app android e, sempre que possível, utilizo-o ao invés do controle remoto. O assistente google também ajuda muito.

      • Comprei 2 de 32" no Carrefour por R$899 cada com promessa de 4 anos de garantia. O som é ridículo, horrível, o pior que já vi. Com menos de 2 meses já deram defeito no controle remoto (Bluetooth parou de parear) e não consigo suporte... Arrependimento!!!

          • Comprei a TV JVC 32 polegadas no Carrefourpor R$ 899.00, ainda não completou 1 mês de uso e já apresenta defeito na imagem, que começou a ficar azulado e violenta, perdeu a nitidez a imagem fica borrada sem qualidade de HD. Espero que a empresa que comercializa a marca cumpra seu papel, resolvendo o problema, pois quando começa assim, seria melhor a devolução do dinheiro pago pelo equipamento

              • Pena que a JVC veio logo depois, senão, eu teria comprado com Android TV. Comprei na Black Friday a Haier 50". O que deixa muito a desejar é o som dela, que é muito distorcido e pouco nítido. Comprei um soundbar e melhorou muito a experiência com a TV. Sobre a loja de aplicativos, oferece YouTube, NetFlix e Deezer. Se tivesse uma loja melhor, eu baixaria o vídeo prime. No momento, o prime vídeo uso no meu PS3. Para o preço que paguei, 1499,00 no Carrefour e a garantia de 4 anos, valeu muito a pena, visto que outras fabricantes estavam cobrando por uma 50" o preço de 2499,00 com garantia de 1 ano. Acredito que com a JVC, a experiência deva ser melhor, por conta do Android TV.

                  • Acho que essas tvs são as mesmas tanto a JVC e Haier. Só deve mudar o nome. O pessoal reclama do som , mas me parece que ao ativar o surrond dá uma melhorada. Poste de um colega no youtube sobre a JVC.
                    Leonardo Morais3 semanas atrásAcabou de chegar a minha, e o Som da TV e de baixa qualidade, realizei esta configuracao que deixou um pouco melhor: na config do som habilitar o surround, em detalhes do equalizador realizar as seguintes alterações: 120hz - 30, 500hz - 15, 1500hz e 5000 hz - 10 e 10000hz - 25. Melhora demais o som, fica bem aceitável.

                  • Pelos vídeo do YouTube mostrando ela....a tv tem cores meio lavadas em vida e opaca ... Não atingindo cores vivas e brilhantes como nas LG e Samsung........ Posso estar enganado.... Mas é oque os vídeos demonstram

                    • Comprei uma de 50 pol. e um amigo comprou uma de 55 pol. é uma boa televisão, achei o sistema rápido, o sistema vem com o Português de Portugal, o que incomoda um pouco, mas não atrapalha. Tenho uma TCL tbm com Android, creio que a TCL é um pouco melhor, mas no geral pelo valor e pela garantia de 4 anos achei que compensou a compra. Já esta fazendo um mês que estou utilizando ela e não tenho do que reclamar por enquanto..

                        • Senhor gostei muito seu comentário, mas preciso de mais informações. por favor me ajudar! Na sua Opinião qual seria a melhor compra JVC Android 4K ou TCL Android 4K?

                          • Jean-Claude Van Damme

                              • Bom eu comprei a tv, já faz um mês que estou com ela, o preço é muito atrativo, atualmente o preço é 30 a 40% menor que as TVs das grandes marcas do mercado, e que oferecem o mesmo nível de especificações, a tv que estou possui sim, HDR mas só no HDMI1 nas outras entradas não possui, o 4K dela é bom também tanto na definição quanto o contraste, mas não me considero especialista nisso, então posso estar enganado, contudo achei ok com os teste que fiz, tanto no PS4, quanto conteúdo 4K achei ok, ou seja a dúvida na hora de comprar foi justamente a suporte, ainda mais porque a marca diferente das outras deu 4 anos de garantia, já tem muito review na internet ai,

                                  • Ou seja, compre por sua conta e risco.

                                      • Parece interessante. Só achei ruim ela não ter HDR, mas pelo preço, e por vir com android, tá ótimo.

                                        Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

                                        Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo

                                        Galaxy M31 vs A51: você tem certeza que deve levar o celular mais novo? | Comparativo

                                        Galaxy M31 vs Moto G8 Power: buscando o melhor intermediário de 2020 | Comparativo