LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

TudoGames: 10 jogos icônicos que merecem um remake na geração PS5 e Xbox Series X|S

18 de março de 2022 5

Há jogos que marcam gerações e se tornam obras inesquecíveis na vida de muitos jogadores. Pensando nisso, a indústria adotou a moda dos remakes. Basicamente, eles pegam algum título antigo e o refazem com gráficos e mecânicas atuais. Por liberdade criativa, alguns estúdios também implementam novidades, principalmente na história, mas nem sempre os saudosistas ficam felizes com elas.

Nas últimas gerações, eles vieram para ficar e entregaram grandes títulos como Resident Evil 2 (2019), Demon’s Souls (2020) e Final Fantasy VII (2020). Além disso, os jogos se mostraram extremamente rentáveis, o que fez com que as desenvolvedoras passassem a olhar para essa abordagem com mais carinho.

Os próprios jogadores também sempre citam inúmeros títulos que eles gostariam de rever na atual geração. Eu aposto que se te perguntar quais jogos dariam bons remakes, você não citaria menos do que 5. E se pararmos para pensar, quantas franquias e obras esquecidas poderiam ser revividas em grande estilo?

Pensando nisso, o TudoCelular organizou uma lista com 10 jogos que merecem um tratamento especial na nona geração de consoles. Alguns deles poderão acabar se tornando realidade em breve, caso os rumores estejam corretos.

10. Onimusha: Warlords (2001)

Onimusha: Warlords foi lançado em uma época que a Capcom ainda estava presa ao estilo dos antigos Resident Evil, com câmera estática e controles de tanque, antes da companhia implementar a jogabilidade refinada de Devil May Cry.

Devido a isso, o título saiu com uma sensação de ultrapassado em alguns aspectos, mas que funcionava dentro da sua proposta de ser um jogo de aventura com elementos de horror. As batalhas memoráveis com chefes tornavam tudo ainda melhor e certamente, um remake com mecânicas aprimoradas renderia um título fantástico.

09. Vagrant Story (2000)

Lançado em 2000 para o primeiro PlayStation, Vagrant Story é um título intrigante e complexo até hoje. O RPG de ação da SquareSoft, hoje Square Enix, levava o jogador para várias masmorras cheias de monstros, longe das cidades populosas e diálogos, em uma aventura solitária e desafiadora.

Seu combate em tempo real e mecânicas avançadas para a época, como o sistema de modificação de armas, fazem dele não só um dos melhores jogos do gênero, mas de todos os tempos, mesmo com as limitações da época. Pensando nisso, um remake poderia tornar Vagrant Story uma obra ainda melhor.

08. Parasite Eve (1998)

Parasite Eve é um daqueles títulos que se você jogou, jamais irá se esquecer. O jogo misturava RPG com survival horror e entregava uma história maluca e curiosa. Você é colocado no papel de Aya Brea, uma policial da cidade de Nova Iorque, que acaba envolvido em uma narrativa que envolvia ciência, sobrenatural e pessoas entrando em combustão espontânea.

Apesar dos excelentes elementos narrativos, suas mecânicas não eram bem implementadas, principalmente quando misturavam combate em tempo real e por turnos. Um remake atual poderia fazer com que Parasite Eve ressurgisse como um dos maiores jogos de terror da indústria.

07. Sly Cooper (2002)

Lançado em 2002 para o PlayStation 2, o título de plataforma com elementos de furtividade da Sucker Punch se tornou uma das principais franquia do console da Sony, rendendo quatro jogos e quadrinhos. Justamente por isso, é estranho que ela tenha ido para a “geladeira".

Na época, o título apresentou jogabilidade inovadora, além de misturar o estilo de um filme noir com quadrinhos de uma forma que ainda não havia sido feita. Tudo isso somado a personagens carismáticos só nos faz torcer para que ela volte ao PlayStation 5 em grande estilo.

06. Shenmue (1999)

Shenmue é lembrado como um dos projetos mais ambiciosos da indústria de jogos. Lançado em 1999 pela Sega, tinha como proposta mostrar todo o poder do Dreamcast. Ele deveria marcar o início de uma grande franquia de 16 títulos, mas o console morreu muito antes disso. O jogo permitia que os jogadores explorassem uma cidade do Japão na década de 80 no papel de Ryo Hazuki, que buscava vingança pela morte de seu pai.

O nível de complexidade e detalhes do jogo impressionavam, mas ele falhou em causar o mesmo impacto com suas sequências, principalmente a última, lançada em 2019 por crowdfunding. Um remake poderia trazer Shenmue de volta aos holofotes e torna-lo uma franquia de respeito.

05. Dino Crisis (1999)

A Capcom fez um belíssimo trabalho com o remake de Resident Evil 2, mas deixou a peteca cair no 3. Uma boa ideia para reconquistar os fãs seria tirar a poeira de uma de suas franquias mais fascinantes: Dino Crisis, uma versão mais sombria e violenta de Jurassic Park.

A história se passava em uma ilha misteriosa onde um time é enviado para investigar um centro de pesquisas e capturar um cientista que trabalha em um projeto secreto. Chegando lá, a equipe encontra um massacre causado por dinossauros ferozes e precisa fazer de tudo para sobreviver. Com toda a tecnologia da geração atual, um remake poderia entregar uma experiência tensa e com momentos marcantes, assim como nos antigos.

04. Soul Reaver: Legacy of Kain (1999)

O mundo gótico de Nosgoth encantou os jogadores ao trazer o general vampiro Raziel em uma aventura que misturava ação e horror. A série é conhecida pela narrativa rica que traz a rivalidade com o lorde das trevas Kain enquanto aborda temas como moralidade, destino, livre arbítrio e redenção.

E foi justamente esse o erro da Square ao tentar reviver o jogo como uma experiência focada no multiplayer em 2015. A iniciativa foi um fracasso, desagradou os fãs e fez a franquia ficar completamente abandonada. Trazendo uma história única e mecânicas interessantes, Legacy of Kain: Soul Reaver tem todos os elementos para render um remake de sucesso.

03. Metal Gear Solid (1998)

A franquia criada pelo diretor Hideo Kojima revolucionou completamente a indústria de jogos e introduziu um dos elementos mais importantes, utilizados até hoje em muitos títulos: o elemento cinematográfico. Até hoje, ela possui muitos fãs apaixonados e fiéis que estão sempre discutindo teorias sobre sua narrativa complexa.

Metal Gear Solid ganhou um remake para o Gamecube há quase 20 anos, chamado Twin Snakes que agradou. Entretanto, uma nova tentativa pode soar arriscada, já que Kojima rompeu sua relação com a Konami. Mas caso o projeto caísse nas mãos certas, poderia render um jogo que faria história novamente.

02. Silent Hill (1999)

Considerada por muitos a melhor franquia de survival horror de todos os tempos, Silent Hill não recebe o tratamento que merece há anos. Apesar de muitas sequências, apenas os três primeiros jogos mantiveram o nível que fez a série ser reconhecida como lendária.

A trama perturbadora levava os jogadores para a misteriosa cidade de Silent Hill e utilizava terror psicológico para entregar momentos inesquecíveis (e traumáticos!). Um remake utilizando toda a tecnologia da nova geração poderia trazer o jogo mais perturbador e assustador de todos os tempos.

01. Chrono Trigger (1995)

Em listas de melhores jogos de todos os tempos, Chrono Trigger costuma sempre aparecer entre os primeiros. O clássico de Super Nintendo tem todos os elementos de um bom RPG e conquistou uma robusta base de fãs que aumenta a cada ano, principalmente com o lançamento em plataformas mobile.

Com uma narrativa emocionante, mecânicas ousadas para época e um combate afiado, é empolgante imaginar o que poderia sair caso a Square Enix desse o mesmo tratamento ao jogo que deu para Final Fantasy VII.

Qual jogo você gostaria que ganhasse um remake?

Veja também


5

Comentários

TudoGames: 10 jogos icônicos que merecem um remake na geração PS5 e Xbox Series X|S

Galaxy Z Fold 2: dobrando melhor do que você esperava | Hands-on em vídeo

Moto G9 Plus vs Moto G8 Plus: uma nova geração realmente evolui? | Comparativo

Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo