LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Sem giroscópio para realidade aumentada? Confira este app que emula o recurso no Android

05 de agosto de 2016 249

Atualizada 05/08 - Ensinamos como instalar o GyroEmu

Existem muitos dispositivos de entrada, ou mesmo os intermediários, que não possuem giroscópio instalado. Por isso, ficam de fora de algumas tecnologias, inclusive as capacidades de realidade virtual ficam prejudicadas. Por exemplo, fica inviável jogar Pokémon GO com a AR ligada.

Para o funcionamento do giroscópio, o dispositivo usa a força da gravidade para dizer ao software qual é a posição e direcionamento do aparelho no espaço. Ele consegue detectar se você girar o dispositivo no seu próprio eixo, e saber se ele está apontado para cima ou para baixo. Nem é preciso dizer que isso é essencial em vários jogos de realidade aumentada.

Mas graças à presença do acelerômetro, e dos esforços de um desenvolvedor da comunidade XDA, que atende por Mourdrau, isso pode ser contornado. Ele está trabalhando em um módulo Xpose que usa o acelerômetro e sensor de campo magnético para simular a saída de dados um giroscópio.

Ele informa que ainda está trabalhando em calcular velocidades corretamente e tem recebido uma boa saída de dados, e explica que fez "alguns progressos nisso, mas ele ainda não funciona como pretendido [...] O teste é um problema, porém, uma vez que não possuo qualquer dispositivo com giroscópio real, então serei grato por qualquer feedback".

O projeto está disponibilizado no GitHub e qualquer um pode fazer o download do APK para testar o que foi feito até então, e enviar feedbacks. O link abaixo contém o download direto do arquivo.

O GyroEmu não é um aplicativo comum, pois funciona somente em celulares equipados com a framework Xposed e root. Se você não sabe do que isso se trata, não é aconselhável continuar: caso haja erro no procedimento de instalação, o seu celular poderá sofrer danos permanentes.

Caso você tenha familiaridade com root, prossiga com cautela: o TudoCelular não se responsabiliza por danos causados ao seu aparelho, portanto siga os passos por sua conta e risco.

1º Passo

Faça o root no seu smartphone. O processo varia de aparelho para aparelho, mas, na maioria dos casos, pode ser obtido com o aplicativo KingRoot.


2º Passo

Instale uma recuperação customizada, como ClockworkMod ou TWRP. Para isso você precisará ter o ADB e os drivers do seu aparelho instalados no computador. Baixe a recuperação desejada do site da fabricante, renomeie-os para a extensão .IMG e conecte o telefone ao computador via cabo USB com depuração USB ativada e no Modo Bootloader (ela já estará destravada depois do root).

Em seguida, abra o prompt de comando dentro da pasta do ADB e, com o smartphone conectado, digite os seguintes comandos:

  • fastboot devices
  • fastboot flash recovery twrp.img

3º Passo

Agora é hora de instalar o Xposed no aparelho. Baixe o framework em formato ZIP e a aplicação nativa do Android no fórum do XDA. Coloque o ZIP na memória e instale no aparelho usando a recuperação customizada aplicada anteriormente.

Em seguida, reinicie o aparelho e instale o app do Xposed.


4º Passo

Baixe o GyroEmu para Android [APK] e ative o módulo dentro do app do Xposed. Ao final, faça um reboot e abra Pokémon GO: o app deverá começar a funcionar normalmente, entendendo que o seu aparelho possui um giroscópio de verdade.



249

Comentários

Sem giroscópio para realidade aumentada? Confira este app que emula o recurso no Android

Galaxy Z Fold 2: dobrando melhor do que você esperava | Hands-on em vídeo

Moto G9 Plus vs Moto G8 Plus: uma nova geração realmente evolui? | Comparativo

Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo