LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Snapdragon 810 apresenta superaquecimento ainda mais crítico no Xperia Z5 Compact

03 de outubro de 2015 130

O chipset Snapdragon 810 chegou no começo do ano com a promessa de trazer um grande desempenho para smartphones. No entanto, devido ao alto aquecimento, a performance acaba sendo sacrificada, já que o controle térmico do chipset precisa reduzir a velocidade de operação para evitar que danos sejam causados ao dispositivo e também ao usuário do smartphone.

Sony lançou o Xperia Z5, e todos os demais que completam a linha, com o mesmo chipset de antes. Muitos começaram a pensar: por que arriscar novamente em um problemático SoC que esquenta com facilidade? Nos últimos meses a empresa veio estudando uma forma de amenizar o aquecimento. Não podemos negar que o Snapdragon 810 tem um grande potencial a oferecer, mas a alta temperatura acaba limitando o desempenho total do mesmo.

Um relato recente, resultado de um desmonte do Xperia Z5 Premium, mostrou que Sony tomou um maior cuidado para conter o aquecimento do chipset. A fabricante japonesa projetou um dissipador duplo de cobre para garantir que a temperatura percorra todo o corpo de metal do celular, ajudando a esfriar o componente mais rapidamente. A fonte também informou que o mesmo poderia ser encontrado no modelo tradicional do Xperia Z5, mas não em sua versão compacta devido ao menor espaço interno disponível.

E o que poderia acontecer ao colocar um chipset esquentadinho em um celular compacto? Você confere a resposta no vídeo abaixo:

Como pode ser visto, a situação acaba ficando ainda mais crítica no Xperia Z5 Compact. O aquecimento é tão alto que faz o sensor de reconhecimento de toque da tela parar de responder. Muitos usuários também estão alegando vários travamentos do celular, devido ao esforço excessivo do controlador térmico que tenta desesperadamente reduzir a velocidade de operação da CPU e GPU para reduzir rapidamente o aquecimento.

Até o momento a Sony não se manifestou sobre o problema, mas podemos esperar que a fabricante lance alguma atualização em breve para reduzir a velocidade máxima de operação do processador e do chip gráfico buscando reduzir o problema de aquecimento. De qualquer forma, teria sido mais indicado para a empresa ter apostado no chipset Snapdragon 808 hexa-core da Qualcomm, que traz um aquecimento mais controlado.

Vamos esperar que uma solução surja antes do modelo começar a ser vendido por aqui. A companhia sempre teve o diferencial de oferecer um smartphone compacto com hardware de ponta, mas apostar no Snapdragon 810 parece que não foi a melhor escolha desta vez.

O Sony Xperia Z5 Compact ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.

130

Comentários

Snapdragon 810 apresenta superaquecimento ainda mais crítico no Xperia Z5 Compact

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho