LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

POCO M3 Pro 5G vs Redmi Note 10 5G: qual Xiaomi com rede veloz é o melhor? | Comparativo

19 de julho de 2021 17

O POCO M3 Pro e o Redmi Note 10 5G são dois celulares da Xiaomi que entregam um conjunto intermediário com rede veloz. Dentro dessa categoria, qual deles é superior? Isso nós descobriremos a partir de agora, no Comparativo do TudoCelular.

Índice do Comparativo

Design

POCO M3 Pro 5G

No design, o POCO é o que tem uma aparência mais diferentona da dupla. Ele vem com traseira espelhada em uma cor predominante, acompanhada de bloco prolongado em preto no canto, para ter as câmeras e o nome da marca. O Redmi prefere o visual adotado pela Xiaomi para outros modelos em 2021, com as lentes principais dentro de um aro cromado. Apesar da diferença, o acabamento é de plástico em ambos.

De frente, não há surpresas na dupla. O sensor frontal fica dentro de um notch em forma de gota. As bordas são finas e só o queixo é um pouco maior. As dimensões e o peso também são os mesmos nos aparelhos, assim como o leitor biométrico posicionado na lateral.

Redmi Note 10 5G

A Xiaomi também não alterou a gaveta híbrida nos dois, então você vai precisar escolher entre um segundo chip de operadora ou um cartão MicroSD para expandir o armazenamento.

Pelo design mais original, o M3 Pro ganha o primeiro ponto.

Melhor construção

POCO M3 Pro 5G

Slot é híbrido ou não?

Nenhum

Possui alguma resistência?

Nenhum

Melhor solução do notch

Nenhum

Melhor solução da biometria

Nenhum

Qual é mais leve e mais fino?

Nenhum

75.34 x 161.81 x 8.92 mm
6.5 polegadas - 2400x1080 px
75.3 x 161.8 x 8.9 mm
6.5 polegadas - 2400x1080 px
Ir para página de comparação

Multimídia e recursos

Tela


Uma característica que a Xiaomi economizou em ambos os smartphones foi a tela. Os dispositivos vêm com um painel IPS LCD que deixa a desejar no brilho, então você deve ter problemas para usar em dias mais ensolarados. Ao menos, o contraste se mostrou muito bom para o material.

A chinesa resolveu inserir uma taxa de atualização maior para dar mais fluidez em jogos e animações. Tanto o POCO quanto o Redmi vêm com 90 Hz. Como eles são do mesmo tamanho, no corpo e nas 6,5 polegadas do display, o aproveitamento frontal também não traz mudança.

Os celulares empatam em tela.

Melhor tecnologia de tela

Nenhum

Melhor resolução de tela

Nenhum

Melhor proporção tela/corpo

Nenhum

Tela de Hz elevada?

Nenhum

Qualidade geral da tela

Nenhum

Som


A Xiaomi não costuma decepcionar no som dos seus intermediários mais recentes, só que estes dois são exceções. A fabricante abriu mão de um canal secundário e deixou um áudio apenas mono nestes modelos. Por causa disso, temos uma imersão comprometida.

Mesmo assim, a chinesa não deixou de colocar uma potência sonora boa nos dois, dentro do que era possível. O POCO passou a entregar mais agudos e médios, e isso não chega no equilíbrio de áudio entregue pelo Note 10 5G, que tem graves melhores. De qualquer maneira, os dois vêm com conector físico para fones de ouvido, sem o acessório estar na caixa.

Com um áudio mais equilibrado, é a vez de o Note 10 5G pontuar.

Som é estéreo?

Nenhum

Possui entrada P2?

Ambos

Possui protocolos de alta qualidade e ajustes para Bluetooth e fio?

Nenhum

Vem fones de ouvido na caixa?

Nenhum

Qualidade sonora

Redmi Note 10 5G

Sistema


Ambos os celulares saem da caixa com Android 11, sob a interface MIUI 12. Apesar de já estarem na versão mais recente do sistema operacional, não dá para esperar tanto tempo de suporte para a dupla. Um detalhe importante também é a presença de um Launcher personalizado para o M3 Pro 5G, algo comum na linha para deixar a experiência mais customizada.

No geral, nenhum deles decepciona em software na boa fluidez de navegação, assim como no controle de possíveis engasgos. Ainda temos o destaque da conexão 5G para trazer suporte a uma rede mais veloz nos dois lados.

Os smartphones empatam mais uma vez.

Sistema bem atualizado?

Ambos

Sistema será atualizado futuramente?

Ambos

Qual sistema ou personalização tem mais e melhores recursos?

Ambos

Faltam conexões? Sobram?

Nenhum

Desempenho


Para manter os componentes similares, a chinesa optou pela plataforma Dimensity 700 da MediaTek na dupla. Apesar de não mudar o chip, os desempenhos foram bem distintos no nosso teste de velocidade. O Redmi foi aproximadamente 15 segundos mais rápido que o irmão da linha Poco.

Nos benchmarks, dá para ter uma ideia maior de como os componentes podem render praticamente o mesmo, com números muito próximos, tanto no AnTuTu como nos indicadores do Geekbench. Os celulares conseguem rodar bem os jogos, porém os títulos no POCO não passam de 60 fps.

O Note 10 5G pontua por ser mais rápido e fluido.

Quem se sai melhor no teste de abertura?

Redmi Note 10 5G

Quem leva a melhor nos jogos mais exigentes?

Redmi Note 10 5G

Quem tem os melhores números de benchmark?

Nenhum

Qual o processador mais atualizado?

Nenhum

Qual tem melhor equilíbrio de RAM/processador?

Ambos

Qual tem mais armazenamento?

Redmi Note 10 5G

Bateria


Em desempenho, nós vimos que os chips se comportaram bem diferente. Já em bateria, a performance não ficou tão distante. Os dois têm a mesma capacidade de 5.000 mAh, mas o Note 10 5G ainda conseguiu render pouco mais de 40 minutos nos nossos testes de uso real.

Já em carregamento, o M3 Pro 5G foi apenas três minutos mais rápido. Sinal que o adaptador de 22,5 W funciona praticamente igual em ambos os dispositivos, que suportam só até 18 W.

Por pouco, o Redmi pontua mais uma vez.

Qual tem mais bateria?

Nenhum

Qual recarrega mais rápido?

POCO M3 Pro

Qual dura mais de acordo com o teste de bateria do TC?

Redmi Note 10 5G

Tem carregamento sem fio?

Nenhum

Câmera

O conjunto para fotos é outro exemplo de que a Xiaomi resolveu aproveitar boa parte do Redmi para o POCO. Temos as mesmas três câmeras dos dois lados, lideradas pelo sensor principal de 48 MP. Com ele, é possível comprimir quatro pixels em um para registrar imagens com boa nitidez e poucos ruídos nos dois dispositivos. O ponto negativo do M3 Pro fica para a resolução máxima, por sacrificar os detalhes, algo que não acontece no Note 10 5G.

Eles não têm lente ultrawide, então já pulamos para as fotos da macro. Esta é bem limitada e deixa a desejar por não possuir foco automático. De qualquer forma, se acertar a distância, vai obter capturas satisfatórias. Por último, a de desfoque não empolga nestes aparelhos por apresentar várias falhas.

Mais um ponto para o Redmi.

Melhor conjunto de câmera traseira

Nenhum

Melhores fotos noturnas

Ambos

Conjunto mais versátil

Nenhum

Melhor ultrawide

Nenhum

Melhor teleobjetiva

Nenhum

Melhor macro

Ambos

Melhor profundidade

Ambos

Fotos tiradas no POCO M3 Pro 5G

A fabricante economizou em vídeos nestes celulares e não colocou suporte a 4K em vídeos. Isso significa que você ficará limitado à resolução Full HD. Pelo menos, a estabilização eletrônica está presente e funciona bem na dupla, diferente do foco que não é dos mais ágeis. Filmagens à noite apresentam muitos ruídos. Pelo menos, a captura de áudio deles é decente.

Sem vantagem para os lados, temos mais um empate.

Possui estabilização óptica?

Nenhum

Possui estabilização eletrônica?

Ambos

Grava em 4K?

Nenhum

Melhor foco

Nenhum

Melhor captação de áudio

Ambos

Melhor em vídeo

Nenhum

Fotos tiradas com o Redmi Note 10 5G

A câmera frontal dos dois entrega 8 MP, uma resolução baixa para a categoria. Mas as fotos saem melhores no POCO que no Redmi. O M3 Pro tem bom equilíbrio entre nitidez, cores e contraste, enquanto o Note 10 5G registra imagens granuladas mesmo durante o dia. Já à noite, ambos sofrem com queda de qualidade.

O POCO leva a melhor em selfies.

Melhor conjunto de câmera frontal

Nenhum

Câmera frontal grava em 4K?

Nenhum

Melhor selfie

POCO M3 Pro 5G

Preço

A Xiaomi lançou oficialmente os dois modelos no Brasil, pela parceria com a DL Eletrônicos. Enquanto o Redmi desembarcou no país por R$ 2.700, o POCO chegou um pouco depois por R$ 2.400.

No varejo nacional, eles também podem ser encontrados por preços inferiores, quando vendidos por importadores. O Note 10 5G é visto na faixa de R$ 1.400, mais barato que o M3 Pro, disponível por algo em torno de R$ 1.700. A diferença é pequena, mas já significa uma economia para o consumidor.

O Redmi anota o último ponto.

Qual teve melhor preço de lançamento?

POCO M3 Pro 5G

Qual tem melhor custo-benefício atual?

Redmi Note 10 5G

6.8 Hardware
4.5 Custo Benefício

Poco M3 Pro 5G

Comparar Aviso de preço
6.8 Hardware
4.3 Custo Benefício

Redmi Note 10 5G

Comparar Aviso de preço

Conclusão

O Redmi Note 10 5G venceu o comparativo em um placar bem apertado, fruto de entregar um conjunto mais otimizado. É ele que oferece um desempenho mais rápido, bateria de maior duração e câmeras que tiram fotos com uma qualidade satisfatória no geral.

Mas temos que destacar alguns pontos importantes do POCO M3 Pro 5G. O principal é o seu design diferenciado, que o torna um modelo original no seu visual e pode atrair muitos usuários. Ele entrega um conjunto bem parecido com o Redmi, mas cobra um pouco a mais no mercado atual.

RESULTADO

POCO M3 Pro 5G: 5 PONTOS

  • Melhor design
  • Empate em tela
  • Empate em software
  • Empate em vídeos
  • Melhor em selfies

Redmi Note 10 5G: 8 PONTOS

  • Empate em tela
  • Melhor em som
  • Empate em software
  • Melhor desempenho
  • Melhor em bateria
  • Melhor câmera traseira
  • Empate em vídeos
  • Melhor custo-benefício

E aí, qual deles é o melhor celular com rede veloz da categoria? Você escolheria o POCO ou o Redmi na hora de comprar um smartphone? Responda para a gente no espaço abaixo.

(atualizado em 27 de julho de 2021, às 22:28)

17

Comentários

POCO M3 Pro 5G vs Redmi Note 10 5G: qual Xiaomi com rede veloz é o melhor? | Comparativo

Galaxy Z Fold 2: dobrando melhor do que você esperava | Hands-on em vídeo

Moto G9 Plus vs Moto G8 Plus: uma nova geração realmente evolui? | Comparativo

Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo