LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Não emplacou! LinkedIn anuncia que removerá os “Stories” até o fim de setembro

01 de setembro de 2021 2

As publicações em formato de “stories”, implementadas em quase todas as redes sociais mais utilizadas da atualidade, remonta aos tempos de maior popularidade do Snapchat, plataforma que estreou o conteúdo que desaparece em 24 horas.

Por outro lado, tudo indica que esse recurso está perdendo o interesse dos usuários. No início de agosto, o Twitter anunciou que findaria os Fleets — e não demorou até que o TikTok lançasse uma alternativa. Nesta quarta-feira (01), o LinkedIn também está renunciando à ferramenta ao comunicar oficialmente que encerrará os Stories.


Liz Li, diretora sênior do LinkedIn, divulgou que a empresa deve remover o recurso até o fim de setembro. Os Stories foram introduzidos em versão de testes internos em fevereiro de 2020, mas nunca gerou muito engajamento entre os profissionais cadastrados na plataforma.

O motivo do encerramento é explicitado e parte da opinião dos próprios usuários. Li aponta que os usuários não eram atraídos pela efemeridade dos vídeos — que assim como todos os outros recursos semelhantes, desapareciam em um dia — e preferiam criar vídeos duradouros que contem sua história profissional, mesmo que de maneira informal.

O LinkedIn Stories foi projetado para fornecer uma maneira divertida e informal de compartilhar atualizações rápidas através de vídeos. No entanto, como a empresa estudou como os usuários interagiram com esse recurso, decidimos remover histórias para trabalhar em uma nova experiência.

Liz Li
Diretora Sênior do LinkedIn

A “nova experiência” ainda não foi detalhada, mas sabe-se que os desenvolvedores da plataforma estão testando um serviço de comunicação baseado em áudio — dispensável reafirmar que é inspirado no ClubHouse. O Facebook já trabalhou em um modelo semelhante com suas novas salas de áudio.

LinkedIn

Desenvolvedor: LinkedIn

Preço: Grátis - oferece compras no app

Tamanho: Varia de acordo com o dispositivo


2

Comentários

Não emplacou! LinkedIn anuncia que removerá os “Stories” até o fim de setembro

Galaxy Z Fold 2: dobrando melhor do que você esperava | Hands-on em vídeo

Moto G9 Plus vs Moto G8 Plus: uma nova geração realmente evolui? | Comparativo

Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo