LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Xiaomi HyperCharge de 200W ganha previsão de lançamento em novo rumor

21 de julho de 2021 13

Atualização (21/07/21) - JB

A Xiaomi entrou na disputa global para conseguir entregar o carregamento mais rápido para seus usuários e a gigante chinesa teve êxito ao demonstrar a tecnologia de 200W. Contudo, o lançamento comercial da novidade ainda permanece incerto, algo que pode mudar em breve.

De acordo com informações oriundas de pessoas que trabalham com a gigante chinesa, a Xiaomi prepara os últimos detalhes para início da produção em massa do carregador de 200W. Com isso, o primeiro smartphone a contar com essa tecnologia deve ser lançado em junho de 2022.

Caso esse cronograma esteja correto, apenas o Mi 12 Ultra contará com a novo carregamento ultrarrápido.

Por enquanto, a Xiaomi ainda não confirmou as informações. Mesmo assim, a fabricante garante a segurança da tecnologia de 200W, uma vez que ela implementou uma série de medidas de prevenção.

Quando disponível no mercado, a HyperCharge de 200W deve fazer com que um smartphone vá de zero a 100% de carga em apenas 8 minutos de tomada.


Texto original (07/07/21)

HyperCharge de 200W não prejudicará saúde das baterias, afirma Xiaomi

O carregamento da bateria é uma capacidade que tem exigido cada vez mais dos smartphones recentes, conforme o aprimoramento de seus hardwares e funções que exigem mais dos dispositivos. Em maio, a Xiaomi anunciou oficialmente o HyperCharge, uma tecnologia de carregamento com potência de 200 watts, capaz de encher uma bateria de 4.000 mAh em apenas 8 minutos. O anúncio foi recebido, porém, com uma série de dúvidas a respeito de como fica a saúde das baterias a longo prazo.

Agora, a Xiaomi veio a público, por meio de um Q&A, dar mais informações sobre a tecnologia. Segundo eles, o HyperCharge não trará danos à bateria. Ao menos, não de grandes proporções. Confirmando um ponto fraco já revelado no mês passado, eles adiantam, porém, que após 800 ciclos de carregamento e descarregamento (o equivalente a uma média de dois anos de uso do aparelho), a bateria terá sua capacidade total encolhida para 80% da original.


A fabricante alega que os impactos do HyperCharge nas baterias estão dentro dos padrões regulatórios da China. O país exige que as baterias dos telefones mantenham pelo menos 60% após 400 ciclos de carregamento.

Quando a novidade foi demonstrada, a empresa usou uma versão modificada do Mi 11 Pro, que não traz a tecnologia no padrão de fábrica. Ainda não sabemos quais lançamentos terão os carregadores de 200W. O último modelo com mais de 100W foi o Mi 10 Ultra. Aproveite para ver nossa review desse aparelho:

O novo carro-chefe da empresa deve chegar ainda no segundo semestre de 2021, mas sem confirmação de que ele tenha o HyperCharge integrado por padrão.

E aí, em um balanço entre vantagens e desvantagens, o que achou do HyperCharge? Se pudesse, já pegaria um novo celular com esse recurso?

  • O Xiaomi Mi 11 Pro ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.
  • O Xiaomi Mi 10 Ultra ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.

13

Comentários

Xiaomi HyperCharge de 200W ganha previsão de lançamento em novo rumor

Galaxy Z Fold 2: dobrando melhor do que você esperava | Hands-on em vídeo

Moto G9 Plus vs Moto G8 Plus: uma nova geração realmente evolui? | Comparativo

Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo