LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Melhor fone de ouvido Bluetooth para comprar | Guia do TudoCelular

16 de julho de 2021 188

Destaque de cada fone Bluetooth

O TudoCelular vem preparando vários guias para te ajudar a escolher o seu próximo celular para comprar, além de outros eletrônicos interessantes. E claro que não poderíamos esquecer dos fones de ouvido Bluetooth, que estão cada vez mais importantes agora que as fabricantes começaram a abandonar a entrada P2 nos smartphones.

Se você está buscando um fone sem fio para fugir de adaptadores para P2 ou não quer ficar se enroscando em fios ao sair por aí ouvindo música em seu telefone, vamos listar aqui as melhores opções de fones Bluetooth.

Nossa lista reúne variados tipos de fone, indo de mais compacto no estilo in-ear, até os mais robustos que cobrem totalmente suas orelhas. Tenha em mente que os fones que entregam maior potência e qualidade sonora normalmente são trambolhos que vão chamar a atenção em sua cabeça.

Os modelos serão organizados por preço, mas deixaremos claro o destaque de cada um e as vantagens de se investir em um modelo mais caro. Como os preços mudam com frequência, nem sempre os produtos listados estarão ordenados por preço perfeitamente.

Redmi AirDots

Começamos com o Redmi AirDots, o modelo perfeito para quem busca o primeiro fone de ouvido sem fio. O rápido pareamento com qualquer dispositivo móvel, somado aos seus bons graves e médios formam o conjunto ideal para transformá-los nos fones ideais para o dia a dia.

Mesmo com o dólar mais alto por conta da pandemia, o valor abaixo de R$ 150 é bastante atrativo para quem quer ter uma experiência de conteúdo em áudio sem fios, ou simplesmente ficar esteticamente melhor em uma chamada de vídeo em casa. A transição dos fones com fio necessariamente passa por esse modelo.

Contudo, se a ideia é ter mais autonomia de bateria ou a exigência de proteção contra água, mais funções ou cancelamento de ruído, é necessário procurar por modelos mais avançados, que vão cobrar o preço por esses recursos.

JBL Tune 115BT

Continuamos a nossa lista com um lançamento recente da JBL que tem preço acessível e alta qualidade sonora, o Tune 115BT. Seu design não chega a ser inovador e até já vimos modelos similares da marca, mas o diferencial está na conexão multiponto, o que permite pareá-lo com um PC e um celular ao mesmo tempo.

Sua bateria fica dentro do esperado com até oito horas de reprodução. Uma porta USB permite a recarga completa em 2h15, mas a empresa afirma que em 15 minutos de tomada ele já é capaz de fornecer 60 minutos contínuos de som.

O dispositivo conta ainda com o JBL Pure Bass que garante os graves marcantes e profundos que são assinatura dos produtos JBL. Há botões dedicados para facilitar o controle de músicas.

Como é comum da marca, ele vem acompanhado de ponteiras de borracha em três tamanhos diferentes, garantindo bom conforto para qualquer tamanho de ouvido.

Multilaser Pulse Touch

Considerando suas funções, qualidade de construção com resistência a água e suor, autonomia de bateria e, claro, experiência sonora ao ouvir músicas, o Pulse Touch PH320 é certamente uma opção a ser considerada.

Você terá bateria para o dia todo, boa qualidade sonora com design confortável para muitas horas de uso, resistência a chuvas repentinas e proteção contra suor em atividades físicas.

Ele fica um degrau acima de modelos como Redmi AirDots e Blitzwolf FYE2, especialmente em relação à autonomia de bateria, estabilidade da conexão e experiência de uso.

Opções em faixa de preço similar seriam o Philips SHB2505 e o JBL 120TWS. O modelo da JBL se destaca na qualidade sonora, mas peca na bateria e falta de resistência contra água, enquanto o da Philips tem bateria ainda pior, mas ao menos é resistente ao suor.

Multilaser Pulse Expert

O Pulse Expert PH297 é caro, especialmente se você tem maior preocupação com a qualidade na hora de escutar suas músicas do que em ser ouvido nas chamadas. Lançado por R$ 349, ele fica na mesma faixa de preço do próprio PH320 que perde apenas no microfone, além de concorrer com opções mais completas de Philips, Xiaomi, JBL e Blitzwolf. Porém, seu preço vem caindo e já pode se tornar uma escolha interessante.

Se seu foco for em ter um fone TWS bastante compacto que seja ótimo para chamadas, o PH297 dá conta do recado, sendo uma opção interessante para usuários corporativos. Os fones conseguiram aguentar em média 2 horas e meia com cada carga, levando 1 hora e 20 minutos para serem recarregados na caixinha. Vale notar que o fone direito é responsável por se conectar ao esquerdo e também ao seu dispositivo, por isso geralmente desliga primeiro.

Assim como boa parte dos fones TWS, o PH297 conta com um único botão físico em cada fone, responsável por realizar todas as ações durante o uso de acordo com a quantidade e duração dos toques.

JBL Endurance Dive

Quer um fone para natação? O Endurance Dive da JBL é uma boa pedida. Ele tem conexão Bluetooth tanto quanto os demais, mas sabemos que a tecnologia falha embaixo d'água. Para resolver este problema a marca incluiu 1 GB de memória no fone para a reprodução de músicas em MP3.

Com a sua certificação IPX7, você poderá nadar sem ter suas músicas interrompidas. A qualidade sonora não chega a ser tão boa quanto os outros que listamos, mas também não chega a decepcionar e até entrega melhor equilíbrio entre graves, médios e agudos que muito fone de ouvido nessa faixa de preço.

Um destaque fica para o isolamento acústico, sendo um dos melhores entre os que listamos, assim como o vazamento de som que é mínimo. Seu microfone é decente, mas não é muito indicado para a realização de chamadas.

Bateria também não é seu forte, chegando a render no máximo 7 horas. E o tempo de recarga fica na média dos demais, precisando de 2 horas para chegar a 100%.

Você conta com conectividade Bluetooth 4.2 para conectá-lo a smartphones e outros equipamentos para ouvir músicas. A latência é uma das mais altas da lista, não sendo recomendado para ver filmes.

JBL Tune 220TWS

Existe uma infinidade de fones de ouvido inspirados no AirPods da Apple. Se você busca um com a mesma proposta, mas que seja mais acessível, o 220TWS da JBL pode ser uma boa pedida. Ele foi lançado há pouco tempo no Brasil e chegou com preço bem menos salgado que o da Maçã.

Como todo bom fone da JBL, há um grande apelo nos graves. Ele vem com tecnologia Pure Bass para batidas firmes e com resposta de frequência de 20 Hz a 20 KHz, o que deixa claro que demais frequências não serão abafadas pelos graves. Além disso, ele possui drivers de 12 mm, impedância de 32 ohms e sensibilidade de 105 dB, números que apontam para um bom volume.

O Tune 220TWS promete 19 horas de reprodução de música combinada, sendo três horas longe do carregador e mais 16 horas pela carga do estojo de carregamento. Os fones também oferecem botões laterais para acesso aos comandos como realizar chamadas, ajustar música e ativar assistentes virtuais como o Google Assistente ou Siri.

Samsung Galaxy Buds Plus

O Buds Plus é a segunda geração do fone de ouvido in-ear da Samsung que traz algumas melhorias como o dobro de autonomia mantendo o design e dimensões de antes. A Samsung também liberou um app para iOS, que permite ter todos os controles presentes para Android.

Com uma única carga você terá 13 horas de músicas, o que é impressionante pelo tamanho pequeno do fone. E com a carga extra da case é possível chegar a 26 horas de autonomia total.

O som tende mais para os graves, deixando as músicas um pouco abafadas. Quem curte batidão vai gostar do Galaxy Buds Plus, mas se este não é seu caso pode regular via equalizador.

Os controles laterais são muito sensíveis e pode atrapalhar ao ouvir músicas enquanto deitado. Faltou cancelamento de ruídos e uma resistência contra água, mas no geral o novo fone da Samsung é um bom produto, e até achamos ele uma melhor compra que o rival da Apple e Huawei.

Sony WH-XB700

E aqui temos mais uma opção de fone de ouvido da Sony, desta vez um modelo do tipo on-ear. Ele faz parte da linha Extra Bass da marca e este é justamente o seu maior destaque. Dos modelos da lista é o que tem o maior apelo nos graves. Se é fã de música eletrônica ou hip hop, este é o fone que busca.

Seu design e construção são simples para o preço cobrado, mas tem de positivo ser um fone leve e confortável. Ele não traz cancelamento ativo de ruídos, mas tem boa vedação, evitando que o barulho à sua volta atrapalhe a experiência com músicas.

Ele vem com suporte ao Google Assistente e você pode acionar o serviço usando o botão dedicado na lateral do fone. Sua bateria dura em média 20 horas e há suporte a carregamento acelerado que entrega quase 2 horas de uso com uma carga de 10 minutos.

JBL Tune 750BTNC

O Tune 750BTNC é mais uma aposta recente da JBL no mercado nacional. Ele também tem grande foco em graves como o WH-XB700 da Sony, mas vem com cancelamento de ruídos e custa quase o mesmo.

Ele faz parte da linha Pure Bass e com o cancelamento de ruídos você terá uma experiência limpa com graves precisos em qualquer ambiente sem ser atrapalhado.

O modelo entrega uma autonomia média de 15 horas de músicas com o cancelamento de ruídos ativado. Para encher a carga, é necessário que o fone esteja conectado à fonte de energia por duas horas. A JBL afirma ainda que o Tune 750BTNC conta com conectividade multipontos, então é possível facilmente alternar entre dispositivos com Bluetooth.

Samsung Galaxy Buds Live

O Galaxy Buds Live é o mais diferente dos modelos de fone de ouvido disponíveis no mercado. Ele não é exatamente um competidor do Galaxy Buds Plus, pois a proposta é outra por aqui. Ele pode perder em autonomia de bateria, mas ganha em design e conforto. O cancelamento de ruído não é um diferencial, mas está presente.

É um ótimo fone, com som equilibrado e encorpado, mas não representa uma grande evolução quando comparado ao Galaxy Buds Plus, por exemplo. O ponto aqui é: ele não é tão melhor que o Buds Plus, tendo como diferenciais o conforto, formato e design diferentões.

A não ser que a escolha seja por esses fatores, ou para combinar as cores com o Galaxy Note 20 Ultra, não há motivos para não investir ainda nos Buds Plus ou até mesmo a primeira geração do Buds, que já têm preços bem menores do que os de lançamento. Agora se a diferença de preço for pequena, o Buds Live pode ser a melhor opção.

Samsung Galaxy Buds Pro

A mais recente geração de fones de ouvido da Samsung, o Galaxy Buds Pro é um acessório interessante para quem busca um fone que ofereça boa qualidade sonora, recursos extras eficientes, design confortável, portabilidade, carregamento rápido e integração com aparelhos da sul-coreana.

Não menos importante, o Galaxy Buds Pro foi uma das primeiras gerações a passar por estudo que demonstra o potencial de suporte para portadores de deficiência auditiva, que mostrou o acessório muito próximo de amplificadores de som pessoal, graças à função Som Ambiente.

AKG N700 NC

E aqui temos mais um fone de ouvido da Samsung, neste caso da sua subsidiária AKG. O N700 NC é um produto com apelo premium que busca entregar alto conforto e qualidade sonora sem cobrar uma fortuna por isso.

Ele não é o único com cancelamento de ruídos da nossa lista, mas é uma das melhores opções no mercado nacional para quem busca um fone do tipo over-ear. Pelo preço você pode esperar controles por gestos, mas ele traz botões físicos mais tradicionais nas laterais.

O seu destaque fica para o som bem balanceado, enquanto muitos da lista tendem mais para os graves (especialmente os da JBL). Ele tem boa potência sonora e não distorce nem quando no máximo. O seu vazamento de som é baixo e não vai incomodar quem estiver próximo de você.

A bateria entrega autonomia média de 20 horas quando o cancelamento ativo de ruídos está ligado, e chega à 36 horas com o recurso desativado.

Apple AirPods Pro

Se tem um ponto que muitos fones de ouvido ainda pecam é no cancelamento de ruídos e nisso o AirPods Pro tira de letra. Ele usa uma tecnologia em tempo real (ANC) também presente em alguns fones da Beats. Também são confortáveis como os rivais da Samsung.

A autonomia por carga não é das melhores, com uma média de 5 horas de músicas, mas você pode dar mais cinco cargas extras com a bateria da case, rendendo um total de 30 horas em média.

O som é bastante balanceado, sendo um dos melhores modelos da nossa lista, além de ter o chip Apple H1 que amplia o alcance com iPhones e reduz a latência. Já para quem possui celular Android, terá as funcionalidades limitadas.

Em nosso comparativo ele quase venceu o Galaxy Buds Plus, mas por custar o dobro e ser mais limitado com celulares Android, acabou apresentando pior custo-benefício.

Sony WH-1000XM4

O mais recente carro-chefe da Sony em fones de ouvido é o WH-1000XM4. No visual, ele pode parecer bastante com o antecessor XM3. Mas há algumas diferenças. Este tem um arco reprojetado para oferecer uma silhueta mais discreta ao usuário.

O novo modelo também está mais fino e com espaçamentos mínimos, para aproveitar ao máximo o corpo sem aumentar as dimensões. O acabamento do fone é fosco e único em toda a peça, o que dá uma aparência ainda mais premium.

Uma das tecnologias de destaque é o DSEE Extreme, que consegue fazer upscaling de um áudio com baixa qualidade apenas usando tecnologia de Inteligência Artificial.

No cancelamento de ruído, este acessório promete reduzir o barulho externo cerca de 20% a mais que o XM3 em um espaço como um escritório ou uma lanchonete. E mesmo no dia a dia, você consegue notar o bom trabalho feito pelo fone — se considerar se tratar de um over-ear.


188

Comentários

Melhor fone de ouvido Bluetooth para comprar | Guia do TudoCelular

Galaxy Z Fold 2: dobrando melhor do que você esperava | Hands-on em vídeo

Moto G9 Plus vs Moto G8 Plus: uma nova geração realmente evolui? | Comparativo

Galaxy A20s vs A21s: vale trocar ou ir direto no mais novo? | Comparativo

Galaxy M31 vs LG K61: qual o melhor celular intermediário barato? | Comparativo