LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Poco F2 Pro vs Mi 10: qual top da Xiaomi tem melhor custo-benefício? | Comparativo

25 de agosto de 2020 4

Procurando um top de linha com Snapdragon 865 para importar? Então deve estar em dúvida entre o Poco F2 Pro e o Mi 10 da Xiaomi. Qual entrega melhor custo-benefício? É isso que o TudoCelular vai te ajudar a descobrir.

Índice do comparativo

Design

Poco F2 Pro

Xiaomi Mi 10

Diferente do primeiro Pocophone com corpo de plástico, o F2 Pro possui a mesma qualidade de construção do Mi 10: são celulares com corpo de metal e traseira em vidro com proteção Gorilla Glass 5. Eles são do mesmo tamanho e espessura, com o Poco sendo um pouco mais pesado.

O design é diferenciado. O Mi 10 traz furo na tela para a câmera de selfie e o F2 Pro aposta em câmera pop-up. Na traseira o Poco organiza suas câmeras em uma espécie de X em círculo preto saltado, enquanto o outro traz um layout mais convencional no canto esquerdo.

75.4 x 163.3 x 8.9 mm
6.67 polegadas - 2400x1080 px
74.8 x 162.58 x 8.96 mm
6.67 polegadas - 2340x1080 px
Ir para página de comparação

Qual é mais bonito? vai a gosto de cada um, mas o que podemos dizer é que o F2 Pro tem melhor ergonomia por ter bordas menos curvas. A curvatura do vidro também aumenta a incidência de reflexos no Mi 10.

Se ter slot microSD é importante para você, então está buscando os celulares errados da Xiaomi. E se ainda faz questão de ter entrada P2 para fones de ouvido, apenas o F2 Pro serve para você. Demais tecnologias como Wi-Fi de sexta geração, Bluetooth 5.1 e NFC estão presentes em ambos. E se você quer ficar preparado para o futuro, os dois possuem conexão 5G.

E o Poco F2 Pro inicia nosso comparativo com o primeiro ponto.

Multimídia e software

Tela e som


Xiaomi adotou painel Super AMOLED nos seus dois top de linha, porém a tela do Mi 10 é melhor. De todos os celulares que testamos ele é o que apresentou o brilho mais forte. Outro diferencial está na taxa de atualização: 90 Hz no Mi 10 contra 60 Hz no Poco.

Nível de contraste é similar, com preto perfeito que desliga os pixels para economizar bateria. O ângulo de visão é muito bom nos dois, porém o maior índice de reflexos do vidro curvo do Mi 10 atrapalha a visibilidade quando há luz forte por perto. Por outro lado, ele é o que apresenta a melhor calibração de cores por padrão.

Na parte sonora o Mi 10 também leva vantagem. Ele traz dois alto-falantes e entrega som mais equilibrado, sendo melhor para ouvir músicas. O F2 Pro só tem uma saída de som e apesar do volume soar mais alto, a qualidade não é muito boa. Isso acontece porque ele força os agudos para deixar as vozes mais destacadas. Serve bem para vídeos, mas será ruim para músicas.

Aqui temos ponto duplo para o Mi 10.

Software


Os dois saem da caixa com Android 10 e contam com a MIUI 12 disponível. A diferença é que no F2 temos a Poco Launcher que modifica a tela inicial do sistema e traz os apps organizados em gaveta, como acontece nos celulares de outras marcas e diferente do que é comum na Xiaomi.

Os recursos são os mesmos, incluindo o Game Turbo que permite bloquear chamadas e notificações enquanto você joga. Você pode criar perfis para cada jogo onde é possível ajustar a resposta ao toque e a sensibilidade para toques repetitivos, o que ajudará em alguns games. Também é possível medir o fps. A diferença está na fluidez superior no Mi 10, que proporciona uma experiência mais agradável e que também recebe atualizações primeiro.

E damos mais um ponto para o Mi 10.

Desempenho

Quanto menor o tempo, melhor

Como temos Snapdragon 865 nos dois, podemos esperar mesmo desempenho, certo? Em teoria sim, mas o mau gerenciamento de memória do Poco faz com que ele entregue experiência multitarefas de um celular intermediário. Ele tende a matar os processos em segundo plano e em nosso teste de velocidade tivemos uma diferença de 38s entre os dois.

Em benchmarks temos resultados similares. Você até pode conseguir números mais altos no AnTuTu com o F2 Pro, mas isso varia muito de acordo com a temperatura do aparelho. O que fica claro é que se a Xiaomi corrigir o gerenciamento de RAM, teremos desempenho similar com os dois.

Isso também se aplica em jogos. A diferença está na tela de 90 Hz do Mi que consegue fazer com que jogos como Mortal Kombat e Coverfire rodem a 90 fps. PUBG e Call of Duty tivemos a mesma média do F2 Pro, e ambos não conseguiram passar dos 30 fps no Asphalt 9 – algo que a linha Redmi Note 9 mostrou ser capaz.

Mi 10 leva a melhor em desempenho.

Bateria

Quanto maior o tempo, melhor (exceto recarga)

A bateria do Mi 10 é ligeiramente maior, tendo 80 mAh extras. Poderíamos esperar a mesma autonomia já que são aparelhos com mesmo chip e tamanho de tela, porém como o F2 Pro fica matando os processos em segundo plano, ele entrega autonomia em média 10% superior. Em nosso teste padronizado tivemos uma diferença de 3h em uso moderado.

Já no tempo de recarga é o Mi 10 que leva vantagem. Ele passa alguns minutos a menos na tomada. Se for dar uma carga rápida também vai acabar recuperando um pouco mais de bateria com ele.

Com isso damos um ponto a cada: F2 Pro ganha em autonomia e Mi 10 em recarga.

Câmeras

A maior diferença entre os dois fica para a câmera principal. O Mi 10 traz sensor de 108 MP e o F2 Pro um mais simples de 64 MP. Ter o dobro de resolução no modelo mais caro faz diferença? Sim, mas muitos nem devem notar.

Você terá fotos mais nítidas com o Mi 10, porém é preciso sair ampliando as imagens para reparar nos pequenos detalhes. De dia os dois entregam resultados próximos em cores, exposição e contraste. O HDR do Mi 10 é um pouco mais eficiente e ajuda a balancear brilho e contraste contra a luz.

A câmera ultra-wide registra boas fotos nos dois, porém apresenta queda de qualidade maior no F2 Pro. Também notamos que às vezes ela altera a temperatura das cores, porém o software corrige bem a distorção de lente. À noite terá mais ruídos no Poco e nitidez inferior. O modo noturno do Mi 10 é mais eficiente e ajuda a recuperar detalhes perdidos nas sombras. Os dois registram boas fotos macro e apresentam poucas falhas no efeito retrato.

Mi 10 vence em conjunto traseiro de câmeras.

Fotos tiradas com o Poco F2 Pro

Ambos apostam em câmera de 20 MP para a frontal, a diferença é que a abertura focal é menor no Poco. À noite terá fotos um pouco mais escuras com ele, mas ainda assim será capaz de registrar ótimas selfies que não devem para o que o Mi 10 entrega. De dia verá qualidade similar nos dois.

Como a diferença em selfies é sutil, daremos empate.

Fotos tiradas com o Xiaomi Mi 10

Xiaomi não capou a filmadora no F2 Pro. Ela consegue gravar vídeos em 8K a 30 fps, assim como temos no Mi 10. A diferença fica para a estabilização e foco que são menos eficientes no Poco. De dia os dois gravam com qualidade similar, porém à noite o Mi 10 leva vantagem com gravação mais clara e menos ruídos. A captura de áudio é boa nos dois.

E o Mi 10 vence em filmadora.

Preço

Ficou claro que o Mi 10 é superior, porém é mais caro. Há uma diferença de quase US$ 200 entre eles, e com o preço atual do dólar passará mais de R$ 1 mil de diferença. Xiaomi ainda não tem planos de trazer nenhum dos dois para o Brasil, mas caso isso aconteça futuramente pode esperar por valores bem salgados. Se pretende importar, o F2 Pro acabará saindo bem mais em conta.

Com isso encerramos o comparativo com o último ponto para o Poco.

Infelizmente, o Poco F2 Pro ainda não pode ser encontrado em lojas no Brasil, sendo necessário apostar na importação em lojas como GearBest e Banggood. As melhores ofertas podem ser vistas abaixo:

  • Poco F2 Pro Global 6GB/128GB Phantom White (Banggood) - US$ 439 (~ R$ 2.500) - Valores não consideram custo de importação.

As melhores ofertas podem ser vistas abaixo:

  • Xiaomi Mi 10 Global 8GB/128GB Verde ou Preto (Banggood) - US$ 599 (~ R$ 3.500) - Valores não consideram custo de importação.

Conclusão

Xiaomi possui dois ótimos celulares top de linha. O Mi 10 é mais caro e completo e o F2 Pro tem melhor custo-benefício. Se busca o melhor, não importa o preço, então já sabe qual escolher. O Mi 10 tem melhor tela, som mais equilibrado, software otimizado, desempenho superior em alguns jogos, sua bateria recarrega mais rápido e suas câmeras são melhores.

Vale a pena economizar e escolher o F2 Pro? Ele não fica tão atrás do irmão mais caro. Seu maior problema é o gerenciamento de RAM que compromete bastante o desempenho em multitarefas, mas em troca terá melhor bateria. Ele tem mesma qualidade de construção, sua tela é muito boa e suas câmeras não decepcionam.

RESULTADO

Xiaomi Mi 10: 8 PONTOS

  • Tela com brilho mais forte
  • Som mais equilibrado
  • Software mais otimizado
  • Desempenho superior
  • Recarga mais rápida
  • Melhor câmera traseira
  • Ótimas selfies
  • Filmadora superior

Poco F2 Pro: 4 PONTOS

  • Melhor ergonomia e sem furo na tela
  • Maior autonomia de bateria
  • Ótimas selfies
  • Mais acessível
  • O Poco F2 Pro ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.
  • O Xiaomi Mi 10 ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.

4

Comentários

Poco F2 Pro vs Mi 10: qual top da Xiaomi tem melhor custo-benefício? | Comparativo

Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo

Galaxy M31 vs A51: você tem certeza que deve levar o celular mais novo? | Comparativo

Galaxy M31 vs Moto G8 Power: buscando o melhor intermediário de 2020 | Comparativo